Rondônia, - 03:01

 

Você está no caderno - Notícias da Região Norte
Notícias da Região Norte
Araguaína 59 anos: conheça histórias de pessoas que escolheram cidade como lar
Publicado Terça-Feira, 14 de Novembro de 2017, às 11:47 | Fonte Do G1 Tocantins 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=338647&codDep=71" data-text="Araguaína 59 anos: conheça histórias de pessoas que escolheram cidade como lar

  
 
 

Professor de Portugal ficou encantado com diversidade de frutas (Foto: TV Anhanguera/Reprodução)

 

A cidade de Araguaína comemora 59 anos nesta terça-feira (14). Uma cidade acolhedora que recebeu e ainda recebe gente de várias partes do país e até o mundo. Conheça a história de gente que escolheu viver no lugar e construir a vida.

O professor de geografia da Universidade de Lisboa Sérgio Claudino ficou impressionado com a diversidade de frutas no mercado e de cultura em um só lugar. "Uma diversidade de imigrantes, de pessoas que tem sobrenomes de origem portuguesa, italiana, alemã. Nesse sentido eu julgo que o Brasil é um caldeirão do mundo e em Araguaína não é diferente", opina.

O professor tem a mesma idade que a querida Araguaína. "É uma cidade criada em 1958. Temos dias de diferença, mas acho que tem essa coincidência que me faz sentir essa grande identificação com a cidade, já que eu me sinto cidadão de Araguaína", afirma.

A estrada em que o fusca dividia espaço com o principal meio de transporte e de trabalho na época ganhou velocidade, atraiu investimentos, trouxe a indústria e também gente de todo lugar do país. Como o empresário José Moreira. O cearense de Iguatú viu na cidade um lugar para crescer, montou uma indústria de laticínios.

"Em uma determinada ocasião eu comprei mil bois gordos em Araguaína, por telefone. Essa compra me atraiu para eu vir olhar o gado. Fiquei encantado com a natureza, com as fazendas e o porte da cidade. Foi o que fez anos depois eu vir morar aqui", conta.

Adaptar-se a um novo clima, novos costumes não é uma missão fácil. Mas a terra do pequi, do famoso chambari, encantou até o médico carioca Aldo Lainette, que depois de 50 anos na correria da profissão estava em busca de tranquilidade.

"Passei a fazer em Araguaína aquilo que fazia no Rio de Janeiro, que era dar aula na faculdade de medicina, ser preceptor dos residentes, orientador dos internos. Não mudou minha vida. O interessante é que as pessoas cativam a gente. Araguaína é uma cidade simpática, agradável. As pessoas às vezes não entendem, mas para entender tem ir lá. Mas não é descer no aeroporto em um dia e no outro querer ir embora. É ficar, tem que viver. Se você faz isso, Araguaína é hospitaleira."

E porque não abrir espaço também para aprender um pouco com quem vem de fora? Araguaína também ganhou outros ritmos do sul do país. O empresário Domingos Veronese é daqueles gaúchos que não abandona a tradição nem a milhares de quilômetros de distância. Trouxe com ele até a uva.

"Aqui no norte as frutas são muito diversificadas. Então é para mostrar para o pessoal daqui que a gente também tem alguma coisa importante lá."

O chimarrão está sempre junto e para acompanhar, um salame feito em casa. Detalhes que deixam a vida com um gostinho de casa. Mesmo que agora Araguaína seja o lar dele.

"Araguaína representou para mim o cofrinho que o pai deu e você ficou com ele um tempo, quando precisou quebrou para usar. Foi o que aconteceu comigo. Eu cheguei em Araguaína, quebrei esse cofrinho e aí encontrei trabalho, saúde, bem estar, tudo. Bom demais. Não estamos no paraíso, mas quase", compara.

Quer saber mais notícias de todo o estado? Acesse o G1 Tocantins.

 

 

 

 

 

Domingos Veronese diz que Araguaína foi o lugar onde encontrou trabalho e bem estar  (Foto: TV Anhanguera/Reprodução)

Domingos Veronese diz que Araguaína foi o lugar onde encontrou trabalho e bem estar (Foto: TV Anhanguera/Reprodução)

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Notícias da Região Norte


Batalha de ‘Slam Poesia’ será o destaque da 4ª edição do ‘Combate Xavante’
A Praça Antônio Bittencourt, mais conhecida como Praça do Congresso, receberá nesta terça-feira (27/3), a partir das 18h, a 4ª edição do “Combate Xavante”, que reunirá artistas e amantes da cultura hip hop para uma batalha de poesia, intitulada “Sl...


Cine Líbero Luxardo exibe “Lady Bird” nas sessões regulares
Nesta quinta-feira (5), às 20 h, “Lady Bird – É Hora de Voar”, dirigido e escrito por Greta Gerwig, estreia na programação do Cine Líbero Luxardo, da Fundação Cultural do Pará (FCP)....


Escola José de Alencar é inaugurada após reforma
A governadora Suely Campos entregou nesta quarta-feira, 4, a reforma da Escola Estadual José de Alencar, no município de Rorainópolis. ...


Secretário de Saúde aborda imigração venezuelana na Câmara Municipal de Boa Vista
O secretário estadual de Saúde, Marcelo Batista, participou na manhã desta quinta-feira, dia 5, de Audiência Pública na Câmara Municipal de Boa Vista, com vereadores, representantes do Governo do Estado, Prefeitura e Forças Armadas....

 

::: Publicidade :::


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM