Rondônia, - 12:52

 

Você está no caderno - Porto Velho - Prefeitura Notícias
GERAL
Prefeitura abre, limpa e reconstrói bocas de lobo
A prefeitura de Porto Velho abrirá, a partir desta quinta-feira (7), ao menos quatro caixas coletoras de águas pluviais na esquina das ruas Guanabara com Benjamin Constant, no bairro São Cristóvão, além de desobstruir valetas e canais, visando aumentar a vasão de águas pluviais, evitando, assim, a ocorrência de alagamentos.
Publicado Quarta-Feira, 6 de Dezembro de 2017, às 20:06 | Fonte Semusb 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=339716&codDep=69" data-text="Prefeitura abre, limpa e reconstrói bocas de lobo

  
 
 

 

A prefeitura de Porto Velho abrirá, a partir desta quinta-feira (7), ao menos quatro caixas coletoras de águas pluviais na esquina das ruas Guanabara com Benjamin Constant, no bairro São Cristóvão, além de desobstruir valetas e canais, visando aumentar a vasão de águas pluviais, evitando, assim, a ocorrência de alagamentos.

A informação é do subsecretário de municipal de Serviços Básicos Wellen Prestes, em visita à região, no centro da cidade, acompanhado do engenheiro Lucas Bezerra. Segundo ele, será feito desassoreamento de vala, com limpeza, alargamento e implantação de manilhas em ao menos 100 metros de extensão.

De acordo com Prestes, com precipitação de fortes chuvas que ocorreu nas últimas 36 horas, algumas residências da área foram alagadas. “Verificamos que importantes caixas coletoras ou estão entupidas, destruídas ou simplesmente soterrada e até calçadas sobrepostas por construções. Teremos de abrir tudo para dar vazão, inclusive com redução de nível de queda”.

 

 

 

 

 

 

Embora concentradas em maior parte na esquina da Guanabara com Benjamin Constant, impactarão no quadrilátero que inclui as ruas Rafael Vaz e Silva e Herbert de Azevedo, onde semanalmente ocorre uma feira livre e que tem parte cortada pelo Canal dos Tanques.

Para essa frente de trabalho a Semusb deslocará frente de trabalho que inclui caminhões limpa-fossa, os “tatuzões”, máquinas, além de equipes de drenagem e pedreiros, deslocando-os de outras frentes de serviço.

 

 

 

 

 

 

 

SITUAÇÃO CRÍTICA

Na avaliação do subsecretário Prestes, a situação na região só não está pior “porque fizemos outras intervenções que, mesmo com o grande volume de chuvas, pouco tempo depois ocorre a vazão. Mas não é o caso aqui, onde construíram calçadas e até entradas de garagem sobre as antigas caixas coletoras, que temos que abrir para poder resolver o problema”.

AGRAVANTE

 

 

 

 

 

 

 

 

A maior parte da infraestrutura foi construída, entre 30 e 40 anos, a partir da década de 1970, com manilhas medindo entre 30 centímetros e 40 cm de diâmetro. “Isso, na época, talvez fosse o suficiente, mas, para a demanda atual, é insuficiente, especialmente agravado com lixo que se joga em valas e canais, que represam a água e criam blocos de areia e terra, impedindo a vazão normal das águas. O ideal seria que se tivesse uma rede cuja tubulação fosse de 60 cm a 80 cm”.

OUTRAS FRENTES

Como fez semana passada no bairro Cohab, no sul de Porto Velho, onde teve de quebrar calçadas para limpar caixas coletora, no São Cristóvão a Semusb terá de intervir para poder resolver o problema que afeta a todos.

 

 

 

 

 

 

 

Com uma equipe composta de três caminhões limpa-fossa, seis grupos de drenagem e dois pedreiros, a Semusb faz reabertura, desentupimento, limpeza parcial e até reconstrução de caixas coletoras em mais da metade dos 90 bairros de Porto Velho.

O êxito do serviço de desobstruções de redes de drenagem feito da Semusb pôde ser constatado em vários pontos da cidade após o temporal que caiu na noite de terça-feira. Em antigos pontos de alagamentos, como nas imediações das ruas Alba com Migrantes, no bairro Aponiã, as águas fluíram naturalmente pela rede, levando alívio aos moradores.

Nos últimos dias a Prefeitura vem atuando em diversos pontos de alagamentos, como na avenida Nações Unidas com Almirante Barroso e Aparício de Moraes com Jorge Teixeira, no bairro Industrial. Nesta quarta, por exemplo, a Semusb trabalha drenagem na rua Hugo Ferreira, no bairro Cidade do Lobo.

 

Fonte: Semusb

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Porto Velho - Prefeitura Notícias


Moradores do Cohab dão exemplo e após limpeza, preservam canal
Até placa caseira foi instalada para alertar os ''sujões'' e ajudar na fiscalização para que ninguém jogue lixo...


Semusa investe em informatização e capacitação dos profissionais
Meta é ampliar sistema de prontuário eletrônico para todas as unidades...


Semusa realiza mutirão de saúde da mulher em Calama
Uma equipe composta pelos enfermeiros Marcuce Antônio, que também é diretor do Departamento de Atenção Básica, da Semusa; Elileide Frós, coordenadora de saúde da mulher e Drucila de Sá, além do técnico da atenção básica, Juarez do Nascimento estive...


Equipe da Semusb retira cama box descartada dentro de canal
Como um morador pode jogar dentro de um canal uma cama box que não está mais servindo para uso, sem se importar com os problemas que essa ação pode gerar?...

 

::: Publicidade :::


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE