Rondônia, - 07:25
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Variedades
Variedades
Astrônomos encontram menor estrela do universo
Publicado Segunda-Feira, 17 de Julho de 2017, às 15:01 | Fonte Notícias Ao Minuto 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=332951&codDep=52" data-text="Astrônomos encontram menor estrela do universo

  
 
 

 

© Reprodução / CC BY 2.0 / European Southern Observatory / Artist’s impression of the disc and gas streams around HD 142527

 

 

 

 

 

 

Astrônomos descobriram, na constelação de Escultor, provavelmente a menor estrela do universo. Seu raio é um pouco maior do que o de Saturno e a sua massa é 85 vezes maior do que a de Júpiter.

"Nossa descoberta demonstra as mínimas dimensões que uma estrela pode possuir. Se a massa de EBLM J0555-57Ab fosse um pouco menor, então reações termonucleares não aconteceriam em seu núcleo, o que a tornaria uma anã marrom", explicou Alexander Boetticher, pesquisador da Universidade de Cambridge (Reino Unido) no artigo publicado no jornal Astronomy & Astrophysics.

Todas as estrelas da Via Láctea e de outras galáxias nascem dentro de nuvens firmes de gás e pó quando é iniciado o processo de condensação. Depois, com o tempo, a temperatura e pressão dentro dessas nuvens aumentam muitíssimo, causando o início das reações termonucleares em seu núcleo.

Segundo astrofísicos, tais reações ocorrem somente dentro de objetos grandiosos com mais de 7% da massa do Sol que, a propósito, é 73 vezes maior do que a massa de Júpiter. Os corpos celestes menores se tornam anãs marrons, que são corpos celestes de baixa luminosidade e não conseguem iniciar a fusão do hidrogênio em seu núcleo. As anãs marrons possuem uma massa superior à de um planeta, mas não tão massiva quanto à de uma estrela. Por isso são consideradas "estrelas fracassadas".

Há muitos anos, astrônomos observam o céu noturno do hemisfério Sul em busca de estrelas menores que irradiam luz pálida.

E a busca deu frutos, pois, recentemente, Alexander Boetticher e seus colegas conseguiram detectar a menor estrela do universo — EBLM J0555-57Ab, localizada na constelação de Escultor a 600 anos-luz da Terra. Tais estrelas possuem as melhores condições para nascimento de vida.

"As menores estrelas são ideais para buscar sósias da Terra e estudar sua atmosfera. No entanto, primeiramente, é necessário estudá-las e entendê-las detalhadamente", concluiu o pesquisador Amaury Triaud, que recentemente descobriu um sistema planetário único TRAPPIST-1 com sete análogos da Terra.

Com informações do Sputnik News. 

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Variedades


Irma, Maria, Harvey… saiba como os furacões são batizados
...


Cientistas especulam novo motivo pelo qual a girafa pode ter desenvolvido seu pescoço longo
...


Confira a novidade da maquiagem: delineador invertido
...


Conheça o truque da vassoura para limpar a casa que você nem imaginava
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::