Rondônia, - 01:38

 

Você está no caderno - NACIONAL
Notícias da Região Norte
Investigada por abandono de filha diz que aumentou o volume do som do carro e não viu criança sair
Publicado Sábado, 3 de Fevereiro de 2018, às 11:22 | Fonte Do G1 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=342130&codDep=30" data-text="Investigada por abandono de filha diz que aumentou o volume do som do carro e não viu criança sair

  
 
 

Um vídeo gravado no Novo Mundo virou caso de polícia

 

Amãe que está sendo investigada pela Polícia Civil por um suposto abandono da filha de cinco anos em uma via pública de Curitiba, disse que não percebeu que a criança estava fora do carro porque ela aumentou o volume do som para que a criança parasse de gritar.

"Nessa hora, estava bem alto, e, no calor de querendo que ela parasse, eu aumentei o som e achei que ela tinha parado. Quando eu não escutei mais, eu achei que ela tinha parado", contou a mãe, que não quis se identificar.

"A porta do meu carro é difícil pra abrir. E, na verdade, quando eu vi, ela já estava passando na frente do carro", ressaltou a mãe.

O caso ocorreu na quarta-feira (31), no bairro Novo Mundo, quando a mãe, que é vendedora, voltava da casa de uma das clientes. Imagens de uma câmera de segurança, divulgadas pela Polícia Civil nesta sexta (2), mostram a criança correndo atrás do carro. 

 

 

 

 

Resultado de imagem para Investigada por abandono de filha diz que aumentou o volume do som do carro e não viu criança sair

Vídeo mostra criança correndo atrás de carro de mãe suspeita de abandono

 

 

 

 

Segundo o delegado José Barreiro, em outro vídeo que circulou pelas redes sociais, a criança aparece chorando e gritando pela mãe. Segundo ele, a menina chega a passar na frente do veículo, mas a mãe estava com os vidros fechados e arrancou o veículo deixando a criança. 

A mulher contou ainda que quando percebeu que a menina estava fora do carro, ela parou o veículo para acolhê-la. "Foi rápido. Foi bem rápido. Tudo aconteceu muito rápido", explicou a mãe.

Ainda segundo a mãe, depois que a menina entrou no carro, as duas foram almoçar. Nós ficamos juntas, a gente se abraça muito, a gente se beija muito, nós demonstramos muito amor uma pela outra", explicou.

Investigação

O delegado da Polícia Civil José Barreiro disse que a mãe deve ser indiciada pelos crimes de abandono de incapaz e maus tratos. Ele também disse também que o pai da criança, que é separado da mulher, pediu a medida protetiva da menina e vai tentar a guarda dela.

O delegado disse ainda que abriu um inquérito para investigar o caso.

Na manhã desta sexta, Barreiro afirmou que a mãe iria se apresentar na delegacia até o fim do dia, mas o advogado dela, Dyogo Cardoso, disse que ainda não há data definida para que isso aconteça.

"Provavelmente amanhã definiremos isso de acordo com a disponidade da delegacia de polícia", afirmou.

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em NACIONAL


Bandidos explodem agência bancária no Rio
...


Maioria dos integrantes do CNJ recebeu acima do teto
...


Bom comportamento resulta em benefícios a Cabral
...


‘O que a gente precisa é de renovação’, diz Huck
...

 

::: Publicidade :::


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE