Rondônia, - 15:22

 

Você está no caderno - Notícias da Amazônia
fotos da Amazônia de Sebastião Salgado
Supremo ganha mostra permanente de fotos da Amazônia de Sebastião Salgado
São 16 cliques do mestre do preto e branco revelando a vida de índios de muitas tribos. Nos próximos dois anos, ele volta à floresta para fotografar.
Publicado Quinta-Feira, 22 de Fevereiro de 2018, às 12:27 | Fonte da Redação 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=343207&codDep=38" data-text="Supremo ganha mostra permanente de fotos da Amazônia de Sebastião Salgado

  
 
 

As primeiras fotos da expedição do fotógrafo Sebastião Salgado pela Amazônia já podem ser vistas em Brasília. É uma amostra do trabalho que ele vai expor no mundo todo.

O olhar que capta a imensidão da Amazônia e o dia a dia dos índios de diferentes tribos. Foi em áreas ainda preservadas que as lentes de Sebastião Salgado registram momentos assim desde 2005.

O artista de Minas Gerais eterniza instantes simples, como o da índia ashaninka, do Acre, se pintando diante do espelho, ou os índios waurá com suas canoas no enevoado rio do Alto Xingu.

Com os korubo do oeste do Amazonas, tribo de pouquíssimo contato, Salgado conseguiu a proeza de fazê-los posar para uma foto.

A mostra toda reúne 16 cliques desse mestre do preto e branco. E as fotos vão ficar permanentemente no Supremo. Essas joias foram doadas por Sebastião Salgado. Cada uma é avaliada em mais R$ 200 mil.

“Sebastião Salgado tem o mundo dentro de si e mostra ao mundo o que o Brasil tem de mais precioso, como o mundo que não acaba dentro de si”, disse a presidente do Supremo, Cármen Lúcia.

Nos próximos dois anos, Sebastião Salgado, volta a floresta para fotografar mais. O resultado será uma exposição que viajará o mundo inteiro para, assim, manter o alerta para a importância de se preservar esse patrimônio da humanidade.  

“Eu quis trazer a pureza brasileira, que é essa floresta colossal que nós temos, que representa a metade do nosso país, e essas populações indígenas, que são uma população fenomenal de um nível cultural incrível, que representa uma diversidade de línguas, de costumes, e que representa a nossa pré-história. O Brasil é um país muito feliz que ainda pode conviver com a sua pré-história”, afirmou o fotógrafo.

A exposição fica aberta ao público no supremo pelos próximos dois meses.

Fonte: Jornal Nacional.







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Notícias da Amazônia


Pesquisadores explicam aumento das cheias na Amazônia
O aquecimento global está contribuindo para o aumento da frequência e magnitude de cheias na Amazônia. ...


Leilão da Amazonas Energia deve ser adiado para outubro
O governo deve remarcar o leilão de venda da Eletrobras Distribuição Amazonas (Amazonas Energia), subsidiária da Eletrobras, previsto para ocorrer no dia 26 de setembro....


Crise em Roraima: Índios Yanomami fazem reféns servidores da Saúde, Sesai ainda não se manifestou
Segundo o presidente da Hwenama Associação dos Povos Yanomami de Roraima, Junior Hekurari Yanomami, o grupo exige a saída do coordenador do Distrito Sanitário Especial Indígena Yanomami (DSEI-Y), Rousicler de Jesus Oliveira....


Oportunidade: Banco da Amazônia disponibiliza R$ 2,5 milhões para financiar projetos culturais, de esporte e sociais
O período para envio das propostas vai até o dia 12 de setembro e serão aceitas inscrições postadas via agências dos correios. ...

 

ADS NEWS 2

ADS NEWS 3


:: Publicidade :::


 
 
 
 
EMRONDONIA.COM