Rondônia, - 12:55
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - NACIONAL
Nacional
Prédio instala 'chuveiros' em marquise e causa polêmica em Copacabana, Zona Sul do Rio
Publicado Terça-Feira, 8 de Agosto de 2017, às 11:57 | Fonte Do G1 Rio 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=334217&codDep=30" data-text="Prédio instala 'chuveiros' em marquise e causa polêmica em Copacabana, Zona Sul do Rio

  
 
 

 

Resultado de imagem para Prédio instala 'chuveiros' em marquise e causa polêmica em Copacabana, Zona Sul do Rio

Prédio de Copacabana tem chuveirinho que molha calçada e afasta morador de rua

 

 

 

 

 

 

Um chuveiro improvisado instalado na marquise do Edifício Roxy, na esquina da Rua Bolivar com Avenida Nossa Senhora de Copacabana, se transformou em motivo de controvérsia. Em tese, o dispositivo foi colocado no local para a irrigação de um canteiro. No entanto, segundo moradores do bairro, o dispositivo foi instalado para retirar pessoas em situação de rua que dormem sob a marquise do imóvel.

"Colocaram aquelas saídas de água para inibir a concentração de moradores de rua no local. Compreendo que não é a solução mais adequada, mas, diante da inoperância do poder público para resolver o problema e me colocando no lugar dos que moram no prédio, acho que foi uma forma alternativa para resolver o problema, embora esta medida não seja a mais indicada. Há várias reclamações de consumo de drogas e brigas no local", disse o presidente da Sociedade Amigos de Copacabana, Horácio Magalhães.

Uma equipe da TV Globo esteve no local na manhã desta segunda-feira (7) para falar com o síndico do prédio, mas ele não foi encontrado. No entanto, funcionários do condomínio confirmaram que o dispositivo foi mesmo instalado para evitar que as pessoas em situação de rua se concentrem sob a marquise.

A Subsecretaria Municipal de Urbanismo enviou um técnico para fazer uma vistoria no local. O órgão informou que, como se trata de um imóvel tombado pelo Instituto Rio Patrimônio da Humanidade (IRPH), trata-se de um fato inusitado, já que não há legislação específica para o caso.

Ainda segundo a subsecretaria, caso o relatório técnico identifique alguma irregularidade na fachada, o IRPH acionará o proprietário do imóvel e solicitará a retirada do chuveiro.

"Essa situação é absurda, um ato de desumanidade. Devido à legislação, não podemos obrigar o morador de rua a permanecer em abrigos, mas isso não dá liberdade para que os proprietários do prédio utilizem esse tipo de violência contra quem está ali. Não vamos permitir isso. Procuraremos o síndico e, caso necessário, multaremos o condomínio", disse a secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Teresa Berger.

No primeiro andar do prédio, funciona o Cinema Roxy – fundado em 1938, é um dos mais antigos e tradicionais da cidade. A assessoria de imprensa do Grupo Severiano Ribeiro, proprietário do espaço, negou que o chuveiro tenha sido instalado pela sala exibidora.

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em NACIONAL


Operação combate desvios em pensões e aposentadorias de militares no Rio Grande do Sul
...


Cármen Lúcia vai enfrentar Gilmar?
...


Carne Fraca: juiz manda libertar últimos presos temporários
...


Em operação, PF prende três candidatos que fraudariam concurso do TRT
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
350x90
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE