Rondônia, - 14:32

 

Você está no caderno - Notícias da Região Norte
Ressocialização
Detentas participam de concurso de beleza em presídio feminino
Publicado Quinta-Feira, 7 de Dezembro de 2017, às 17:16 | Fonte Governo do Pará 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=339748&codDep=71" data-text="Detentas participam de concurso de beleza em presídio feminino

  
 
 

Divulgação - Internet

 

Um dia de beleza dedicado aos cuidados e a valorização feminina. Foi assim a 2ª edição do Liberty Beleza Pará, realizado na quarta-feira (6), no Centro de Recuperação Feminino de Ananindeua, que contou também com um concurso para escolher a mais bela presa do Pará.

O evento foi organizado pela Associação Beneficente de Capelania Social (Abecas), em parceria com a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) e ofereceu diversos tratamentos de beleza às detentas como manicure, corte de cabelo, escova e chapinha, massoterapia, maquiagem e sobrancelhas. Um desfile escolheu a detenta mais bela do Pará na premiação.

“Nos preocupamos com a reinserção social dos encarcerados, principalmente mulheres e há 7 anos em parceria com a Susipe temos o objetivo de combater a ociosidade carcerária, como terapia ocupacional às mulheres privadas de liberdade. Tivemos neste concurso doações de brindes com o apoio de estudantes do curso de direito que beneficiaram 40 mulheres e mais as ganhadoras do concurso, com kits de beleza e higiene. É muito importante essa valorização da beleza feminina”, disse o pastor Janildo Monteiro, da Abecas.

Em 2016, a faixa de “Miss Liberty” ficou com Dianna Kelly Santos, de 30 anos. Neste ano, 12 detentas participaram do concurso. A miss 2017 Kelly Mendes, de 26 anos, contou com a experiência de modelo fotográfica para vencer a disputa pelo título de mais bela presa do Pará.

“Foi gratificante participar e ganhar, pois o prêmio não valeu somente a mim, mas ao meu bloco, as meninas do meu bloco também venceram comigo. Com isto podemos interagir e distrair a mente. Tivemos o privilégio de recebermos produtos de beleza e tratamentos estéticos. Me senti muito feliz com a oportunidade”, garantiu a vencedora.

A diretora do CRF, Carmen Botelho, afirma que a ação motiva as detentas a "redescobrirem suas belezas e melhorarem sua autoestima no cárcere por promover a valorização feminina”. “O ambiente no cárcere se torna mais agradável e menos pesado", complementou.

A Miss Liberty 2017 já tem planos pra quando deixar o cárcere. "Como já fiz alguns trabalhos como modelo fotográfica, quem sabe eu não possa retomar a carreira e participar de outros concursos de beleza? Toda mulher independente da condição social gosta de se sentir valorizada e bonita. A beleza é um direito de todas“, finalizou a vencedora.

Por Timoteo Lopes

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Notícias da Região Norte


Ministério da Saúde quer vacinação obrigatória para venezuelanos
Medida deve valer para todos que entrarem no Brasil...


Boto-cor-de-rosa é salvo após ficar preso em rede de pesca na Amazônia
“Subindo” no mesmo lugar em cima de uma malhadeira (tipo de rede de pesca), uma fêmea de boto-cor-de-rosa (Inia geoffrensis) foi avistada por pesquisadores do Instituto Mamirauá. ...


Ministério Público propõe TAC para governo do Pará e Hydro Alunorte
O Ministério Público Federal e o Ministério Público do Pará apresentaram, nesta semana, uma proposta de termo de ajustamento de conduta (TAC) para o governo do Pará e para a empresa Hydro Alunorte....


Operação destrói pista de pouso e acampamento de garimpeiros no interior de Roraima
Militares também apreenderam maquinário, gasolina e munições. Apreensão foi durante a operação Curare IX....

 

ADS NEWS 2

ADS NEWS 3


:: Publicidade :::


 
 
 
 
EMRONDONIA.COM