Rondônia, - 12:39

 

Você está no caderno - POLÍTICA
Daniel Pereira governador
Vice de Confúcio se diz pronto para assumir e não se sente pressionado pelo momento político
Daniel Pereira está se preparando para assumir o Estado, no início de abril. Terá nove meses para governar e, hoje, já não se pode dizer que é definitiva sua decisão...
Publicado Segunda-Feira, 5 de Fevereiro de 2018, às 20:35 | Fonte Sergio Pires - Blog Opinião de Primeira 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=342264&codDep=19" data-text="Vice de Confúcio se diz pronto para assumir e não se sente pressionado pelo momento político

  
 
 

Daniel Pereira está se preparando para assumir o Estado, no início de abril. Terá nove meses para governar e, hoje, já não se pode dizer que é definitiva sua decisão, anunciada há algumas semanas, de que não será candidato à reeleição, por exemplo, já que ele pode sim, se quiser, tentar mais quatro anos no poder. Dia 5 de abril, Confúcio Moura renuncia, para estar apto a disputar a uma das duas vagas ao Senado. Daniel assume e já tem, preparadas na sua cabeça, algumas medidas que pretende tomar, para colocar suas digitais no restante do tempo que falta para fechar o atual mandato. O que já se sabe é que, ao assumir, o novo Chefe vai dar prioridade a um grande projeto relacionado com a segurança pública. A princípio, Daniel não pensa em eventuais trocas de nomes na área, mas sim de mudança mentalidade e de ação. Ele vai exigir não só um planejamento diferenciado, mas principalmente resultados. Menos discurso, mais ação. Menos conversa, mais praticidade. Vai começar a implantar um projeto de retirada de presídios em áreas urbanas em algumas cidades do interior. Vai exigir soma de esforços, ações conjuntas e programas sociais que possam ajudar a diminuir a violência e a criminalidade. Coisa para começar a dar resultados rapidamente. Na área do agronegócio, Daniel também tem planos feitos. Quer ampliar o que está dando certo e buscar cada vez mais inovações. E trará para o seu lado, para comandar a Emater, uma mulher que tem se destacado inclusive nas iniciativas e negociações que envolvem a vitoriosa Rondônia Rural Show. Virá de Rolim de Moura a primeira mulher a presidir a Emater: Albertina Marongoni Bottega. É também o primeiro nome confirmado na nova equipe de governo. Em relação ao atual secretariado, diz que vai mudar muito pouco, afora, é claro, as trocas em relação aos sete que deverão deixar o Governo para concorrer em outubro.

O vice governador se diz pronto para assumir. Não se sente pressionado pelo momento político, por dois motivos, entre outros. O primeiro: simplesmente diz não aceitar pressões, venham elas de onde vierem. O segundo: não vai permitir que nenhuma estrutura do Governo que ele comandará, seja utilizada na futura campanha política, seja ou não aliado dele ou de seu partido. Em termos pessoais, Daniel certamente vai ouvir sua esposa, dona Ester, que tem dois mestrados, um na área de Enfermagem, outra na do Direito. E diz que tem o apoio da família para seguir seus projetos. Semblante tranquilo, muitas ideias na cabeça, experiente e cheio de planos, o novo Governador que Rondônia terá, prepara seus próximos passos. Estará, entre eles, o de enfrentar o desafio de tentar uma reeleição? Isso ainda é muito cedo para se saber.








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em POLÍTICA


Frase do dia
...


Vídeo: Tucanos a caminho da prisão?
...


MST invade fazenda de Oscar Maroni, dono do Bahamas
...


STF rejeita denúncia contra dois deputados do PP
...

 

::: Publicidade :::


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM