Rondônia, - 15:53

 

Você está no caderno - Tecnologia e Vida Digital
Tecnologia
Windows 10 vai permitir retomar downloads interrompidos de atualizações
Publicado Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018, às 18:18 | Fonte Olhar Digital 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=342659&codDep=41" data-text="Windows 10 vai permitir retomar downloads interrompidos de atualizações

  
 
 

(Foto: reprodução)

 

O Windows Update é um mal necessário. Nunca é recomendável manter um software tão importante desatualizado, mas o sistema acaba muitas vezes escolhendo a hora errada de atualizar. Agora a Microsoft pretende incluir no Windows 10 uma função que permite evitar algumas das experiências negativas com o sistema.

Um desses problemas que a Microsoft quer corrigir na próxima grande versão do Windows 10 é a impossibilidade de resumir um download. Atualmente, se você está baixando alguma atualização e sua internet cai ou seu computador desliga por causa de uma queda de eletricidade, por exemplo, você vai perder tudo que foi baixado e vai ter que recomeçar do zero.

Isso é um problema bem chato com atualizações grandes como, por exemplo, o Fall Creators Update lançado pela empresa no ano passado, que pesa alguns gigabytes. Usuários muitas vezes têm a internet franqueada e não podem se dar ao luxo de ficar baixando várias vezes o mesmo conteúdo sob o risco de estourar seu limite de dados ficar sem acesso à rede no fim do mês. E claro, há o problema das conexões lentas, nas quais qualquer download de mais de 1 GB é um transtorno, especialmente se for necessário baixar os arquivos mais de uma vez.

Dona Sarkar, executiva da Microsoft responsável pelo programa Windows Insider, afirmou ao site Windows Central que o recurso de continuar downloads interrompidos de atualizações está a caminho, mas ainda não determinou uma data ou alguma versão específica do Windows 10 que terá acesso à funcionalidade.

O recurso foi incluído nos planos da Microsoft para o Windows após a empresa entrar em contato com empreendedores do continente africano nos últimos dois anos, onde a companhia pode conhecer mais de perto a situação de conectividade em países mais pobres, onde as pessoas são descritas como “conectadas ocasionalmente”, ao contrário de mercados mais desenvolvidos onde as pessoas estão conectadas durante praticamente 100% de seu tempo.

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Tecnologia e Vida Digital


Falha em padrão de criptografia põe em xeque comunicação segura por email
...


LinkedIn ganha ferramenta que diz se usuário é apto para uma vaga de emprego
...


Sony Xperia XA2 chega ao Brasil custando R$ 1,7 mil
...


Twitter faz mudanças em algoritmo para esconder mensagens danosas
...

 

::: Publicidade :::


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM