Rondônia, - 10:24

 

Você está no caderno - Notícias da Região Norte
Notícias da Região Norte
Estado doa área a famílias contempladas pelo Pró-Moradia em Palmas
O Governador Marcelo Miranda sancionou na terça-feira, 5, a Lei nº 3.304, que permite regularizar a situação fundiária de 654 famílias contempladas pelo Programa Pró-Moradia, na Arso 131 (1.303 Sul), em Palmas.
Publicado Sexta-Feira, 8 de Dezembro de 2017, às 10:56 | Fonte Governo do Tocantins 0

 
 

Governo do Tocantins

Iniciativa irá beneficiar diretamente mais de 2.500 pessoas contempladas pelo Programa Pró-Moradia

 

O Governador Marcelo Miranda sancionou na terça-feira, 5, a Lei nº 3.304, que permite regularizar a situação fundiária de 654 famílias contempladas pelo Programa Pró-Moradia, na Arso 131 (1.303 Sul), em Palmas.

A Lei, de iniciativa do Executivo, autoriza o governo a doar os lotes de terreno urbano unifamiliar, buscando assim, oportunizar as famílias beneficiadas o reconhecimento da titularidade definitiva de suas moradias.

Com área de 522.000,00 m², a regularização dos 758 lotes doados pelo Estado ficará por conta da Companhia Imobiliária do Estado do Tocantins, a  TerraPalmas, responsável pelo trabalho de regularização fundiária urbana no estado.

De acordo com o presidente da TerraPalmas, Aleandro Lacerda, a doação faz parte do compromisso assumido pelo Governo do Estado de buscar a melhoria da qualidade de vida das famílias tocantinenses.  “Além de viabilizar as moradias para estas famílias, iremos regularizar os imóveis com a emissão dos títulos registrados gratuitamente. Mais uma vez, o governo demonstra sua sensibilidade e exerce sua função social, de oferecer para as famílias mais dignidade e qualidade de vida”, disse o presidente.

“Esta iniciativa irá beneficiar diretamente mais de 2.500 pessoas contempladas pelo Programa Pró-Moradia que, com o documento do imóvel registrado, poderá adquirir mais benefícios, além da possibilidade de financiamento para melhoria habitacional”, ressaltou o superintendente da habitação, Jorge Mendes.

A ação está sendo viável por meio da Lei Estadual nº 3.228/2017, que isenta de custas e emolumentos, junto às serventias extrajudiciais, o primeiro registro de título de legitimação de posse e de título de propriedade de imóvel. A doação destes lotes tem como base a Lei Federal nº 13.465/2017.

 

Suellen Lustosa e Jarlene Souza/Governo do Tocantins

 







Veja também em Notícias da Região Norte


Com novo centro de referência, Susam pretende zerar fila de tratamento do Pé Torto Congênito em cinco anos
...


Alunos da Escola Tecnológica de Santarém desenvolvem projeto ambiental
...


Cetam conquista reconhecimento nacional inédito com Prêmio Quality Brasil 2018
O Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) conquistou, pela primeira vez em 15 anos, uma premiação em nível nacional: o Prêmio Quality Brasil....


Conferência Estadual da Igualdade Racial ocorre nesta terça
...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News