Rondônia, - 20:12

 

Você está no caderno - Agronegocios / Pecuária
Rondônia tem Rebanho de 14 milhões de cabeças
Rebanho bovino ultrapassa 14 milhões de cabeças em Rondônia
Rondônia tem status de área livre de febre aftosa com vacinação desde 2003 e está em processo para a retirada da vacina a partir do segundo semestre de 2019.
Publicado Quarta-Feira, 27 de Dezembro de 2017, às 08:56 | Fonte da Redação 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=340447&codDep=50" data-text="Rebanho bovino ultrapassa 14 milhões de cabeças em Rondônia

  
 
 

Rondônia tem Rebanho de 14 milhões de cabeças

De acordo com o relatório da 43ª Etapa de Vacinação contra Febre Aftosa, ocorrida nos meses de outubro e novembro, Rondônia tem um rebanho de 14.091.378 bovinos e de 6.653 bubalinos, totalizando 14.098.031 bovídeos. 73,37% são animais de corte.

Os municípios com os maiores rebanhos são: Porto Velho (970.515), Nova Mamoré (651.606), Jaru (543.002), Buritis (502.115), Ariquemes (477.899), Cacoal (463.671), Campo Novo (433.369), Ji-Paraná (432.660), Alta Floresta do Oeste (408.908) e Cacoal (408.904).

Os campeões em rebanho de corte são: Porto Velho (802.343), Nova Mamoré (427.906), Ariquemes (421.530), Cacoal (386.434) e Alta Floresta do Oeste (378.355). Já os maiores rebanhos de leite estão nos municípios de Nova Mamoré (223.315), Jaru (221.617), Machadinho do Oeste (197.289), Ouro Preto do Oeste (196.819) e Governador Jorge Teixeira (172.488).

Ainda segundo o relatório, o Estado atingiu 99,95% de vacinação dos animais que deveriam ser vacinados. Os municípios de Alto Paraíso, Cacaulândia, Cujubim, Governador Jorge Teixeira, Itapuã do Oeste, Ji-Paraná, Ministro Andreazza, Mirante da Serra, Nova Mamoré, Novo Horizonte do Oeste, Ouro Preto do Oeste, Parecis, São Felipe do Oeste, Seringueiras, Theobroma, Urupá e Vale do Paraíso atingiram 100% de vacinação no período.

Atualmente, Rondônia é o sexto maior rebanho bovino do país, sendo quinto em exportação de carne e o oitavo produtor de leite. Em relação à Região Norte, o Estado possui o segundo maior rebanho, ficando atrás do Pará, mas com a mais exportação de carne e produção de leite.

De janeiro a novembro, Rondônia exportou 138 mil toneladas de carne bovina, gerando US$ 511 milhões. Os maiores importadores de Rondônia são Hong Kong, Egito e Rússia, tendo totalizado no período US$ 379 milhões, em 105 mil toneladas.

Rondônia tem status de área livre de febre aftosa com vacinação desde 2003 e está em processo para a retirada da vacina a partir do segundo semestre de 2019.

 

Fonte
Texto: Amabile Casarin
Fotos: Ésio Mendes
Secom - Governo de Rondônia







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Agronegocios / Pecuária


Especialistas defendem mais subsídios para aumentar produção orgânica
O processo de transição para produção de alimentos mais sustentável no Brasil, do ponto de vista ambiental, econômico e social, depende de subsídios do governo federal para que se estabeça diante do modelo convencional da monocultura e produção em ...


TRF-1 derruba liminar que suspendia registro de glifosato e outros agroquímicos
Desembargador acatou recurso por entender que está caracterizada grave lesão à ordem pública na suspensão do uso do produto...


Abate de bovinos e de suínos cresce em relação a 2017
Os aumentos foram de 4% e de 1,9% respectivamente...


Produção orgânica está em expansão no país
Em 2017, o setor faturou R$ 3,5 bilhões no mercado nacional...

 

ADS NEWS 2

ADS NEWS 3


:: Publicidade :::


 
 
 
 
EMRONDONIA.COM