Rondônia, - 01:01
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - NACIONAL
Nacional
Aos 50 anos, mulher volta a estudar e tenta vaga em pedagogia para auxiliar na formação de crianças em vulnerabilidade social
Publicado Domingo, 12 de Novembro de 2017, às 09:59 | Fonte Do G1 Pará 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=338540&codDep=30" data-text="Aos 50 anos, mulher volta a estudar e tenta vaga em pedagogia para auxiliar na formação de crianças em vulnerabilidade social

  
 
 

 

Dona Socorro está animada para as provas do próximo domingo (Foto: Arquivo Pessoal)

Dona Socorro está animada para as provas do próximo domingo (Foto: Arquivo Pessoal)

 

 

 

 

 

Depois de passar quase 20 anos sem estudar, Socorro Corrêa, de 50 anos, voltou a sentar nos bancos de uma sala de aula em maio de 2017 depois de conhecer o “Cursinho Popular” que funciona no Centro Comunitário Allan Kardec, localizado no bairro do Jurunas, em Belém. Ela, que encerrou o Ensino Médio em 1988, procurou o local para realizar um sonho: entrar na universidade.

Incentivada pelo filho que é assistente social e pela nora, formada em Letras, Dona Socorro iniciou as aulas em maio deste ano e conta que todo tempo que tem, está com livros e apostilas em mãos. “Depois que temos filho, família, tudo se torna mais difícil. Infelizmente quando sai da escola não pude pensar em vestibular, mas agora que meus filhos estão crescidos, posso dedicar um tempo para isso”, contou.

Dona Socorro comemora a existência do cursinho e afirma que sua preparação ao longo dos meses foi ótima, e acredita que conseguirá alcançar seus objetivos. “Já tinha estudado em 2015, mas nada como é agora. Este ano tive a sorte de encontrar esse cursinho que é muito bom, os professores são ótimos e a iniciativa deles tem ajudado muita gente. Estudamos todas as disciplinas, fazemos redação toda semana e o resultado apareceu. A prova do domingo passado foi ótima, a redação foi muito boa e acredito que me saí muito bem, tanto na redação, quanto em Literatura, Sociologia e Filosofia, que são matérias que gosto muito”, disse.

Agora ela foca no último momento para os estudos. “Estou pegando reforço de matemática e chego aqui em casa e volto a estudar todo tempo que é possível. Estudo a noite, de manhã cedo e durante todo tempo livre que me aparece. Matemática é uma das disciplinas mais difíceis porque tem muito conteúdo e são muitas questões, mas espero que consiga vencer esse desafio”, complementou.

Há sete anos trabalhando como voluntária em outro centro comunitário do bairro do Jurunas, ela auxilia pedagogos e professores a alfabetizar crianças e no reforço escolar. “Gosto muito do que faço e minha vontade é passar para pedagogia, estudar, me formar e poder contribuir ainda mais com essas crianças que precisam”, finalizou Dona Socorro, que vai se inscrever para tentar uma vaga na Universidade Federal do Pará (UFPA) ou na Universidade Estadual do Pará (UEPA).

A última prova do Enem acontece neste domingo (12) quando um pouco mais de 250 mil estudantes realizarão a avaliação no Pará, já que 28% dos inscritos no total faltarão as provas do primeiro dia, realizada no dia 5 de novembro . O resultado final do Enem 2017 deverá ser divulgado em janeiro de 2018.

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em NACIONAL


Centro cultural em Manaus vai abrigar nova base da Polícia Militar
...


Cantor amapaense Alan Gomes homenageia Djavan em show especial
...


Grupo arrecada doações para Natal de moradores de rua em Manaus
...


Previsão aponta início do período de chuvas para o fim de novembro no Amapá
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::