Rondônia, - 03:00

 

Você está no caderno - CIÊNCIA E SAÚDE
Ciência e Saúde
É positivo deixar a criança ganhar quando competimos com ela?
Publicado Segunda-Feira, 17 de Julho de 2017, às 14:43 | Fonte Noticias ao Minuto 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=332939&codDep=42" data-text="É positivo deixar a criança ganhar quando competimos com ela?

  
 
 

 

© iStock

 

 

 

 

 

 

Autoridade implica respeito. Mútuo. Muitos pais, ao enfrentar o filho num jogo, simulam incompetência para deixar a criança ganhar. 

"Fazem isso em prol de alimentar uma auto-imagem positiva na criança, mas essa conduta não é educativa – e desrespeita a criança. Passa a perigosa informação de que só os vencedores têm auto-imagem positiva, quando o ideal seria ensinar a criança a perder sem se sentir humilhada. Depois, o pai perde a chance de ensinar a criança a melhorar seu desempenho no jogo, pois se ela venceu, por que daria ouvidos às orientações de quem perdeu? Além disso, quando a criança jogar com um colega sofrerá a dupla frustração de perder e de sentir-se desrespeitada e enganada por alguém em quem confia", afirma a psicoterapeuta Lidia Rosenberg Aratangy.

Competir exige igualdade de condições – o que não acontece quando um adulto e uma criança se enfrentam. Em vez de tapear a criança, desrespeitando a própria autoridade, o justo seria adaptar as regras, de modo a tornar os adversários mais simétricos, finaliza a especialista. Com informações do Portal EBC e Toda Criança Pode Aprender.

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em CIÊNCIA E SAÚDE


Este cara tinha um “segundo dedo” crescendo sobre o seu dedo médio
...


Diga adeus aos lábios ressecados no Outono
...


Confira as dicas essenciais para preparar bem os cogumeloss
...


Contato com plástico na gravidez afeta fertilidade por gerações
...

 

::: Publicidade :::


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM