Rondônia, - 20:13

 

Você está no caderno - Artigos
Construir o futuro - por: Carlos Sperança
Construir o futuro - por: Carlos Sperança
As novas descobertas arqueológicas na Amazônia remontam ao quebra-cabeça de como viviam as civilizações anteriores à invasão dos..
Publicado Domingo, 1 de Abril de 2018, às 14:13 | Fonte Carlos Sperança 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=345911&codDep=33" data-text="Construir o futuro - por: Carlos Sperança

  
 
 

As novas descobertas arqueológicas na Amazônia remontam ao quebra-cabeça de como viviam as civilizações anteriores à invasão dos “descobridores” ibéricos.

Sem nada conclusivo nelas, a ficção tem um campo enorme pela frente: na utopia, a especulação de como seria a Amazônia sem a “descoberta” ibérica; na distopia, o que fizeram a si mesmas as civilizações pré-colombianas para desaparecer?
Refletir sobre o passado na política também evoca abordagens utópica ou distópica. Enquanto o mundo avança para a revolução 4.0, a utopia retrô de que no passado tudo era melhor ilude milhões que sonham com a volta da ditadura ou aos anos Lula.

A distopia é que a ditadura criou a pior crise da história do Brasil, em 1980, e os anos Lula foram apenas uma reedição do desenvolvimentismo de JK e suas consequências: voos de galinha, endividamento e crise.

Idealizar um passado supostamente próspero é uma fuga da realidade presente: o saudosismo dribla a atualidade de baixo crescimento, declínios da indústria, educação e saúde pública, alto desemprego e subemprego.

Não se resolve isso remoendo o passado ditatorial ou lulista. É construir um novo futuro, com pacificação política, segurança jurídica e um projeto de nação, ou continuar no atoleiro.

Eleições 2018

Que o governador Confúcio Moura (MDB) deixa o governo do Estado para disputar o Senado já não é novidade. O novo mistério é se ele vai permanecer no MDB se aliando a Maurão de Carvalho e Valdir Raupp. Nada pode ser descartado, embora o mandatário prossiga entendimentos com outros partidos interessados no seu passe. Sendo assim, o mistério sobre a troca de partido continua.

A cirandinha

Depois do episódio da fita gravada ninguém acreditava mais na possibilidade de o governador Confúcio Moura e o presidente da Assembleia legislativa, Maurão de Carvalho, voltar a pular cirandinha. No entanto, depois que o governador outorgou a medalha Marechal Rondon, a maior homenagem do governo de Rondônia a Maurão, é algo que também não pode ser descartado.

Em Ariquemes

O PDT programou um grande encontro estadual em Ariquemes para o lançamento da pré-candidatura ao governo do senador Acir Gurgacz. A base aliada do pedetista ficou muito animada com o encontro de Vilhena, e aposta no crescimento do candidato no Vale do Jamari com novas adesões ao partido. As nominatas à Assembleia Legislativa e a Câmara dos Deputados naquela região serão, então, definidas.

Chapão do PSB

Com as últimas filiações lideradas pelo vice Daniel Pereira, o PSB formou um chapão para a disputa das cadeiras ALE-RO. Constam na nominada desde o atual deputado Cleiton Roque (Pimenta Bueno), Chagas Neto (PVH), Fátima Gavioli (Cacoal), Leonel Bertolin (Vilhena), Ari Saraiva (Ji-Paraná), Ana Negreiros (PVH), Edvaldo Gomes (Ji-Paraná), Luciana Oliveira (PVH), Anísio Gorayeb (PVH), entre outros.

Grande peleja

Com três candidatos poderosos para a disputa das oito cadeiras na Câmara dos Deputados, que são a deputada federal Mariana Carvalho (PSDB), o deputado estadual Léo Moraes (Podemos) e o ex- prefeito Mauro Nazif (PSDB), Porto Velho vai assistir a uma peleia que pode reafirmar nomes em ascensão, como Mariana e Léo ou a recuperação de Nazif depois da derrota na eleição de 2016. Correndo por fora, um quarto candidato da capital: o deputado Lindomar Garçon.

Via Direta

*** Além das chuvas, o prefeito Hildon Chaves (PSDB) enfrenta em seu governo uma série de desgastes *** O que se vê é que falta uma equipe de articulação mais cascuda para enfrentar uma oposição claramente centrada em chantagear cargos e tornar o Paço Tancredo Neves em um balcão de negócios *** Em Ji-Paraná, o prefeito Jesualdo Pires (PSB) se desincompatibiliza dia 6 para disputar uma cadeira ao Senado *** O vice Marcito Pinto já mandou arrumar a fatiota.







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Artigos


Os extremos são burros: o centro é sábio
Não é necessário ser filósofo ou filólogo para interpretar a força e o poder desta premissa tão antiga e sábia que nos traz um conteúdo recheado de sabedoria e de lógica....


Votos nulos beneficiam siglas atoladas na Lava Jato
Uma análise feita pela equipe de pesquisa do instituto Data Folha precisa ser muito bem avaliada pela população que está com a.....


A violência já atinge a cracolândia da capital
A onda de violência que atinge a periferia de Porto Velho começa a migrar com maior frequência no ambiente habitado pelos mendigos e.....


Os ventos estão soprando contra os políticos tradicionais
O exemplo de Rondônia Não se pode ignorar que o atraso piorou com o impacto da crise mundial detonada em 2008, a marolinha que virou.....

 

ADS NEWS 2

ADS NEWS 3


:: Publicidade :::


 
 
 
 
EMRONDONIA.COM