Rondônia, - 06:36

 

Você está no caderno - Notícias do interior de Rondônia
obra parada: teatro em Ariquemes nova licitação
Nova licitação: Após 11 anos ''Elefante Branco'' em Ariquemes pode sair do papel
A obra começou na gestão do Ex-prefeito de Ariquemes e hoje governador Confúcio Moura e pretendia ser uma das mais modernas da região Norte, nunca ficou pronta devido a um erro no projeto gastando milhões em verba pública.
Publicado Quinta-Feira, 23 de Novembro de 2017, às 08:21 | Fonte da Redação 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=339051&codDep=26" data-text="Nova licitação: Após 11 anos ''Elefante Branco'' em Ariquemes pode sair do papel

  
 
 

Teatro Municipal de Ariquemes, RO (Foto: Jeferson Carlos/G1)

A Superintendência Estadual de Compras e Licitações (Supel) divulgou nesta quarta-feira (22) que o processo licitatório para as obras de conclusão do Teatro Municipal de Ariquemes (RO), no Vale do Jamari, está na fase de análise do recurso de habilitação. Conforme a Supel, quatro empresas que não haviam sido habilitadas para concorrer à licitação apresentaram as contraprovas.

De acordo com a Supel, a sessão da licitação aconteceu no dia 16 de outubro deste ano e 10 empresas compareceram para concorrência pública. Porém, apenas cinco das construtoras foram declaradas habilitadas pela comissão.

A pregoeira Eralda Etra Maria Lessa relatou ao G1 que o prazo para a interposição do recurso se encerrou na última segunda-feira (20) e quatro empresas apresentaram o recurso de habilitação que serão analisados. O resultado do recurso apresentado pelos licitantes deve ser divulgado no dia 27 de novembro.

Posteriormente, a comissão de licitação julgará as propostas das construtoras para que se possa determinar a vencedora do procedimento licitatório. O edital da licitação foi publicado no portal da Supel e está orçado em R$ 13.469.384,91.

Construção

As obras do teatro iniciaram em 2006 com previsão de término de três anos, mas sofreram diversas paralisações, seguidas de retomadas dos trabalhos. Seis anos depois, as obras foram paralisadas de forma definitiva e a empresa responsável alegou falta de recursos e erros no projeto.

Em 2013, o governo estadual anunciou mais um investimento e um novo edital chegou a ser aberto para o procedimento licitatório. Entretanto, as obras nem chegaram a iniciar, pois o Tribunal de Contas de Rondônia (TCE-RO) suspendeu a licitação por irregularidades no processo.

Em 2014, a prefeitura do município abriu dois processos licitatórios para contratar uma empresa, mas não houve interessados e os dois certames foram declarados desertos. Até o momento, a obra já custou mais de R$ 2 milhões para os cofres públicos.








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Notícias do interior de Rondônia


Comunidade do município de Guajará-Mirim/RO mas uma vez receber a coroa do Divino Espírito Santo
A comunidade do município de Guajará-Mirim/RO mas uma vez receber a coroa do Divino Espírito Santo. A tradição ocorre há 124 anos no Vale do Guaporé/Mamoré e tem na coordenação a Irmandade do Divino. ...


Feira de Calçados movimenta Região Norte
A Feira de calçados reúne lojistas de várias regiões do Estado de Rondônia e outros Estados...


Motoristas saem ilesos entre colisão de dois caminhões - foto
Com a batida, parte da carga de material elétrico que tinha como destino a região das linhas 200, pertencente ao projeto “Luz Para Todos”, foi parar na cabine do primeiro veículo. “Tive sorte. Se eu estivesse com outra pessoa, faltamente ela teria ...


Jaru: 5º dia de campo será realizado na linha 608 em Jaru
Desta vez, o evento acontece na propriedade do agricultor Ronaldo Souza de Farias, localizada no km 25 da linha 608, na região do distrito de Bom Jesus....

 

::: Publicidade :::


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM