Rondônia, - 05:36

 

Você está no caderno - Notícias da Amazônia
Café de Negócios
Café de Negócios e palestra de incentivo ao empreendedorismo encerram Workshop de Inovação
Um Café de Negócios para aproximar empresas e investidores e uma palestra sobre empreendedorismo marcaram o encerramento do 3º Workshop de Inovação realizado no Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTIC).
Publicado Domingo, 19 de Novembro de 2017, às 09:25 | Fonte INPA 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=338879&codDep=38" data-text="Café de Negócios e palestra de incentivo ao empreendedorismo encerram Workshop de Inovação

  
 
 

Texto e foto Luciete Pedrosa – Ascom Inpa

 

Um Café de Negócios para aproximar empresas e investidores e uma palestra sobre empreendedorismo marcaram o encerramento do 3º Workshop de Inovação realizado no Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTIC). Durante dois dias foram discutidos os processos que acontecem dentro dos Institutos de Ciência e Tecnologia (ICTs) para se promover a inovação.

O workshop fez parte da programação da 3ª Conferência sobre Processos Inovativos na Amazônia, promovida pelo Arranjo do Núcleo de Inovação Tecnológica da Amazônia Ocidental (Amoci/MCTIC), que aconteceu nos dias 13 e 14 de novembro, no Auditório da Ciência do Inpa.      

Com o tema “Inovação x Conexão e Inspiração”, o workshop foi uma realização do ILMD/Fiocruz em parceria com o Arranjo Amoci e Incubadora de Empresas do Inpa.

Para a coordenadora do Arranjo Amoci e de Extensão Tecnológica e Inovação do Inpa, Noélia Falcão, o evento superou as expectivas. “Os temas trataram desde a Nova Lei da Biodiversidade, passando pela questão da transferência de tecnologias e os contratos dessas transferências”, explica Falcão.

O evento foi encerrado com a palestra “O papel do empreendedorismo no processo de inovação” pelo professor Salvio Rizzato, que mostrou a importância de se praticar o empreendedorismo para que a inovação se torne realidade. “Costuma-se dizer que onde as pessoas comuns vêem problemas os empreendedores enxergam oportunidades, exatamente por causa da percepção diferenciada e o foco, principalmente, no mercado”, diz o professor.

Durante a palestra, Rizzato destacou que existem algumas entidades (incubadoras, aceleradoras, agentes de inovação, parques tecnológicos) que formam um ecossistema que ajudam os empreendedores, que têm ideias (soluções) capazes de mudar o mundo, a fazerem essas mudanças. “Esse ecossistema tem a força necessária para que essas mudanças não fiquem só na ideia, mas que possam ser multiplicadas”, ressalta.

Segundo Falcão, a palestra coroou os pithcs apresentados pelas 16 empresas das incubadoras que pertencem ao Amoci. “Foram jovens empreendedores que mostraram o que eles podem oferecer aos potenciais investidores interessados em investir nos negócios deles para que possam crescer”, explica.

A coordenadora explica ainda que o evento proporcionou a capacitação daqueles que estão na academia (inventores, pesquisadores), além de  possibilitar aos estudantes e às pequenas empresas conhecerem como o sistema funciona para que consigam êxito nos seus negócios.

Café de Negócios

Durante o encerramento, Falcão destaca um coffee business, que proporcionou uma aproximação entre empresas e investidores, a exemplo da Biozer da Amazônia, empresa de fitoterápicos incubada no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (Cide). Criada em 2006, trabaha com alguns produtos patenteados pelo Inpa e utiliza como principal matéria-prima o gengribre amargo (Zingiber zerumbet). Entre os produtos desenvolvidos pela empresa estão uma cápsula terapêutica e um sabonete antiacne, resultado da parceria com o Inpa, desenvolvidos pelo pesquisador do Inpa Carlos Cleomir.   

Segundo a coordenadora, um forte empresário do sul do país, que investiu na Biozer da Amazônia, está se tornando sócio da empresa. “Isso é um reconhecimento de todo um trabalho realizado pelo pesquisador do Inpa que acreditou naquilo que estava desenvolvendo e que, hoje, está se tornando uma realidade”, diz Falcão.

Para ela, o Instituto tem sua parcela no êxito da empresa porque é o órgão que está dando toda infraestrutura para que essas tecnologias sejam desenvolvidas. “O pesquisador Carlos Cleomir deve se sentir honrado porque em breve aqueles produtos que ele criou estarão no mercado”.  

 

    

 

SiteTrioMusicaldoIfambrindouosparticpantesdoworkshopFotosLucietePedrosaAscomInpa

 

 

 

O encerramento do 3º Workshop de Inovação, que foi prestigiado pelo diretor do Inpa, Luiz Renato de França, contou com a participação do trio musical do Instituto Federal do Amazonas (Ifam), formado por professores dos Campus Centro e Zona Leste. O trio brindou os participantes do evento com sucessos da Música Popular Brasileira (MPB) e com clássicos internacionais. A professora e cantora Francelis também deu uma canja aos participantes.

 

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Notícias da Amazônia


Comunicólogos de Porto Velho debatem lixo plástico e os efeitos nos rios
Defensora de questões socioeconômicas e ambientais com metodologias inclusivas, a jornalista Claudia Moura disse aos colegas debatedores, que soluções para problemas sociais do país......


MPF identifica responsáveis por todos os desmatamentos com mais de 60 hectares na floresta amazônica entre 2016 e 2017
2,3 mil pessoas ou empresas foram associadas a mais de 1,5 mil áreas desmatadas de forma irregular...


Governo Temer e Estado de Roraima não alcançam conciliação sobre imigrantes venezuelanos
Em uma primeira reunião, em maio, o estado abriu mão do fechamento de fronteira, mas pediu R$ 184 mi em ressarcimento, por parte do governo federal...


Operação resgata famílias que tentaram atravessar a vergonhosa e inacabada BR-319
O grupo que saiu de Porto Velho-RO com destino a Manaus-AM, ficou preso em atoleiros ao longo da rodovia no dia 30 de maio....

 

::: Publicidade :::


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM