Rondônia, - 21:29
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - NACIONAL
Nacional
Mulheres ficam mais de 12h em frente a penitenciária de RR e não conseguem entregar 'sacolão' para detentos
Publicado Domingo, 12 de Novembro de 2017, às 10:16 | Fonte Do G1 Roraima 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=338551&codDep=30" data-text="Mulheres ficam mais de 12h em frente a penitenciária de RR e não conseguem entregar 'sacolão' para detentos

  
 
 

 

Algumas mulheres disseram ter chegado às 4h na unidade (Foto: Alan Chaves/G1 RR)

Algumas mulheres disseram ter chegado às 4h na unidade (Foto: Alan Chaves/G1 RR)

 

 

 

 

Dezenas de mulheres passaram mais de 12 horas em frente à Penitenciária Agrícola de Monte Cristo para tentar entregar mantimentos e produtos de limpeza nesta sexta-feira (10). Segundo elas, a direção do presídio não permitiu a entrada do 'sacolão', como são chamados os produtos.

Ao G1, elas disseram que chegaram por volta das 4h e permaneceram na unidade até o final da tarde.

A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc), pasta responsável pelo sistema prisional, ainda não se pronuciou sobre o caso.

Uma esposa de um preso que não quis se identificar, contou que a entrega do material estava marcada para essa quinta (9), mas o diretor da cadeia adiou para esta sexta.

"Ontem a gente chegou cedinho e eles não permitiram que a gente entrasse nem muito menos entregasse as sacolas. Foi viagem perdida e dinheiro gasto. Hoje tentamos e até agora [17h] ele [diretor] não veio dar uma resposta", explicou.

 

 

 

 

A aposentada Carlota Alencar em frente à unidade prisional nesta quinta-feira (10) (Foto: Alan Chaves/G1 RR)

A aposentada Carlota Alencar em frente à unidade prisional nesta quinta-feira (10) (Foto: Alan Chaves/G1 RR)

 

 

 

 

A aposentada Carlota Alencar, de 68 anos, disse que tem dois netos presos na ala 15 da penitenciária e também reclamou da situação.

"Tem previsão de uma visita amanhã [11], mas nem sei se venho porque já estou sem dinheiro. A gente gasta pra vir pra cá e eles fazem isso. O biscoito já quebrou todo e a manteiga derreteu, além da comida eu trouxe uma farda que eles pediram", contou.

Emocionada, ela disse que se sentiu desrespeitada quando procurou informações junto aos policiais militares que atuam na anidade.

"Eles nem respeitam a minha idade", desabafou.

A reportagem questionou os agentes que estavam na penitenciária sobre o motivo da suspensão do recebimento do material, mas eles não souberam informar.

 

 

 

 

Aposentada mostrou as queimadura por conta da tarde exposta ao sol (Foto: Alan Chaves/G1 RR)

Aposentada mostrou as queimadura por conta da tarde exposta ao sol (Foto: Alan Chaves/G1 RR)

 

 

 

Sacolas com mantimentos que seriam entregues aos detentos da unidade (Foto: Alan Chaves/G1 RR)

Sacolas com mantimentos que seriam entregues aos detentos da unidade (Foto: Alan Chaves/G1 RR)

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em NACIONAL


Centro cultural em Manaus vai abrigar nova base da Polícia Militar
...


Cantor amapaense Alan Gomes homenageia Djavan em show especial
...


Mutirão retira lixo e entulho acumulados nas margens do rio Amazonas, na orla de Macapá
...


Previsão aponta início do período de chuvas para o fim de novembro no Amapá
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::