Rondônia, - 01:55
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - NACIONAL
Nacional
Operação combate desvios em pensões e aposentadorias de militares no Rio Grande do Sul
Publicado Segunda-Feira, 21 de Agosto de 2017, às 11:55 | Fonte Do G1 RS 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=335019&codDep=30" data-text="Operação combate desvios em pensões e aposentadorias de militares no Rio Grande do Sul

  
 
 

 

Agentes durante a operação na manhã desta segunda-feira (Foto: Divulgação/PF)

 

 

 

 

 

 

 

A Polícia Federal realizou na manhã desta segunda-feira (21) uma operação contra um esquema criminoso de fraudes em licenças e aposentadorias de militares no Rio Grande do Sul. A investigação foi realizada em parceria com a Polícia Judiciária Militar, Ministério Público Militar e Advocacia-Geral da União (AGU).

As fraudes aconteciam especialmente entre militares temporários, conforme a Polícia Federal. São cumpridos um mandado de prisão, três mandados de condução coercitiva e dois mandados de busca e apreensão nas cidades de Canoas e Novo Hamburgo, na Região Metropolitana de Porto Alegre e no Vale do Sinos.

Conforme a investigação, eram apresentados atestados médicos "ideologicamente falsos" com doenças psiquiátricas que tinham por objetivo manter militares temporários vinculados ao Exército para supostos tratamentos de saúde, e para que depois fosse obtida a reforma militar.

Em Canoas, segundo a investigação, funcionava um escritório de advocacia responsável pelas ações judiciais usadas para cometer as fraudes.

Durante as investigações, pessoas que foram diagnosticadas como incapacitadas para a atividade militar, por conta de problemas físicos ou psíquicos, foram flagradas levando uma vida normal. Em alguns casos, essas pessoas possuíam ocupações remuneradas.

Para a Polícia Federal, esse é um indicativo da fraude na obtenção das decisões judiciais para licença médica ou reforma militar.

A polícia ainda investiga o tamanho do prejuízo causado pelo esquema, que pode ter crimes como estelionato e falsidade ideológica.

 

 

 

 

 

 

Polícia do Exército durante cumprimento dos mandados judiciais (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

Polícia do Exército durante cumprimento dos mandados judiciais (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em NACIONAL


Centro cultural em Manaus vai abrigar nova base da Polícia Militar
...


Cantor amapaense Alan Gomes homenageia Djavan em show especial
...


Mutirão retira lixo e entulho acumulados nas margens do rio Amazonas, na orla de Macapá
...


Festival 'Até o Tucupi' 2017 debate sobre Consciência Negra, em Manaus
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::