Rondônia, - 20:46

 

Você está no caderno - Rondônia
lançamento da Campanha da Fraternidade
lançamento da Campanha da Fraternidade 2018 em Rondônia
Estiveram presentes lideranças das pastorais, serviços e movimentos, imprensa local, indígenas, representante do conselho municipal de saúde, padres.
Publicado Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018, às 19:09 | Fonte Assessoria 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=342689&codDep=34" data-text="lançamento da Campanha da Fraternidade 2018 em Rondônia

  
 
 

Na manhã desta quarta-feira (14), aconteceu no centro arquidiocesano de pastoral a coletiva de imprensa para o lançamento da Campanha da Fraternidade 2018, com o tema: Fraternidade e superação da violência. Na composição da mesa esteve: Irmã Chiara Dusi, Aroldo, Carlos Venâncio, Frei Valmir, Pe. Valdeci Cordeiro, Pe.  José Geraldo e o Arcebispo Dom Roque Palosqui.

 

Durante as falas, alguns destaques: Pe. José Geraldo (Juquinha), comentou a realidade dos encarcerados no Estado de Rondônia, expôs os dez pontos que a Pastoral Carcerária Nacional defende para os direitos dos apenados e alguns trabalhos realizados pela Comissão Justiça e Paz de Porto Velho em busca de direitos, principalmente, em relação à saúde e segurança pública.  Irmã Chiara, trouxe alguns dados de violência e pediu que, pudéssemos juntos e juntas exclamar: “nós somos todos irmãos”. Pe. Valdeci Cordeiro citou que o país vive uma violência histórica desde o passado colonial, violência escravocrata não superada até os dias de hoje, lembrou a denúncia feita através do 12º intereclesial de CEB’s em Porto Velho, sobre a violência contra a Amazônia, e diz que a campanha da fraternidade propõe anunciar a alegria da fraternidade para superar a violência.

 

Aroldo e Carlos Venâncio pediram que todos pudesse multiplicar o tema da CF por meio de rodas de conversas nas comunidades ou nas escolas e convidaram para participar da marcha de superação da violência, que acontecerá no dia dezessete de março no Santuário Arquidiocesano Nossa Senhora Aparecida. Frei Valmir expôs a realidade de violência contra os indígenas, com destaque aos povos Karipuna, e os conflitos que acontecem na região do distrito de União Bandeirantes. Para encerrar Dom Roque diz que, a responsabilidade é de todos nós: “precisamos construir os caminhos de paz e o primeiro lugar de paz deve ser o nosso lar”.

 

Estiveram presentes lideranças das pastorais, serviços e movimentos, imprensa local, indígenas, representante do conselho municipal de saúde, padres. Houve transmissão ao vivo pela rádio Caiari.







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Rondônia


Campanha Internacional para salvar a terra indígena Uru-eu-wau-wau
A ONG Kanindé lançou na segunda-feira, 13 de agosto, uma campanha internacional para salvar a Terra Indígena Uru-eu-wau-wau, que fica em Rondônia. ...


Mortes de trabalhadores rurais por conflito agrário continuam na impunidade em Canutama
Polícia Civil de Rondônia prendeu um suspeito dos homicídios, mas não localizou os corpos de Flávio Souza, Marinalva Souza e Jairo Pereira...


Tribunal de Justiça de Rondônia publica primeira tese de IRDR
O Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia publicou no Diário da Justiça, do dia 7 de julho de 2018, jurisprudência sobre prescrição no âmbito das execuções fiscais.....


Expediente será normal na segunda-feira, 30 de abril, nos órgãos do Governo de Rondônia
Na segunda-feira, dia 30 de abril, o expediente nos órgãos do governo estadual será normal. ...

 

ADS NEWS 2

ADS NEWS 3


:: Publicidade :::


 
 
 
 
EMRONDONIA.COM