Rondônia, - 07:46

 

Você está no caderno - @realdonaldtrump Fim do Mundo
Internacional
Trump chama países da América Central de 'buracos de merda'
Publicado Sexta-Feira, 12 de Janeiro de 2018, às 10:46 | Fonte Jornal do Brasil 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=341202&codDep=68" data-text="Trump chama países da América Central de 'buracos de merda'

  
 
 

Presidente dos EUA se encontra com primeira-ministra da Noruega, Erna Solberg: declaração de Trump pode complicar acordo sobre imigração

 

Em uma reunião com membros do Congresso sobre os debates para uma nova lei migratória, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, usou palavras de baixo calão para se referir aos imigrantes haitianos, salvadorenhos e africanos que chegam ao país.

"Por que todas essas pessoas desses buracos de merda vêm parar aqui?", teria dito aos democratas e republicanos durante uma reunião na última terça-feira (9), segundo informa a mídia norte-americana.

O comentário referia-se ao debate sobre a chegada massiva de estrangeiros do Haiti, de El Salvador e de nações africanas. Ele ainda afirmou que os EUA estariam melhores se atraíssem pessoas como os "noruegueses".

"Por que nós precisamos de mais haitianos? Mantenham eles longe", teria acrescentado ainda o presidente, deixando os congressistas sem palavras.

A Casa Branca não quis responder sobre o caso, deixando em aberto a possibilidade de Trump, realmente, ter se dirigido dessa maneira aos imigrantes. O governo limitou-se a dizer que o mandatário "sempre lutará pelo povo norte-americano" enquanto "alguns políticos de Washington lutam por países estrangeiros".

"Como outros países que tem uma imigração baseada no mérito, o presidente Trump está lutando por soluções permanentes para fazer nosso país mais forte, dando as boas vindas àqueles que podem contribuir para a nossa sociedade, crescer nossa economia e assimilá-la dentro de nossa grande nação", disse ainda um dos porta-vozes da Casa Branca, Raj Shah.

A declaração do presidente pode complicar ainda mais um acordo bipartidário no tema da imigração.

Após a reunião da terça, a mídia veiculou que Trump teria condicionado a liberação para a permanência dos chamados "dreamers" - os estrangeiros que chegaram aos EUA ainda crianças e jovens - à construção do muro na fronteira com o México.

Frear a imigração foi uma das chaves da campanha presidencial do republicano. No entanto, ao assumir o governo, ele enfrentou resistência tanto política como judicial para aplicar diversas medidas contra os deslocados internacionais.








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em @realdonaldtrump Fim do Mundo


Donald Trump queria usar o Departamento da Justiça para investigar James Comey e Hillary Clinton
Presidente dos Estados Unidos disse a um dos seus conselheiros que queria pedir ao Departamento de Justiça que movesse acusações contra a sua adversária nas presidenciais de 2016, Hillary Clinton e contra o ex-diretor do FBI, James Comey. Os seus a...


Donald Trump afasta procurador-geral Jeff Sessions
m dia após as eleições intercalares, o Presidente norte-americano anunciou no Twitter a demissão do procurador-geral dos EUA, Jeff Sessions. Matthew G. Whitaker será o sucessor...


Trump adverte que pode tirar acreditações a mais jornalistas
Sobre a hipótese de devolver a acreditação ao jornalista da CNN cuja credencial foi suspensa pela Casa Branca, o Presidente norte-americano Trump disse não ter tomado essa decisão e voltou a criticá-lo: “Jim Acosta é um homem muito pouco profission...


Trump fala em “cobertura hostil” dos media que favoreceu democratas
Num discurso mais conciliador, o Presidente norte-americano afirmou que os resultados das eleições intercalares podem revelar “uma situação de bipartidarismo maravilhosa”. Mas não deixou de apontar o dedo à Comunicação Social, que na sua opinião, f...

 


ADS NEWS 3




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News