Rondônia, - 20:13

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Países do Grupo de Lima criticam data de eleição presidencial na Venezuela
Publicado Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018, às 19:04 | Fonte DO G1 Por Reuters 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=342684&codDep=24" data-text="Países do Grupo de Lima criticam data de eleição presidencial na Venezuela

  
 
 

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, durante ato público em Caracas na terça-feira (23) (Foto: Juan Barreto/AFP)

 

O Grupo de Lima, composto por nações da América Latina mais o Canadá, criticou na terça-feira (14) a decisão do governo da Venezuela de realizar uma eleição presidencial no dia 22 de abril sem chegar a um acordo com uma coalizão da oposição.

O governo da Venezuela estabeleceu a data em 7 de fevereiro, preparando o terreno para a provável reeleição do presidente Nicolás Maduro, apesar de sua impopularidade generalizada e de uma crise econômica devastadora.

Em um comunicado, os 14 países disseram que a eleição não será livre e justa enquanto a Venezuela tiver prisioneiros políticos, a oposição não estiver participando plenamente e venezuelanos no exterior não tiverem permissão para votar, exortando Caracas a apresentar um novo calendário eleitoral.

O comunicado não chegou a dizer que o grupo não reconhecerá os resultados da eleição, mas vários membros, incluindo a Colômbia, vizinha da Venezuela, já o fizeram.

A ministra das Relações Exteriores do Peru, Cayetana Aljovin, também disse em uma coletiva de imprensa que Maduro não será bem-vindo na Cúpula das Américas, que será realizada em Lima nos dias 13 e 14 de abril.

Recentemente o chanceler venezuelano tuitou que Maduro pretendia comparecer à reunião de cúpula. O Grupo de Lima disse em comunicado que respeita a decisão peruana.

O Grupo de Lima também prometeu coordenar esforços para confrontar o êxodo de venezuelanos que está criando pressão nos países da região.

Colômbia e Brasil reforçaram os controles nas fronteiras na semana passada, já que ambos estão tendo que lidar com um influxo crescente de centenas de milhares de imigrantes desesperados.

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em INTERNACIONAL


Primeiro-ministro checo ameaçado com moção de censura após revelações do filho
Andrej Babis júnior, que o seu pai já definiu como ''um doente psíquico'', afirma ter sido enviado ''contra a sua vontade'' para a Crimeia, anexada pela Rússia em 2014, por colaboradores do primeiro-ministro...


Presidente da companhia aérea angolana TAAG diz que acordo com a Emirates é para não repetir
O presidente da Comissão Executiva da TAAG rejeitou esta quarta-feira a entrada da companhia aérea Emirates no capital da transportadora aérea angolana....


Venezuela: 3,7 milhões de pessoas estão subalimentadas
Aumento de pessoas subalimentadas na Venezuela foi de 600 mil, entre 2015 e 2017, explica um relatório da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura...


Irão nega envolvimento de diplomata em atentado frustrado em França
França acusou um diplomata iraniano de ter estado envolvido num atentado frustrado contra a oposição iraniana em território francês e anunciou o congelamento de bens de duas pessoas, entre elas um diplomata detido na Alemanha...

 


ADS NEWS 3




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News