Rondônia, - 07:46

 

Você está no caderno - Ação Parlamentar
Construção de ponte no distrito de Ponta do Abunã
Dr. Neidson acompanha vistoria na construção de ponte no distrito de Ponta do Abunã
Na tarde desta quinta-feira (14), os membros da Comissão Temporária Especial criada para averiguar denúncias sobre a existência de rachaduras nos pilares da ponte em construção sobre o Rio Madeira, no distrito de Ponta do Abunã, anunciaram o encerramento dos trabalhos e, posteriormente, a confecção do relatório final das apurações.
Publicado Quinta-Feira, 14 de Dezembro de 2017, às 20:58 | Fonte Ale - Ascom 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=340062&codDep=53" data-text="Dr. Neidson acompanha vistoria na construção de ponte no distrito de Ponta do Abunã

  
 
 

 

Na tarde desta quinta-feira (14), os membros da Comissão Temporária Especial criada para averiguar denúncias sobre a existência de rachaduras nos pilares da ponte em construção sobre o Rio Madeira, no distrito de Ponta do Abunã, anunciaram o encerramento dos trabalhos e, posteriormente, a confecção do relatório final das apurações.

Os deputados, Dr. Neidson (PMN), relator da comissão e o presidente, Jesuíno Boabaid (PMN) estiveram na obra da estrutura que ligará Rondônia ao Acre, para uma vistoria realizada junto a técnicos e engenheiros do Dnit, da empresa responsável pelo empreendimento e da empresa de fiscalização, para averiguação das denúncias.

Dr. Neidson informou que nenhuma rachadura foi constatada na estrutura da ponte. Segundo os técnicos, o espaço entre as bases que teria sido denunciado como possíveis rachaduras, na realidade são chamadas de junta de dilatação e fazem parte do projeto.

De acordo com as explicações dos técnicos e engenheiros, juntas de dilatação, também conhecidas como juntas de movimento são dispositivos criados para absorver a variação volumétrica dos materiais, e também usadas para mitigar os efeitos da vibração e movimentações inerentes a cada tipo de estrutura.

São usualmente encontradas em pontes, edifícios e ferrovias, mas também são importantes em dutos e tubulações, principalmente os que operam com fluidos à alta temperatura. Lajes de concreto, trilhos de trens e oleodutos, por exemplo, expandem e contraem devido às mudanças de temperaturas inerentes às estações do ano.

“Pelo o que podemos entender, sem juntas de dilatação, a estrutura da ponte pode não suportar o estresse resultante e aí sim, acabar criando rachaduras e comprometendo sua segurança, estabilidade e durabilidade”, ressaltou Dr. Neidson.

Após a confirmação de que não há evidências de rachaduras, portanto, de que as denúncias não procedem, a comissão encerrará as atividades e na próxima reunião, Dr. Neidson apresentará o relatório final com as explicações técnicas pertinentes.

 

 

ALE/RO - DECOM - Juliana Martins
Foto: Assessoria 

 

 

FOTOS

 

 

 

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Ação Parlamentar


ALE aprova PLCs do Tribunal de Contas que favorecem financeiro do Iperon
Os projetos têm o objetivo de ajudar a questão econômico-financeira da Instituição...


Deputado Cleiton Roque entrega nota de empenho a prefeito de Espigão do Oeste
Recursos serão utilizados na recuperação de estradas durante a estiagem em 2019...


Maurão de Carvalho assina protocolo da implantação da rádio e TV Assembleia
Presidente da Assembleia assinou o documento que garante a efetivação das transmissões em rádio e TV...


Projeto do deputado Lebrão torna obrigatório o ensino de Libras desde a educação infantil
Projeto é para toda a rede estadual de ensino, nas instituições públicas e privadas...

 


ADS NEWS 3




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News