Rondônia, - 06:04
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Tecnologia e Vida Digital
TECNOLOGIA
Como escolher o melhor navegador para o seu celular
Publicado Quarta-Feira, 11 de Outubro de 2017, às 10:30 | Fonte Gizmodo 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=337216&codDep=41" data-text="Como escolher o melhor navegador para o seu celular

  
 
 

 

 

 

 

 

 

 

Talvez você esteja usando o mesmo navegador desde que comprou o seu primeiro celular, ou talvez você mude entre eles semanalmente: existem tantas opções para navegadores no celular quanto existem para os computadores, e cada um funciona um pouco diferente. Abaixo, passamos por todos os principais navegadores disponíveis – dos clássicos, como Chrome e Safari, até os mais recentes, como o Puffin.

Se você quer saber qual navegador é melhor para suas necessidades, continue lendo.

Benchmark de navegadores

Navegadores não têm apenas recursos interessantes. Eles também se tratam de velocidade, e, para esse fim, fazer benchmark de navegadores pode ser uma ótima maneira de separar o melhor para o seu telefone em particular.

Mas benchmarks são principalmente sintéticos – o que quer dizer que, depois do teste dos recursos, os benchmarks fornecem uma pontuação em vez de um tempo para a conclusão. Isso significa que é mais fácil para um navegador “enganar” o benchmark e obter a pontuação melhor do que eles poderiam conseguir em cenários do mundo real.

Então, você deve criar o hábito de testar vários benchmarks para ficar seguro. Felizmente, a maioria dos benchmarks é livre e super fácil de usar.

Para os nossos testes, nos concentramos em dois benchmarks em particular: o mais recente Basemark Web 3.0 e o bom e velho Peacekeeper. Teste os navegadores ao renderizar conteúdo em HTML5, WebGL, JavaScript e outras tecnologias web, embora o Peacekeeper foque especificamente no HTML 5.

Essa diferença no que os benchmarks testam resultou em coisas muito diferentes, com nenhum navegador saindo à frente em nosso dispositivo Android de teste, um Nexus 6P. Embora o Chrome tenha conseguido chegar em segundo lugar em ambos os testes.

 

 

 

 

 

O Puffin sofre e o Opera vai pra cima, mas o Chrome está logo atrás do Opera. (Imagem: Alex Cranz/Gizmodo)

 

 

 

 

 

O Opera está em penúltimo lugar no Peacekeeper, enquanto o Puffin é tão rápido que você fica se perguntando o que diabos está acontecendo. Notavelmente, o Chrome ainda é o segundo mais rápido. (Imagem: Alex Cranz / Gizmodo)

 

 

 

 

 

 

Quando testamos os navegadores em um iPhone 7 Plus, também não encontramos um vencedor – embora o Microsoft Edge tenha conseguido o segundo lugar no Basemark e o primeiro no Peacekeeper, o que, teoricamente, o coloca como o vencedor. O Puffin, entretanto, era completamente incapaz de executar Basemark no iOS.

 

 

 

 

 

 

Não importou o quanto tentamos, o Puffin não funcionou com o Basemark. (Imagem: Alex Cranz/Gizmodo)

 

 

 

 

 

O Puffin conseguiu o quarto lugar no Peacekeeper. (Imagem: Alex Cranz/Gizmodo)

 

 

 

 

 

 

O que isso significa é que você deve fazer uma investigação antes de se estabelecer em qualquer navegador, além de ter cuidado para não tomar qualquer valor de referência único ao escolher o navegador mais rápido.

Google Chrome (Android, iOS)

Tamanho do aplicativo: 182 MB (Android), 59,4 MB (iOS)

Provavelmente, essa seja a escolha padrão para muitos, devido à forma como ele sincroniza tudo a partir da versão desktop do Chrome, puxando todo o seu histórico de navegação, favoritos, informação de login e assim por diante para o celular, independentemente de qual sistema operacional de desktop você use. É uma experiência tão suave e rápida quanto no desktop, e você pode também usar as funções Google como a opção de fazer uma pesquisa na internet usando a sua voz.

Outras características de destaque incluem o recurso de pesquisa de um toque (útil para procurar termos rapidamente), um modo de proteção de dados para otimizar tamanhos de páginas web (via servidores do Google) e um botão de download que você pode usar para armazenar locais inteiros em caches para a leitura offline. Como no de desktop, o Google Translate vem acoplado, assim você pode ler sites estrangeiros no idioma da sua escolha.

 

 

 

 

 

Chrome. Imagem: Captura de tela

 

 

 

 

 

Tão fresco como era quando foi lançado pela primeira vez, os benchmarks que nós rodamos mostram que o Chrome nem sempre é o navegador móvel mais rápido, e nem é realmente o mais cheio de recursos – é a popularidade do Chrome no desktop e sua interação com tudo do Google que fazem com que o Chrome para Android ou iOS valha a pena. E ele também é fácil de começar a usar.

Não estamos dizendo que a versão móvel do Chrome é uma experiência ruim: ela é rápida, os elementos na tela são inteligentemente arranjados, e sua interface organizada é particularmente útil em tamanhos de tela menores. No entanto, o que o torna a escolha preferida para um grande número de usuários são coisas que estão além do app, e não o que o aplicativo móvel em si tem a oferecer.

Apple Safari (iOS)

Tamanho do aplicativo: Não disponível

Esse é o navegador que você pode muito bem usar por hábito, se você estiver em um iPhone. A Apple continua a adicionar novas funcionalidades ao seu navegador móvel, mais recentemente um bloqueio inteligente de rastreadores de anúncios e maior integração com a Siri. Tal como acontece com o Chrome, o Safari é mais atraente se você usá-lo no computador também, já que muito do seu material fica sincronizado.

Isso inclui até mesmo as abas abertas, graças ao crescente alcance do iCloud, e é fácil ver por que os defensores da Apple não vão ver qualquer razão para mudar, especialmente já que o Safari está tão profundamente integrado ao iOS. Tudo bem, ele não tem a aparência mais bonita e nem a mais intuitiva das interfaces, mas é ok, e você pode ter certeza de que a Apple está menos interessada em rastrear o que você está navegando do que o Google.

 

 

 

 

 

Safari. Imagem: Captura de Tela

 

 

 

 

 

 

O Safari foi muito bem em nossos benchmarks, e recursos como o modo de leitura e a lista de leitura são muito úteis. Em última análise, embora pareça que seja a mesma história com o Chrome, o Safari é uma boa escolha de navegador por causa de sua integração com outros produtos da Apple e, não menos importante, com o celular, em vez de qualquer coisa que esteja realmente no próprio aplicativo.

Com a crescente influência da Siri, isso só vai se acentuar ao longo do tempo. Considerando os benefícios de usar o mesmo navegador no celular e no desktop, é surpreendente que o desenvolvimento do Safari no Windows tenha estagnado, dando aos usuários do Windows outra razão para usar o Chrome no iOS.

Mozilla Firefox (Android, iOS)

Tamanho do aplicativo: 53,9 MB (Android), 56,3 MB (iOS)

Uma vez a alternativa ao Internet Explorer e agora a alternativa para o Google Chrome, o Firefox tem a mesma plataforma cruzada e truques de sincronização que o Chrome, por isso, se você usá-lo no computador, faz sentido usá-lo no celular também. Ele tem várias outras características interessantes – como poder bloquear conteúdo de vídeo de reprodução automática.

Seu sistema de miniatura de abas abertas é um pouco melhor do que a abordagem de cartões empilhados do Chrome, e, como seria de se esperar, é mais fácil mudar para outros motores de busca além do Google (do Bing até o Amazon) rapidamente. Você também tem uma grande variedade de extensões que pode adicionar no celular, de bloqueadores de anúncios até extensões que mudam a aparência da internet conforme você navega.

 

 

 

 

 

Firefox. Imagem: Captura de tela

 

 

 

 

 

 

O Firefox tira notas altas na estética visual, no alto grau de personalização e tem um monte de ideias inteligentes para oferecer – o suporte para um grande número de extensões poderia ser uma razão para escolhê-lo acima do Chrome ou do Safari. Em termos de resultados de benchmark, ele foi muito bem no iOS e não tão bem no Android, mas recomendamos que você faça o teste você mesmo.

Ficamos impressionados com o Firefox no tempo que passamos com ele, em termos de personalização, mas a questão é: será que ele faz o suficiente para fazer você querer mudar de navegador padrão no celular? Provavelmente não – especialmente se você estiver já bem investido no Chrome ou no Safari em seus computadores desktop.

Opera (Android) e Opera Mini (Android, iOS)

Tamanho do aplicativo Opera: 71 MB (Android), não disponível (iOS)

Tamanho do aplicativo Opera Mini: 21,3 MB (Android), 40,6 MB (iOS)

O Opera é a corajosa e inovadora alternativa para Android, iOS, Windows, MacOS e praticamente qualquer outra plataforma por aí, embora por enquanto pareça que seus recursos de engenharia estejam focados no Android ao invés do iOS na área móvel. Na verdade, usuários iOS só têm a versão leve de compressão de dados Opera Mini para usar, em vez da versão cheia do Opera Mobile.

O Opera completo no Android abre com um feed de notícias parecido com o do Google Now, que você pode desativar se não gostar, e apresenta uma prática ‘discagem rápida’ para pular para seus sites favoritos. Navegação e pesquisa são suaves e limpos, e, como com os outros aplicativos, você pode criar uma conta Opera para sincronizar favoritos e histórico de navegação através dos dispositivos.

 

 

 

 

 

Opera Mini. (Imagem: Captura de tela)

 

 

 

 

 

O principal aplicativo Opera inclui uma opção de salvar dados, comprimindo sites por meio de servidores do Opera antes de carregá-los, mas no Opera Mini para Android e iOS a velocidade e compressão de dados são o principal ponto positivo: ele é ultra-compacto e leve, embora ainda inclua bloqueio de anúncios, páginas offline, um feed de notícias simplificado e um modo noturno bem útil.

Em termos de benchmarks, isso é um pouco variado para o Opera, no topo da lista de Android no Basemark e na parte inferior da lista de iOS no Peacekeeper. Como o Firefox, ele tem alguns recursos interessantes e funciona muito bem, mas a menos que você realmente ame a sua economia de dados ou recursos de bloqueio de anúncios, ou o use no ambiente desktop, é provável que não ofereça tanto para justificar a mudança.

Puffin (Android, iOS)

Tamanho do aplicativo: 32,6 MB (Android), 41,9 MB (iOS)

Talvez o navegador menos familiar para você de todos os listados aqui, o Puffin promete uma coisa: velocidade. Ele ganhou a reputação de ser muito rápido, e é certo que parece mais rápido do que a maioria conforme você navega na internet, com elementos aparecendo quase que instantaneamente – dado o tempo que seus olhos estão focados na página, você já está pronto para começar a ler.

O que nos fez fazer questão de testá-lo com alguns benchmarks, mas aqui ele provou ser o mais problemático dos nossos navegadores: foi o pior em Basemark no Android, de longe o melhor em Peacekeeper no Android (algo que outros sites notaram), se recusou a executar Basemark no iOS, e foi um dos piores em Peacekeeper no iOS.

 

 

 

 

 

Puffin. (Imagem: Captura de tela)

 

 

 

 

 

 

Isso sugere que pode ter problemas com a mais recente tecnologia web, mas enquanto a nossa navegação diária se desenrolou, o Puffin realmente nos impressionou com sua agilidade. Além disso, ele tem algumas características muito interessantes, como a sobreposição de gamepad para ajudar com o seu jogo online e os dados avançados que têm configurações individuais para qualidade de imagem e de vídeo.

Se você realmente quiser os melhores tempos de carregamento da página, o Puffin pode valer uma olhada (no Android), desde que você não precise sincronizar tudo com o seu navegador desktop. Ele tem recursos inteligentes o suficiente para torná-lo um segundo navegador decente de se ter instalado em seu telefone, apenas no caso de você precisar dele.

Microsoft Edge (Android, iOS)

Tamanho do aplicativo: 66,9 MB (iOS)

Novo e pronto para a briga, o Microsoft Edge acaba de chegar para dispositivos Android e iOS em versão beta. Qualquer pessoa pode se inscrever para o teste, mas você precisa instalar o TestFlight no iOS e participar de uma lista de espera para Android: nós não conseguimos furar a fila do Android a tempo para este artigo, mas pudemos pelo menos testar a versão iOS do navegador Edge.

Tendo em mente que ainda é um produto incompleto, existe motivo para ser otimista sobre as chances da Microsoft. Pelo menos em termos do benchmark para iOS, os números dele foram superiores em nossos testes Peacekeeper e segundo lugar em nossos testes Basemark. Mas se você quer saber se vale a pena fazer a troca, isso já é outra questão.

 

 

 

 

 

 

Edge. (Imagem: Captura de tela)

 

 

 

 

 

 

Todo o padrão está aqui, de um modo de leitura a favoritos, mas realmente o principal ponto de venda do Edge no celular é o quão inteligentemente ele sincroniza com o Edge no desktop. Se você usa o Chrome ou o Firefox no seu desktop e dispositivos móveis, alguns milissegundos extras de velocidade provavelmente não vão ser o bastante para fazer você dar uma chance para o Edge.

Pelo menos ele está disponível para celular agora e está lentamente melhorando em termos de recursos e de estabilidade no Windows 10 também. Se você é um defensor da Microsoft e quer usar Edge conforme você vai do celular para o computador, a partir das nossas primeiras impressões, o aplicativo consegue se posicionar bem em relação aos melhores. O navegador deve estar disponível para qualquer um testar em breve.

Que aplicativo de navegador você deve usar?

Um pouco decepcionante, considerando as horas que passamos testando e brincando com estes navegadores, a conclusão final foi a que eu pensei a que iríamos chegar antes de começarmos: a conveniência de ter toda a sua vida de navegação sincronizada entre desktop e smartphone supera qualquer pequeno aumento de velocidade ou recurso interessante e original.

Isso significa que você provavelmente vai usar o Chrome ou o Safari, dependendo dos dispositivos que você usa e o quão investido você está nos ecossistemas do Google ou da Apple. Como aplicativos como o Twitter e Facebook têm seus próprios navegadores integrados hoje em dia e o iOS torna complicado usar outro navegador de qualquer forma, há ainda menos motivos para mudar.

Em última análise, tipos como Firefox e Opera precisam ter seus usuários rodando seus respectivos navegadores no desktop e dispositivo móvel, e é difícil quebrar esse tipo de hábito, mesmo que você possa apontar para uma vitória de benchmark ou de um recurso de modo escuro. O Puffin é impressionante em algumas áreas, mas não tem nenhuma aplicativo de área de trabalho equivalente, o que o coloca em desvantagem contra os outro aplicativos.

Ainda é cedo para o Microsoft Edge no celular, mas ele tem a base de usuários do Windows para traçar seu caminho no mercado, e seus aplicativos parecem bem polidos, pelo que vimos. Nós o incentivamos a verificar regularmente navegadores alternativos em seu celular e ver como eles se encaixam para você, mas não podemos prometer que você vá encontrar muitas razões para mudar para eles.

Como fazer a troca

Se depois de tudo isso você decidir que o Puffin ou o Edge ou qualquer um dos demais são mais atraentes do que o navegador que vem com o dispositivo móvel, então você deve fazer a troca.

A Apple sendo a Apple, você não conseguirá mudar o navegador padrão no iOS, que abre quando você clica em um link da web. O Google oferece uma solução alternativa, no entanto: se você também tem o Gmail para iOS instalado, toque no botão de menu (canto superior esquerdo), depois em Configurações, em seguida, Google Apps, e você pode definir para os links dentro do Gmail abrirem no Chrome.

Na versão base do Android, você pode configurar o seu navegador padrão abrindo Configurações, em seguida, tocando em Aplicativos e notificações, Avançado e Aplicativos Padrão: aperte Aplicativo do navegador, e uma lista dos navegadores atualmente instalado no seu dispositivo aparece.

 

Imagem do topo: Captura de tela

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Tecnologia e Vida Digital


Comunidade de jogadores de Overwatch ajuda a montar PC de jogador
...


Ações da Apple atingem maior valor da história na expectativa por novos iPads
...


'Gran Turismo Sport' será lançado no dia 17 de outubro
...


Empresa cria fone de ouvido especial para os motociclistas
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::