Rondônia, - 20:14

 

Você está no caderno - Espiritualidade e Religião
Espiritualidade e religião
Papa pede desculpas a vítimas de abuso sexual
Publicado Segunda-Feira, 22 de Janeiro de 2018, às 18:09 | Fonte Terra 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=341496&codDep=67" data-text="Papa pede desculpas a vítimas de abuso sexual

  
 
 

Papa: ''Machuquei pessoas sem querer, e isso me doeu muito'' Foto: DW / Deutsche Welle

 

Apesar de lamentar declarações sobre bispo chileno envolvido em escândalo, pontífice volta a defender religioso. "O caso continua a ser investigado, mas segue sem evidência", diz Francisco.O papa Francisco pediu nesta segunda-feira (22/01) desculpa a vítimas de abuso sexual por declarações feitas no Chile. O pontífice, porém, voltou a defender o bispo chileno Juan Barros, acusado de encobertar agressões contra crianças cometidas pelo padre Fernando Karadima.

"Machuquei pessoas sem querer, e isso me doeu muito, sei o quanto eles sofrem pelo papa dizer lhes que é preciso uma prova. Minha expressão não foi feliz, porque não pensei nela", afirmou o papa, a bordo do avião que o levava de volta para Roma. No Chile, Francisco afirmou que as acusações contra Barros eram caluniosas por não haver provas, o que gerou críticas por parte das vítimas.

O pontífice acrescentou, porém, que estudou o caso de Barros e não encontrou "evidências de culpabilidade". O papa destacou que se surgirem indícios do envolvimento do bispo, mudará de opinião, mas que, até lá, aplicará o princípio de "qualquer tribunal: ninguém é culpado até que se prove o contrário".

Barros é acusado de ajudar a ocultar os abusos cometidos por Karadima, que, apesar de ter sido considerado culpado pelo Vaticano, foi condenado apenas a uma vida de oração e penitência.

"O caso de Barros continua a ser investigado, mas segue sem evidência. Isso foi o que eu quis dizer. Não posso condená-lo, porque não há evidência, e eu pessoalmente estou convencido de que é inocente", declarou.

Francisco também falou da sua carta de 2015, publicada antes da viagem e na qual aconselhava Barros e outros três padres a pedirem a renúncia. Ele revelou que Barros aceitou e foi a Roma para apresentar a renúncia, mas que o pedido foi rejeitado, pois esse ato seria admitir a culpa e que voltou a apresentar o pedido de saída após os protestos por ser nomeado bispo de Osorno.

As declarações do papa também foram criticadas pelo presidente da Comissão para a Proteção de Menores, o cardeal americano Sean O'Malley. No sábado, O'Malley disse ser compreensível que a frase do papa pudesse ser vista como fonte de dor para os que foram vítimas de abuso sexual.

Francisco reconheceu nesta segunda-feira que O'Malley, que é arcebispo de Boston, tinha razão quando falou em respeitar a dor das vítimas, mas destacou que o cardeal também enfatizou o compromisso do pontífice em ter tolerância zero com padres que abusam de menores.

A primeira visita de Francisco ao Chile desde que assumiu o papado, em 2013, foi marcada por protestos devido ao escândalo de pedofilia envolvendo padres católicos no país. Os chilenos pedem a destituição de Barros.

 

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Espiritualidade e Religião


Representantes do Regional Noroeste participam de seminário sobre o tema da Campanha da Fraternidade 2019
Durante os dias 24 a 26 de agosto estiveram reunidos na sede da CNBB em Porto Velho, representantes do regional Noroeste (arquidiocese de Porto Velho, Diocese de Guajará-Mirim, Diocese de Ji-Paraná, Diocese de Rio Branco, Diocese de Cruzeiro do Sul...


Papa convoca os presidentes de todas as conferências episcopais para conter abusos sexuais
...


Pastoral da Juventude se prepara para a XVII assembleia arquidiocesana da região pastoral Porto Velho
Com o tema: No encontro das Juventudes, a esperança e o reino acontecem e inspirados pelo lema: “Se vocês compreenderam isso e puserem em pratica, serão felizes” (Jo 13,17)......


Arquidiocese de Porto Velho realiza Seminário do Grito dos/as Excluídos/as
Pastorais, movimentos sociais e entidades realizaram no dia 24 de agosto de 2018, no salão paroquial da Catedral Sagrado Coração de Jesus, o Seminário do 24º Grito dos/as Excluídos/as....

 

ADS NEWS 2

ADS NEWS 3


:: Publicidade :::


 
 
 
 
EMRONDONIA.COM