Rondônia, - 07:51

 

Você está no caderno - Porto Velho
falta de água que atinge bairros de Porto Velho
Deputado quer explicações da CAERD sobre descumprimento de ordem judicial e falta de água que atinge bairros de Porto Velho
A reclamação é grande da população pela falta de água e as explicações, até agora, não surgiram por parte da Caerd
Publicado Quinta-Feira, 14 de Dezembro de 2017, às 09:04 | Fonte Assessoria 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=340008&codDep=27" data-text="Deputado quer explicações da CAERD sobre descumprimento de ordem judicial e falta de água que atinge bairros de Porto Velho

  
 
 

Desde o último domingo diversos bairros de Porto Velhos estão sem água, o que tem prejudicado a rotina de milhares de famílias e comerciantes. O Deputado Estadual Léo Moraes se manifestou e pediu explicações da Diretoria da Companhia de Águas e Esgotos do Estado de Rondônia (Caerd) para saber quando o problema será sanado. 

“A reclamação é grande da população pela falta de água e as explicações, até agora, não surgiram por parte da Caerd. O fornecimento de água é um serviço público essencial e já solicitei com máxima urgência informações da companhia.” Explicou deputado. 

Segundo a Caerd, um poste de eletricidade da Estação de Tratamento de Água (ETA II) foi atingido por um raio na madrugada de sábado causando todo transtorno. Muitas lojas não abriram as portas no início da semana pela falta de água, o que ocasionou prejuízo aos empresários e em algumas instituições de ensino as aulas foram cancelas. 

Além de esclarecimento por parte da diretoria da Companhia, o parlamentar e toda a população espera que medidas em caráter emergencial sejam tomadas para que a população não fique ainda mais prejudicada. 

Léo Moraes também quer informações da Companhia de Águas e Esgotos do Estado de Rondônia não está cumprindo o acordo judicial para o fim da greve dos servidores. “Os representantes da Caerd estão simplesmente rasgando a constituição e desrespeitando uma ordem judicial. Isso é uma afronta ao estado democrático de direito. São centenas de pessoas que trabalharam e ainda não receberam e nem tem previsão de receber seus salários.” Explicou deputado. 

Outra questão apontada pelo parlamentar é o serviço executado pela companhia nas ruas da capital que para fazer a expansão do sistema de abastecimento ou o reparo de tubulação, abre diversos buracos em ruas e avenidas, mas ao término do serviço, as fissuras não são fechadas e o asfalta é recolocado, o que prejudica o trânsito e a população. 

“O que a diretoria da Caerd quer? Qual o interessa dela? Que pelo menos sejam claros, mas não brinquem com a população que sofre as mazelas por incompetência e má administração.  O melhor de tudo já temos que é a riqueza de água. Não me aquietarei até que a diretoria da Companhia se manifeste e dê as devidas explicações e tome as providências.” Concluiu Léo. 

 

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Porto Velho


Repique no Rio Madeira chega 5,42 metros
Do dia 30 de julho até 2 de agosto, o nível do Madeira subiu 79 centímetros...


Porto Velho recebe Ciclo de palestras do BNDES na terça-feira, 24, sobre linhas de financiamento
''O BNDES Mais Perto de Você'' apresentará linhas de créditos aos micro, pequenos e médios empresários no Auditório da CDL....


Porto Velho sediará a 1ª Campus Party da Região Norte do Brasil
Importante feira do mundo nas áreas de inovação, criatividade, ciência e entretenimento digital...


Em vez de aplicar, 25% dos poupadores guardam dinheiro na própria casa, revela indicador do SPC Brasil e CNDL
Poupança ainda é utilizada por 60% dos brasileiros que possuem recursos guardados; apenas 16% dos brasileiros conseguiram terminar o mês de maio com recursos para aplicar....

 

ADS NEWS 2

ADS NEWS 3


:: Publicidade :::


 
 
 
 
EMRONDONIA.COM