Rondônia, - 07:22

 

Você está no caderno - Tecnologia e Vida Digital
Tecnologia
Bateria movida a água salgada poderá deixar eletrônicos mais seguros
Publicado Sábado, 12 de Agosto de 2017, às 08:44 | Fonte Olhar Digital 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=334444&codDep=41" data-text="Bateria movida a água salgada poderá deixar eletrônicos mais seguros

  
 
 

 

(Foto: Reprodução)

 

 

 

 

 

Pesquisadores da Universidade de Fudan, na China, publicaram nesta semana um estudo detalhando um novo tipo de bateria que poderá ser usado em dispositivos eletrônicos do futuro. A ideia dos cientistas é criar uma bateria movida a água salgada.

Como explica o site The Verge, baterias são, basicamente, compartimentos que guardam energia elétrica em forma de energia química. São três componentes principais: dois eletrodos de metal que conduzem a energia (um positivo e outro negativo) e uma "sopa" de eletrólitos entre os dois.

Íons navegam de um lado para o outro, entre os eletrodos, para gerar energia. A sopa de eletrólitos em questão é normalmente feita por ácidos ou outros componentes químicos tóxicos, corrosivos ou inflamáveis. É por isso que um defeito na bateria pode fazer um smartphone explodir, por exemplo.

No caso da bateria descrita pelos cientistas chineses, esse componente químico é trocado por água com sais minerais diluídos. No futuro, essa água salgada poderia até ser substituída por suor, sangue ou lágrimas humanas. A ideia é que uma bateria como essa possa ser usada em dispositivos vestíveis, como relógios, ou outros equipamentos usados em hospitais.

Daí vem a importância de desenvolver uma bateria que não traga riscos ao usuário, como no caso de um implante médico, por exemplo. Por enquanto, porém, os cientistas têm apenas um protótipo da nova bateria, que ainda está longe de poder ser usada na prática.

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Tecnologia e Vida Digital


Estudo sugere que Waymo tem o carro autônomo mais avançado do momento
...


Rússia está por trás do ataque NotPetya, diz governo dos EUA
...


Microsoft é processada em US$ 600 milhões por falha em atualização do Windows
...


EUA culpam Rússia por ciberataque e prometem “consequências internacionais”
...

 

::: Publicidade :::


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE