Rondônia, - 11:06
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - POLÍTICA
Política
Ministros alagoanos são exonerados para votação do parecer contra Temer
Publicado Quarta-Feira, 2 de Agosto de 2017, às 11:50 | Fonte Alagoas 24 horas 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=333849&codDep=19" data-text="Ministros alagoanos são exonerados para votação do parecer contra Temer

  
 
 

 

Maurício Quintella Lessa e Marx Beltrão foram exonerados para participar de manobra favorável a Temer

Maurício Quintella Lessa e Marx Beltrão foram exonerados para participar de manobra favorável a Temer

 

 

 

 

 

 

Em uma manobra que tende a impedir que o parecer aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) tenha seguimento na Câmara dos Deputados, em Brasília, contra Michel Temer (PMDB), os dois deputados alagoanos que ocupam cargos de ministros no governo de Michel Temer (PMDB) foram exonerados nesta terça-feira, 2.

A portaria que trata da exoneração dos deputados federais Marx Beltrão (PMDB), do Ministério do Turismo, e Maurício Quintella Lessa (PR), do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, e outros oito exonerações foi publicada no Diário Oficial da União na edição de hoje.

Também foram exonerados Antonio Imbassahy, chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República; José Mendonça Filho, do Ministério da Educação; Bruno Cavalcanti Araújo, do Ministério das Cidades; Fernando Bezerra, do Ministério de Minas e Energia; Osmar Terra, do Ministério do Desenvolvimento Social; Leonardo Picciani, do Ministério do Esporte; José Sarney Filho, do Ministério do Meio Ambiente; Ronaldo Nogueira, do Ministério do Trabalho.

O parecer da CCJ foi contrário à denúncia da Procuradoria-Geral da República, Rodrigo Janot, que acusa do presidente da República de corrupção passiva. Em seu relatório, Rodrigo Janot destaca que sua denúncia é baseada em “fartos elementos de provas” que não deixam dúvidas quanto a materialidade e a autoria de Michel Temer no crime de corrupção passiva, tais como laudos da Polícia Federal, gravações, registros de voos, depoimentos, imagens e outros.

A sessão está prevista para começar às 9h e Temer precisa de pelo menos 342 votos contrários para impedir que a denúncia tenha prosseguimento na casa.

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em POLÍTICA


Brasil deixou recessão para trás, diz Temer na Argentina
...


Quem foi a primeira mulher a governar o Brasil
...


Mariana Carvalho destina R$ 250 mil para Vale do Paraíso
Recursos serão usados para compra de materiais de iluminação de avenida...


Kadafi teria ajudado Lula em 2002
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE