Rondônia, - 01:09
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Espiritualidade e Religião
Espiritualidade e Religião
Casal gay agradece Papa Francisco por batismo de filhos, e Vaticano responde
Publicado Terça-Feira, 8 de Agosto de 2017, às 11:45 | Fonte Do G1 PR 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=334213&codDep=67" data-text="Casal gay agradece Papa Francisco por batismo de filhos, e Vaticano responde

  
 
 

 

Carta cita propiciadora Bênção Apostólica do papa (Foto: Reprodução/Facebook)

Carta cita propiciadora Bênção Apostólica do papa (Foto: Reprodução/Facebook)

 

 

 

 

 

O Vaticano respondeu a uma carta enviada à Igreja Católica pelo casal Toni Reis e David Harrad, de Curitiba, na qual agradecem ao Papa Francisco pelo batismo dos três filhos.

A resposta, assinada pelo Monsenhor Paolo Borgia, assessor para os Assuntos Gerais da Secretaria de Estado, diz que o pontífice "viu com apreço" a carta do casal e "lhe deseja felicidades". Uma foto de Francisco foi anexada ao fim do texto.

"(...) também o Papa Francisco lhe deseja felicidades, invocando para sua família a abundância das graças divinas, a fim de viverem constante e fielmente a condição de cristãos, como bons filhos de Deus e da Igreja, ao enviar-lhes uma propiciadora Bênção Apostólica, pedindo que não se esqueçam de rezar por ele", diz a carta do Vaticano.

Reis diz que, logo após o batismo, enviou à Igreja fotos da cerimônia, cópias das certidões e um agradecimento ao líder católico. Ele afirma que não esperava o retorno.

 

 

 

 

 

 Padre batiza um dos filhos do casal  (Foto: Arquivo pessoal)

Padre batiza um dos filhos do casal (Foto: Arquivo pessoal)

 

 

 

 

 

 

 

"A gente não esperava isso. Mandamos um agradecimento ao papa, porque ele tem se mostrado muito querido, muito aberto a questões sociais. Queríamos só expressar nossa alegria ao sumo sacerdote, ao chefe da Igreja, e tivemos essa grata surpresa. Estamos imensamente felizes", comenta.

Ele também ressalta que a carta é, para eles, um grande passo na luta contra a intolerância. "Agora, o papa está dizendo que somos uma família. Ele nos chamou de família. As pessoas têm o direito de dizer que não, mas a Igreja diz que somos. Esse reconhecimento, em tempos de fundamentalismo, é incrível", afirma.

A carta vai virar quadro na casa da família, comenta Reis. "As crianças queriam levar para a escola, para mostrar para os amigos, mas nem pensar. Isso vai ficar muito bem protegido em uma moldura. Para nós, é um fato histórico".

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Espiritualidade e Religião


A polêmica orientação da Igreja Anglicana para que escolas deixem crianças vestir roupas identificadas com outro gênero
...


Sem mencionar rohingyas, Papa Francisco faz apelo por direitos humanos em Mianmar
...


Papa diz estar preocupado com ''retorno dos nacionalismos'' na Europa
...


Papa fala com tripulação da ISS sobre lugar do homem no universo
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE