Rondônia, - 11:43
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Notícias do interior de Rondônia
Tributação
Confaz regulamenta a convalidação dos incentivos fiscais
Em reunião nesta sexta-feira (15), em Vitória (ES), o Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) aprovou proposta de convênio número 156/2017, que regulamenta e convalida os incentivos fiscais concedidos pelos estados. 
Publicado Sexta-Feira, 15 de Dezembro de 2017, às 15:31 | Fonte Governo do Pará 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=340090&codDep=26" data-text="Confaz regulamenta a convalidação dos incentivos fiscais

  
 
 

Esta foi a 167ª Reunião Ordinária do Conselho, que congrega secretários de Fazenda de todos os estados brasileiros mais o Distrito Federal, além de representantes do Ministério da Fazenda, Receita Federal, Secretaria do Tesouro Nacional e Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional.

 

Em reunião nesta sexta-feira (15), em Vitória (ES), o Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) aprovou proposta de convênio número 156/2017, que regulamenta e convalida os incentivos fiscais concedidos pelos estados. Esta foi a 167ª Reunião Ordinária do Conselho, que congrega secretários de Fazenda de todos os estados brasileiros mais o Distrito Federal (DF), além de representantes do Ministério da Fazenda, Receita Federal, Secretaria do Tesouro Nacional e Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional.

No encontro foram discutidas e deliberadas questões de ordem econômica, orçamentária e tributária de interesse dos estados. Na última quinta-feira (14) houve a 18ª Reunião do Comitê dos Secretários de Estado da Fazenda e do Distrito Federal (Comsefaz).

De acordo com o secretário da Fazenda do Pará, Nilo Noronha, que teve participação decisiva na aprovação, a deliberação do Confaz permite segurança jurídica às empresas que recebem benefícios fiscais e regulariza a situação dos incentivos. “Os estados brasileiros institucionalizaram medidas à revelia do Confaz e agora o Conselho, reconhecendo a situação da guerra fiscal, tomou uma atitude no sentido de regulamentar os benefícios”.

Convalidação - O convênio aprovado pelo Confaz nasceu da aprovação da Lei Complementar 160/2017, publicada no dia 08/08/2017, no Diário Oficial da União, visando acabar com a guerra fiscal e mapear os benefícios concedidos pelas unidades federadas.

A lei 160/2017 previu a publicação de convênio do Confaz que permitisse aos Estados e ao Distrito Federal deliberar sobre a remissão dos créditos tributários decorrentes das isenções, dos incentivos e dos benefícios fiscais ou financeiro-fiscais, concedidos à revelia do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) e sua reinstituição.

A proposta de convênio 156/17 do Confaz traz os condicionantes mínimos para a remissão e reinstituição dos benefícios fiscais. Os Estados deverão publicar, em seus respectivos Diários Oficiais, a relação com a identificação dos atos normativos relativos às isenções, incentivos e benefícios fiscais ou financeiro-fiscais concedidos por legislação estadual, publicada até a data do início de produção dos efeitos da Lei Complementar 160/2017.

Consta ainda, no convênio, a obrigação dos estados fazerem registro e depósito da documentação dos atos concessivos das isenções, dos incentivos e dos benefícios fiscais ou financeiro-fiscais junto ao Confaz. Estas informações deverão ser publicadas no Portal Nacional da Transparência Tributária, que será instituído pelo Conselho.

São considerados incentivos fiscais à isenção, redução da base de cálculo, manutenção de crédito, devolução de imposto, crédito outorgado ou presumido, dedução de imposto apurado, dispensa de pagamento, dilação de prazo para pagamento do imposto, antecipação do prazo para apropriação do crédito do ICMS, financiamento do imposto, remissão, anistia ou moratória.

A Lei Complementar 160/2017 e a proposta de convênio do Confaz possibilitam a homologação dos procedimentos adotados pelos Estados no âmbito da guerra fiscal, submetendo-os à norma a ser editada pelo Conselho Nacional. A proposta de convênio será publicada no Diário Oficial da União e deve ser ratificada em 15 dias.

Por Ana Marcia Pantoja

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Notícias do interior de Rondônia


Águas de Ariquemes - Comunicado de Abastecimento
...


Em Rondônia, Nascentes do Xingu leva ações socioambientais para mais de 11 mil pessoas em 2017
...


Arsam realiza operação volante no Careiro Castanho
...


Nove municípios da região do Vale do Jamari recebem mais de R$ 300 milhões em investimentos
Os investimentos foram citados pelo governador Confúcio Moura durante visita aos municípios da região. Confúcio disse que o governo tem feito seu papel de parceiro dos municípios......

 

::: Publicidade :::

a



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE