Rondônia, - 01:28

 

Você está no caderno - NACIONAL
Nacional
Bom comportamento resulta em benefícios a Cabral
Publicado Sábado, 3 de Fevereiro de 2018, às 11:36 | Fonte O Tempo 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=342138&codDep=30" data-text="Bom comportamento resulta em benefícios a Cabral

  
 
 

Cabral foi transferido após ter privilégios ilegais em prisão carioca

 

São Paulo. Quinze dias após ser transferido para Curitiba (PR), o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral deixou na quinta-feira (1) a triagem do Complexo Médico Penal (CMP), na região metropolitana da capital paranaense, onde ficam alguns do presos da operação Lava Jato. De acordo com o diretor geral do Departamento Penitenciário (Depen) do Paraná, Luiz Alberto Cartaxo, o comportamento de Cabral tem sido “exemplar”.

Agora que passou para o convívio com os demais presos, o ex-governador está autorizado a se encontrar com familiares, tomar banho de sol com outros presos e receber comida que vem de fora do presídio, conhecida como “sacola”. Na cela, ele poderá ouvir rádio e assistir a uma TV de 20 polegadas. “A partir de (sexta-feira) hoje, (Cabral) vai para o convívio (com outros presos). Por enquanto, vai ficar em uma cela sozinho, aguardando chegada de outros presos”, afirmou Cartaxo.

O político foi transferido ao Paraná em 19 de janeiro, acusado de ter construído uma rede de privilégios no presídio de Benfica, no Rio. O Ministério Público apurou que, no presídio de Benfica, o ex-governador tinha uma série de regalias: visitas fora dos horários determinados; instalação de um equipamento de som (home theater); presença de equipamentos de musculação; disponibilidade de alimentos em condições fora das determinadas; remédios sem prescrição; livre circulação pelo presídio; e acesso a entregas externas.

Já no Paraná, durante a triagem, Cabral ficou sozinho em uma cela de 12 m², sem direito a receber familiares, tomar sol ou assistir à TV. Em geral, esse procedimento leva 30 dias, mas se o preso se comportar bem, o tempo pode ser reduzido pela metade.

Na última quarta-feira (31), a Justiça Federal aceitou a 21ª denúncia contra Cabral, dessa vez por liderar um esquema de lavagem de dinheiro.

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em NACIONAL


Deltan: ‘Se cabem buscas nas favelas, cabem também no Congresso’
...


Congresso derruba veto a projeto que acelera processo de adoção
...


Interventor vai propor a convocação de 4 mil policiais
...


Desgastante, perigosa, inócua
...

 

::: Publicidade :::


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE