Rondônia, - 15:29

 

Você está no caderno - Porto Velho - Prefeitura Notícias
AIDS
Incidência da doença em Porto Velho é maior entre homens heterossexuais
De acordo com o levantamento do Serviço de Atendimento Especializado (SAE), órgão da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), de 2013 a 2017, foram cadastrados 3.941 pacientes com HIV em Porto Velho.
Publicado Quinta-Feira, 30 de Novembro de 2017, às 08:29 | Fonte Semusa 0

 
 

 

De acordo com o levantamento do Serviço de Atendimento Especializado (SAE), órgão da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), de 2013 a 2017, foram cadastrados 3.941 pacientes com HIV em Porto Velho. Destes, 2.350 fazem uso da terapia de anti-retroviral.

Os dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) apontam que a maioria diagnosticada dos casos de HIV-AIDS é de homens heterossexuais, um total de 1.682. Na sequência estão os homossexuais com 502 casos registrados de 2007 a 2017.

Dos mais de três mil pacientes, 370 abandonaram o tratamento e outros 387 faleceram em decorrência da doença. Ainda existem 50 crianças infectadas por transmissão vertical, que recebem acompanhamento até os dois anos de idade, além de 17 gestantes com HIV.

A principal forma de prevenção a Aids é o uso do preservativo em todas as relações sexuais. A camisinha está disponível nas unidades básicas de saúde. A Semusa tem reforçado as ações de prevenção a doença e a ampliação do acesso ao diagnóstico rápido. Toda unidade básica de saúde está capacitada para fazer o teste rápido para HIV, sífilis e hepatite B e C. Quando o resultado é positivo é recomendado que a pessoa faça um novo teste.

Caso o resultado seja positivo, o paciente é encaminhado para o SAE, onde a equipe multidisciplinar com psicólogos, assistentes sociais, médicos e enfermeiros fazem as orientações necessárias para adesão ao tratamento, além de acolhimento e aconselhamento da pessoa infectada.

Treinamento

Durante esta semana os profissionais que trabalham na atenção básica, responsáveis pelo teste rápido, passaram por um treinamento sobre a utilização do sistema que mantém o banco de dados, Sisloglab, de testes rápidos atualizado e interligado. Assim será possível para o ministério da saúde ter os registros que retratam a realidade dos testes em todo o país.

Este ano foram realizados 53.780 testes rápidos nas unidades de saúde de Porto Velho. E foram diagnosticados 208 novos casos de HIV. A Semusa, através do núcleo de Doenças Sexualmente Transmissíveis organizou uma programação para lembrar o dia mundial de luta contra a Aids - primeiro de dezembro. Cerca de quatro mil testes serão entregues durante a campanha, além da distribuição de preservativos e orientações sobre a prevenção a doença.

“Nós trabalhamos com a prevenção, tratamento e diagnóstico na atenção básica. Dar suporte, acompanhamento, monitoramento e melhorar o acesso as pessoas. E condições técnicas aos profissionais para que o teste tenha a maior eficacia possível”, lembrou Raymison Correa da Silva, coordenador do núcleo.

Programação

Nesta quinta-feira (30), técnicos da Semusa e do Ministério da Saúde farão uma visita as oito horas na Unidade de saúde Manoel Amorim de Matos. E na sexta, dia 1º de dezembro, haverá a abertura oficial da campanha intitulada “é melhor prevenir do que remediar”, também as oito horas no SAE, que fica na rua Duque de Caxias nº 1960, bairro São Cristóvão.

 

 

Fonte: Semusa

 







Veja também em Porto Velho - Prefeitura Notícias


Prefeitura abre inscrições para bandas interessadas em participar do festival
Encontram-se abertas até o dia 20 deste mês, as inscrições para o credenciamento de bandas de rock de Rondônia interessadas em participar do “Festival Boto Rock”, instituído pela Prefeitura de Porto Velho, por meio da Funcultural. ...


Falta de combustível não afeta coleta de lixo nos bairros de Porto Velho, afirma Semusb
A escassez de combustível nos postos de abastecimento de Porto Velho não deve afetar a coleta de lixo nos bairros da capital, garante o titular da Subsecretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb), Wellem Prestes....


Profissionais de saúde do Município são capacitados para coleta de material biológico
A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), em parceria com o Laboratório Central de Saúde Pública do Estado (Lacen), realizou na terça-feira, 24, curso prático de coleta de material biológico para os técnicos da Divisão de Controle de Zoonoses (DCZ)...


Semusb recolhe várias toneladas de resíduos durante Festival de Calderita
Serviço evita que resíduos sejam dispensados nos rios...

 




 
Pub
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News