Rondônia, - 18:26
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Rondônia
1° Fórum de Inovação Tecnológica
1° Fórum de Inovação Tecnológica em Rondônia
Projetos desenvolvidos na academia e no meio popular podem ser financiados. Investidores disponibilizam cerca de R$ 300 milhões para projetos.
Publicado Sábado, 9 de Setembro de 2017, às 11:03 | Fonte Por Toni Francis, G1 RO 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=335701&codDep=34" data-text="1° Fórum de Inovação Tecnológica em Rondônia

  
 
 

Palestras abordam potencial tecnológico e fundos de financiamento para pesquisas em Rondônia (Foto: Toni Francis/G1)

O potencial tecnológico da produção regional e a disponibilidade de recursos para financiamento de novas ideias e pesquisas na área de inovação foram destaques no 1° Fórum Rondoniense de Inovação Tecnológica. O evento foi realizado nesta semana pelo Instituto Federal de Rondônia (Ifro), em Porto Velho.

Por Toni Francis, G1 RO

O evento teve mais de 250 inscritos e, segundo os organizadores, une estudantes, representantes da sociedade organizada, empresários e o Governo em um amplo debate sobre o tema.

Na quarta-feira (13), um representante do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) falou sobre os fundos de investimento que existem para fomentar ideias e pesquisas em Rondônia.

O objetivo do Fórum, segundo o diretor do Centro de Gestão de Tecnologia e Inovação (CGTI), José Eduardo Querido, é identificar pontos de inovação que podem ser realizados em Rondônia.

“O fórum é voltado para a sociedade e empresas, para inspirar as pessoas, inclusive estudantes, a buscar inovações”, explicou.

José Eduardo e Adelfo Braz, do CGTI, palestraram nesta terça no Fórum de Inovação Tecnológica (Foto: Toni Francis/G1)

José Eduardo e Adelfo Braz, do CGTI, palestraram nesta terça no Fórum de Inovação Tecnológica (Foto: Toni Francis/G1)

Adelfo Braz Barnabé, diretor adjunto do CGTI, diz que o instituto está há 10 anos no estado e que, nesse tempo, percebeu que o potencial de Rondônia que não é totalmente explorado.

“A ideia é criar um ambiente propício para o surgimento de startups e pesquisas voltadas para as áreas de tecnologias”, comentou.

Segundo ele, atualmente há mais de R$ 300 milhões voltados para esse fim para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Segundo Adelfo Braz, o fórum é uma primeira iniciativa para mostrar que existe demanda para a geração de novas tecnologias em Rondônia.

“A expectativa é que, após esse fórum, em 4 ou 6 anos deve surgir projeto de maior vulto voltado para a área de tecnologia”, diz, afirmando que o Governo do Estado, a Universidade Federal de Rondônia (Unir) e o Ifro serão grandes apoiadores dos projetos.

Dentre os potenciais tecnológicos observados em Rondônia, Adelfo Braz destacou o desenvolvimento de espécies oleaginosas.

Jairo Tschurtscherthaler diz que Rondônia tem muito potencial que ainda não é explorado  (Foto: Toni Francis/G1)

Jairo Tschurtscherthaler diz que Rondônia tem muito potencial que ainda não é explorado (Foto: Toni Francis/G1)

Jairo Tschurtscherthaler, administrador do Ifro e coordenador de ações sociais e produtiva da rede incubadora de empresas – Rede Nova, explica que Rondônia sai de um cenário de pouca inovação para um cenário crescente.

“Esse evento traz a conscientização para mostrar o que existe de oportunidades no estado”, salienta, destacando como exemplo de inovação o feijão tropeiro que é vendido em pote.

“É um projeto desenvolvido com apoio do Ifro que traz um novo conceito para a venda do alimento”, acentua.

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Rondônia


Alunos de Nova Mamoré realizam visita sensorial nas trilhas do Parque Estadual Guajará-Mirim
Para encerrar as atividades da Semana do Meio Ambiente, a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Ambiental (Sedam) desenvolveu ações de inserção da comunidade do entorno do Parque Estadual Guajará-Mirim. ...


Governo vai investir R$ 4,1 milhões na compra de três milhões de mudas de café
O governo de Rondônia deve autorizar nos próximos dias a liberação de R$ 4,2 milhões para a compra de três milhões de mudas de café clonal para distribuição gratuita entre as centenas de micro e pequenas propriedades rurais de Rondônia. ...


Agricultores de Porto Verde encerram atividades do Programa de Aquisição Alimentar; R$ 9 mi estão garantidos para 2017/2018
As 63 famílias cadastradas no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do governo de Rondônia em Porto Verde comemoraram com um café da manhã a conclusão das compras de alimentos com repasse simultâneo às instituições que assistem pessoas em situaç...


Equipes nacionais de vôlei jogam na reinauguração do Ginásio Claudio Coutinho dia 30, em Porto Velho
O Ginásio de Esportes Cláudio Coutinho, em Porto Velho, será reinaugurado no dia 30....

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::