Rondônia, - 10:18
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Notícias do interior de Rondônia
IFRO traz nova visão para o agricultor rondoniense
IFRO traz nova visão para o agricultor rondoniense
“O Instituto tem muita admiração pelo produtor rural, porque temos como missão promover a inclusão através da educação.
Publicado Domingo, 30 de Julho de 2017, às 08:43 | Fonte da Redação 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=333601&codDep=26" data-text="IFRO traz nova visão para o agricultor rondoniense

  
 
 

Canal Rural

Nesta semana comemoram-se dois importantes protagonistas no desenvolvimento nacional: o Dia do Agricultor é comemorado nesta sexta-feira (28 de julho) e o Dia do Agricultor Familiar foi há três dias (25 de julho). No Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) há campi voltado especialmente para a agropecuária, situados nos municípios de Ariquemes, Cacoal e Colorado do Oeste. Além de toda tecnologia produzida em todas as unidades que também atendem às necessidades do campo e da cidade.

A Diretora-Geral do Campus Colorado do Oeste, Larissa Ferraz Bedôr Jardim, afirma que quando um estudante do IFRO retorna à sua comunidade pode mudar a vivência da família. “O Instituto tem muita admiração pelo produtor rural, porque temos como missão promover a inclusão através da educação. Só assim conseguimos vencer, no Brasil e fora dele. O Campus Colorado tem cursos de graduação em Zootecnia e Engenharia Agronômica na área das agrárias, fortalecendo assim o nosso curso técnico em Agropecuária. E, nós, que já estamos em ação há muito tempo, desde a antiga escola Agrotécnica, sabemos o potencial do agricultor e o que ele faz pelo nosso Estado, que é a atual potência devido aos agricultores. Não apenas o agricultor familiar, mas também o agricultor que produz em grande escala como este que comemoramos hoje. Temos ILPF (Integração Lavoura Pecuária Floresta), a parte de cacau, de café, de hortaliças, das hortaliças PANCs (plantas alimentícias não convencionais). Tudo isso oCampus Colorado está incentivando, bem como a criação de animais de forma mais organizada e racional”, analisa a professora.

Para o Diretor-Geral do Campus Cacoal, Davys Sleman, os agricultores representam um grande aporte para todo o país, “os Institutos Federais quando nasceram, e o Campus Cacoal faz parte dessa história, preocuparam-se muito com isso. Nós temos um curso de Agropecuária e outro de Agroecologia que é vinculado especificamente para a pequena propriedade, que é a grande base que atualmente mantém o estado de Rondônia. Temos muita proximidade por meio de projetos de extensão e de pesquisa”.

Cacoal é conhecida como a “Capital do Café” e o Instituto Federal tem buscado realizar ações que contribuam no desenvolvimento dessa cultura, com fortalecimento da economia regional. “A grande preocupação que tivemos para a pequena propriedade foi o café, por isso o Campus implantou uma primeira unidade experimental de café. Uma segunda unidade está vindo com a Embrapa, para que possamos manter e levar a esses agricultores tradicionais e seus filhos, agora com alta tecnologia, com mais conhecimento, que possam aprimorar, melhorar e tornar aquela empresa considerada pequena – aquele pedaço de terra – uma empresa rentável. Para que o filho não fique na cidade, mas possa voltar para o campo, se desenvolver e manter a família, esse tem sido nosso grande objetivo”, diz o professor Davys.

Conforme demonstrado no recenseamento agropecuário, a agricultura familiar produz mais da metade dos alimentos consumidos pela população brasileira. No Campus Cacoal, 60% dos estudantes são da área rural, resultado do trabalho desenvolvido pelo IFRO na região. “Sabemos que todos esses alunos estão voltando e levando essa experiência para casa. Nas produções, vemos que estão melhorando a forma de cotejamento, de adubação, ou até a forma de plantar. Em consequência disso, estão criando as agroindústrias. É o papel do IFRO, já transformando paradigmas nesse mundo produtivo que é o mundo rural”, afirma Davys.

Em Ariquemes, o Diretor-Geral Osvino Schmidt, afirma que o Instituto busca atender aos desafios colocados pelo contexto nacional, dessa forma o enfoque dado ao jovem agricultor mudou. Se antes era esperado que ele se formasse para trocar a “roça” pela a cidade e ter uma vida melhor, atualmente a intenção é que ele estude para voltar à sua terra, com condições de produzir com tecnologia e mudar de vida. “Nós temos percebido que as circunstâncias e políticas de governo empurraram nosso agricultor para a periferia da cidade, no subemprego. São pessoas que teriam poder de retornar e produzir com potencialidade. O Curso Técnico em Agropecuária, em Alimentos e, porque não, Informática, que hoje na área rural é extremamente importante. O IFRO vem contribuindo com isso, para dignificar a vida do homem do campo”.

Segundo informações da Pró-Reitoria de Ensino (PROEN/IFRO), além dos três campi com perfil agrícola há previsão de instituir mais dois nesse segmento. “Isso significa, a um só tempo, valorizar o profissional que atua no campo, como também contribuir para que a agricultura se expanda, gerando renda para os agricultores e alimentando o Brasil. E nesta data, nós da Reitoria, elogiamos os homens e as mulheres que desbravaram e desbravam, sob sol ou chuva, o solo brasileiro e dele fazem brotar a semente que se transforma em pão e vida de todos nós”, faz a ressalva o Pró-Reitor de Ensino, Moisés José Rosa Souza.

Há ainda, segundo o professor Moisés José, todo um compromisso institucional de ofertar à sociedade a melhor formação possível no seguimento rural. Ele enfatiza que muitas vezes os agricultores das várias regiões brasileiras precisam produzir “sem tantas condições estruturais, mas com humildade e muito esforço, esses profissionais se superam na labuta roceira árdua do dia a dia”, finalizou o Pró-Reitor.

 

 

__

 

Assessoria de Comunicação e Eventos - ASCOM/IFRO

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia - Reitoria





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Notícias do interior de Rondônia


Obra “O estranho caso das alianças” é lançada durante café literário
Um romance de ficção que por meio de personagens, o leitor pode fazer uma viagem no tempo, foi lançado na manhã desta quinta-feira (07) durante um café literário na Biblioteca Municipal Pedro Tavares Batalha....


Unidade de Pronto Atendimento - UPA será inaugurada nesta quinta-feira (1) em ariquemes
Inaugura nesta sexta-feira, dia 01 de dezembro, a Unidade de Pronto Atendimento- UPA, em Ariquemes....


Prefeitura e Associação Amigos de Jaru realizam cerimônia de inauguração do novo hospital municipal nesta sexta-feira, 8
...


Ariquemes: Prefeitura decreta ponto facultativo no dia 03 de novembro
O Prefeito do Município de Ariquemes, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 61, inciso IV da Lei Orgânica Municipal, ...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE