Rondônia, - 17:06

 

Você está no caderno - POLÍTICA
Política
‘Le Monde’ chama Lula de “pai dos pobres” ao noticiar julgamento
Publicado Quarta-Feira, 24 de Janeiro de 2018, às 19:51 | Fonte Veja.com 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=341611&codDep=19" data-text="‘Le Monde’ chama Lula de “pai dos pobres” ao noticiar julgamento

  
 
 

'Le Monde' chama Lula de ''Pai dos Pobres''  (./Reprodução)

 

Os principais veículos de imprensa mundial repercutiram nesta quarta-feira a confirmação da condenação do ex-presidente Luís Inácio “Lula” da Silva por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em julgamento da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), com diferentes graus de destaque e posicionamento sobre o assunto.

Entre as chamadas de maior destaque estava a do francês Le Monde, jornal mais prestigioso do país. O subtítulo da manchete se refere a Lula como “o pai dos pobres”  e explica que os três juízes da Corte de apelação de Porto Alegre reconheceram por unanimidade a culpabilidade do ex-presidente por corrupção.

Sem politizar o assunto, o jornal Diário de Notícias, de Portugal, informa sobre a manutenção e a ampliação de pena da sentença anterior contra Lula e explica a seus leitores que o julgamento “poderá influenciar o desenvolvimento do processo político brasileiro antes das eleições presidenciais de outubro, nas quais o ex-presidente pretende apresentar-se como candidato do Partido dos Trabalhadores (PT)”.

 

 

 

 

Repercussão da condenação de Lula no ' Diário de Notícias

Repercussão da condenação de Lula no ‘ Diário de Notícias’ (Reprodução/Reprodução)

 

 

 

 

No Reino Unido, a BBC, canal de televisão público do país, deu o assunto como breaking news (termo inglês utilizado para notícias e manchetes urgentes) tanto em seus canais televisivos quanto em suas plataformas online. O título inicial da rede britânica era “Ex-presidente Lula do Brasil perde apelação”.

O correspondente Dom Phillips, do jornal britânico The Guardian, de tradicional posicionamento esquerdista, trouxe um texto bastante neutro sobre o assunto, no qual explicava as origens do processo contra Lula e como funcionaria o andamento judicial do caso. O jornal destaca a unanimidade da manutenção da sentença anterior contra o ex-presidente e o aumento, também unânime, da pena de nove anos e seis meses para doze anos e um mês decididos pelo TRF-4.

 

 

 

Repercussão da condenação de Lula no The Guardian

Repercussão da condenação de Lula no The Guardian (Reprodução/Reprodução)

 

 

 

 

O jornal espanhol El País repercutiu a reação da bolsa de valores à manutenção da condenação do ex-presidente e apresentou os argumentos a favor e contra a condenação. O jornal noticiou que a decisão dificulta as aspirações políticas da esquerda brasileira em reeleger Lula, mas relembra que ele ainda tem recursos para esgotar e pode evitar sua desqualificação política imediata.

O também espanhol El Mundo, destacou o duro golpe que a decisão foi para “o presidente mais valorizado da história do Brasil”. O jornal chamou atenção para a defesa do ex-presidente, destacando os episódios em que uma funcionária do TRF4 pediu a condenação de Lula nas redes sociais e o momento em que a justiça utilizou uma reportagem de O Globo como prova. A publicação também deu destaque para as manifestações pró e contra Lula, chamando atenção para a polarização política do país.

 

 

 

 

Publicação sobre o ex-presidente Lula no jornal El Mundo, da Espanha (El Mundo/Reprodução)

 

 

 

 

Na vizinha Argentina, o jornal El Clarín optou por explicar quais são as acusações que pesam contra Lula e quais serão os próximos passos da acusação e da defesa do ex-presidente após a decisão de hoje, a qual qualifica de “duro revés” para o político.

O  jornal argentino, La Nación, abordou o impacto que a manutenção da condenação tem nas eleições de outubro e a reação de apoiadores do PT pelo Brasil. A publicação traz boa parte dos argumentos de defesa de Lula, citando o ex-presidente e seu advogado, além dos lamentos dos seguidores do ex-presidente pela confirmação da sentença. 

O La Patilla, site de notícias mais acessado da Venezuela,  diz que Lula é o “político mais popular do país” e um “ícone da esquerda brasileira”. O site traz em sua cobertura citações do ex-presidente pelo Twitter e do discurso de um dos juízes do TRF-4. No entanto, seu principal enfoque centra-se na mudança do cenário eleitoral que a decisão pode causar, frisando que Lula é o candidato mais cotado para a presidência.

 

 

 

 

Publicação sobre o ex-presidente Lula no jornal La Patilla, da Venezuela (La Patilla/Reprodução)

 

 

 

Nos Estados Unidos, o The New York Times traz o título “Corte mantém condenação de ex-líder, deixando corrida presidencial do Brasil de ponta-cabeça” em sua matéria, assinada pelo correspondente do jornal no Brasil, Ernesto Lodoño, que destaca que “o julgamento é uma vitória para os promotores” do caso. Segundo o periódico, os promotores qualificaram Lula como “peça-fundamental no sistema político endemicamente corrupto do Brasil”.

A matéria sai um dia após o The New York Times publicar um editorial opinativo assinado por Mark Weisbrot, no qual afirma que a condenação de Lula “empurra a democracia brasileira para o abismo”

Já o também americano The Washington Post traz um prognóstico em sua manchete: “Corte brasileira sustenta condenação por corrupção contra ex-presidente Lula, potencialmente encerrando a carreira do icônico líder latino-americano”.

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em POLÍTICA


Ex-ministra canta em sessão no Senado para homenagear Lula
...


Sérgio Cabral embarca de volta para o Rio
...


STF decide não julgar habeas de Palocci no mérito, mas analisará caso ‘de ofício’
...


Rocha: debate que influenciará voto do eleitor será o de costumes da sociedade
...

 

::: Publicidade :::


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM