Rondônia, - 21:58
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Tecnologia e Vida Digital
Tecnologia
Descanse em paz, Google Instant Search, você nunca foi necessário
Publicado Quinta-Feira, 27 de Julho de 2017, às 11:53 | Fonte GIZMODO 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=333457&codDep=41" data-text="Descanse em paz, Google Instant Search, você nunca foi necessário

  
 
 

 

google-instant

 

 

 

 

 

 

Em 2010, a então vice-presidente de produtos de busca do Google, Marissa Mayer, chamou o Instant Search (ou Busca Instantânea, em português) de uma “mudança fundamental nas pesquisas”, e a imprensa se maravilhou com essa nova função que economizava seu tempo. Agora essa porcaria está morta, porque a tecnologia, mais uma vez, mudou fundamentalmente.

O Google Instant Search foi a resposta da gigante das buscas para o fato de que muitos usuários digitam devagar. Em um desktop, o sistema de busca do Google não apenas jogava pequenas sugestões em uma caixa simples abaixo do campo de busca como também constantemente atualizava a página com os resultados enquanto você digitava. De acordo com a Wired, Mayer afirmou no lançamento da função que “se todo mundo no Planeta usasse o Google Instant para suas buscas… isso economizaria cerca de 3,5 bilhões de segundos por dia, ou 11 horas economizadas a cada segundo”.

Mas o mundo mudou. Em 2015, o Google viu pela primeira vez o mobile superar o desktop em buscas, e essa tendência está só crescendo. O Instant Search simplesmente não é apropriado para a navegação em dispositivos móveis. Com o fato de estar executando dois sistemas de busca diferentes, o Google decidiu que não tinha tempo para isso. Em um comunicado no SearchEngineLand, um porta-voz da empresa explicou:

 

 

 

Lançamos o Google Instant em 2010 com o objetivo de fornecer aos usuários a informação de que precisavam o mais rapidamente possível… Desde então, muito mais de nossas buscas acontece no mobile, com um input, interações e restrições de tela muito diferentes. Com isso em mente, decidimos remover o Google Instant para que possamos focar em maneiras de tornar a busca ainda mais rápida e fluida em todos os dispositivos.

 

 

 

Sinceramente, se você não estivesse lendo essa notícia, você provavelmente nem notaria que o Instant Search se foi. As pequenas sugestões ainda aparecem, mas você pode ter aquela sensação de que algo está meio… estranho. Algo que você não consegue dizer o que é.

O fato é que isso não é nada pelo que se lamentar. O Instant Search era irritante demais. Entendo como aqueles que digitam devagar podem achá-la útil, mas não preciso que minha tela inteira fique mudando constantemente e piscando enquanto eu tento digitar “The Lemon Grove Kids Meet the Green Grasshopper and the Vampire Lady from Outer Space“. Sim, eu sei que dava para desligar a função.

Em seu lançamento, Mayer disse que “existe um elemento psíquico, porque podemos prever o que você está prestes a pesquisar em tempo real”. Sim, tinha um elemento psíquico, da mesma forma que tem um elemento psíquico aquela pessoa que constantemente te interrompe, achando que sabem que o que você vai dizer.

[SearchEngineLand]

Imagem do topo: Getty

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Tecnologia e Vida Digital


Este cara construiu um Nintendo Switch do zero que roda milhares de jogos clássicos
...


EUA propõem proibição mundial de notebooks na bagagem despachada de voos internacionais
...


Confira os destaques do evento “Imprimindo o Futuro”, no MAM
...


Facebook lança novo recurso para comentários e internet reage
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::