Rondônia, - 02:13

 

Você está no caderno - CIÊNCIA E SAÚDE
Ciência e Saúde
Por que a salada fica mais saudável com gorduras
Publicado Quarta-Feira, 11 de Outubro de 2017, às 11:54 | Fonte Veja.com 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=337242&codDep=42" data-text="Por que a salada fica mais saudável com gorduras

  
 
 

 

(iStock/iStock)

 

 

 

 

 

 

Vegetais são mais saudáveis sem tempero, certo? Errado. De acordo com um novo estudo publicado no periódico científico American Journal of Clinical Nutrition, adicionar óleos vegetais e queijos às folhas e legumes pode aumentar em até duas vezes a absorção de oitro nutrientes pelo metabolismo – as vitaminas A, E e K, associadas à melhora da visão e à prevenção do câncer, luteína, alfa e betacaroteno e licopeno.

Tempero ideal

Pesquisas anteriores já revelaram que gorduras vegetais, como azeites e nozes, e queijos podem potencializar o efeito de um antioxidante que ajuda a diminuir a quantidade de radicais livres e de colesterol do organismo – o licopeno, substância carotenoide encontrada em alimentos de cor avermelhada, como o tomate e a cenoura.

A pesquisa

Para chegar a esses resultados, cientistas da Universidade Estadual de Iowa, nos Estados Unidos, analisaram 12 mulheres de idades universitárias, que geralmente possuem um metabolismo mais acelerado, que comeram cinco saladas – uma sem tempero e as outras com diferentes quantidades de óleo de soja (duas, quatro, oito e 32 gramas).

Depois das refeições, exames de sangue foram feitos para acessar o nível de absorção dos nutrientes entre as participantes.

Quantidade

O maior nível de absorção de nutrientes foi observado quando elas adicionaram 32 gramas do óleo à salada, o equivalente a duas colheres de sopa, quantidade limite recomendada pelas diretrizes americanas de alimentação.

Segundo os pesquisadores, a quantidade de nutrientes absorvida dos alimentos era proporcional a quantidade do tempero adicionado ao prato. “Adicionar duas vezes a quantidade do óleo na salada leva ao dobro da absorção de nutrientes”, disse Wendy White, principal autora do estudo.

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em CIÊNCIA E SAÚDE


Fhemeron recebe curso do Programa Nacional de Qualificação da Hemorrede
O Programa Nacional de Qualificação da Hemorrede (PNQH) é um programa estratégico da CGSH criado com o intuito de promover o aperfeiçoamento técnico e gerencial dos serviços de hematologia e hemoterapia do país...


Ministro da Saúde visita o Hospital de Amor da Amazônia
O ministro da Saúde, Gilberto Occhi visitou na manhã desta segunda-feira (18) as instalações do Hospital de Amor da Amazônia. Vinculado ao antigo Hospital do Câncer de Barretos o HAA teve a sua pedra fundamental lançada, em janeiro de 2015....


Doação de sangue cai 90% em Rondônia
Conforme explica a médica hematologista da Fhemeron, Ana Carolina, a situação pode se agravar nos próximos dias caso o cenário for mantido. Ela ressalta a urgência em coleta de sangue dos tipos O, A e B negativo...


Dor nas costas pode ser espondilite
...

 

::: Publicidade :::


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM