Rondônia, - 07:45
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Notícias do interior de Rondônia
Seminário Rural em Nova Mamoré
Seminário Rural promete agitar o setor em Nova Mamoré
Centenas de produtores estão sendo esperados nos três dias de evento, quando serão realizadas palestras sobre pecuária, manejo e recuperação do solo.
Publicado Segunda-Feira, 17 de Julho de 2017, às 14:18 | Fonte da Redação 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=332930&codDep=26" data-text="Seminário Rural promete agitar o setor em Nova Mamoré

  
 
 

É grande a expectativa para a realização do 1º Seminário Rural, que acontecerá no distrito de Nova Dimensão, distante 58 quilômetros da sede do município de Nova Mamoré (RO), entre os dias 18 e 20 de julho.

Equipes do Sebrae de Porto Velho e do escritório em Guajará-Mirim (cidade próxima a Nova Mamoré – 48 km de distância), além do pessoal da sala do empreendedor da Prefeitura do município e da Empresa Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater) estão empenhados na divulgação e mobilização dos produtores rurais da região, bem como de entidades da sociedade civil organizada, como bancos, sindicatos, associações e empresas ligadas ao setor.

Promovido pelo Sebrae em Rondônia e pela Superintendência de Desenvolvimento de Rondônia (Suder), por meio do Convênio 44/PGE/2016, o Seminário Rural está sendo encarado por quem vive do campo como “o evento do ano”. As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas, também, no local do evento.

“O Sebrae está empenhado em levar aos produtores da região todo o conhecimento necessário para melhorar o desenvolvimento na agricultura familiar, como no distrito de Jacinópolis, que fica a 130 km daqui da sede, onde há gente plantando e produzindo polpa de maracujá, mas de modo ainda muito artesanal e por isso acabam vendendo mais barato o que produzem. No entanto, se houvesse uma cooperativa que comercializasse essa produção, a mercadoria sairia certificada e os ganhos seriam maiores para o produtor. Então, é isso que queremos: despertar e orientar o pequeno produtor para melhorar a renda familiar”, afirma Adriana Torres Duarte, analista técnica do Sebrae de Guajará-Mirim.

Para o chefe do escritório local da Emater, Edinaldo França, o Seminário abrirá caminho para outras ações que estão no plano de projetos da empresa para 2017. “O Sebrae vem chegando com força nas suas ações no município, tanto na cidade, com os pequenos empresários, como no campo – onde quem planta e produz precisa de aprendizado, necessita conhecer as novas tecnologias disponíveis e cobra isso de nós. O Sebrae se tornou um parceiro importante no contexto da capacitação, e eu não tenho dúvidas que, com as oficinas que serão realizadas no seminário, teremos avanços importantes na produção local”, disse.

O produtor José Nogueira, morador da Linha 31, km 5, cria gado para recria e engorda e não vê a hora de ouvir as palestras sobre pecuária, manejo e recuperação do solo. “No nosso inverno há chuva, muita chuva, mas, quando chega o final de abril e o começo de maio, vem o verão, trazendo aridez a tudo e, então, o capim do pasto fica seco. Além de ser ruim para o gado, há ainda o risco de fogo; se cair fogo numa pastagem, queima a linha inteira, porque ninguém consegue controlar, e para o meio ambiente isso é ruim. Estão falando que ao recuperar o solo com calcário e adubo o capim não fica tão seco e os riscos diminuem. Eu estou interessado nisso e também em saber como trabalhar melhor o manejo do rebanho na minha propriedade, que é pequena”, comentou.

O Secretário municipal de Agricultura de Nova Mamoré, Almir Rodrigues da Silva, destacou alguns pontos: “o Seminário Rural em Nova Dimensão vai trazer, sem dúvida, maior conhecimento para quem vive no campo. Quem explora outras culturas na propriedade e pretende diversificar a produção vai ganhar muita informação nova. O município de Nova Mamoré tem aproximadamente 10.000 km² e milhares de pequenas propriedades com gente plantando e colhendo toneladas e toneladas de polpa de maracujá, café, queijo, mandioca… Além disso, nossa produção diária de leite gira em torno de 110.000 litros e nosso rebanho bovino ultrapassa as 600.000 cabeças de gado. O bom de tudo isso é que se iniciou uma criação de peixes em grande escala e já estamos comercializando em outras praças. Outros começaram a mecanizar e plantar soja, milho e arroz, e através de eventos como esse que vai acontecer descobriram que a suinocultura é um bom negócio”, afirmou.

O Prefeito de Nova Mamoré, Claudionor Leme da Rocha vem se empenhando pessoalmente para o êxito do evento, fez parcerias com o Sebrae e considera importante ver o órgão cada vez mais presente nas ações municipais. “Nos dois anos que estive como agente de desenvolvimento, eu vivenciei e aprendi muita coisa nos cursos, oficinas, seminários, palestras e viagens que fiz, mas não quero isso só para mim. O conhecimento e a informação devem ser lançados a todos como sementes sobre a terra! As mudanças e inovações estão acontecendo em todo lugar, e as novas formas e tecnologias de produção, processamento e venda devem chegar a todos os rincões. Em nossas propriedades cabem mais de uma cultura, então por que ficar só no leite ou só na engorda do boi? Fazer uma represa e criar peixe, plantar mandioca e fazer farinha, plantar frutas e produzir polpa: uma propriedade pode mais do que se imagina, ela deve ser vista como uma empresa lucrativa e não só como aquele sítio na beira da estrada”, concluiu.

Na programação do evento, que se inicia em 18 de julho, acontecerão as palestras sobre integração lavoura-pecuária-floresta e pecuária leiteira. Após o almoço, os temas das palestras serão: fruticultura (maracujá) e manejo e recuperação de solo. Ainda no dia 18, duas oficinas serão realizadas: Controlar meu Dinheiro no Campo e Cooperativismo.

No dia 19, quinta-feira, os temas serão cultivo de cacau e pecuária leiteira no período da manhã e, à tarde, criação de aves e de suínos, além de ocorrer simultaneamente as oficinas Sei Controlar meu Dinheiro no Campo e Agroindústria.

Dia 20 de julho, o Seminário contará com palestras sobre cultivo de café e pecuária leiteira. Após o almoço os temas abordados serão piscicultura, comercialização e venda de produtos agrícolas e cooperativismo, além das oficinas Custos para Produzir no Campo e Controlar Meu Dinheiro no Campo.

Para mais informações sobre essa ou outras soluções do Sebrae, acesse o sebrae.ro ou envie mensagem via Whatsapp para o número (69) 98130-5656.








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Notícias do interior de Rondônia


Ji-Paraná: Dia de Cooperar beneficia Lar do Idoso
Colaboradores voluntários da Unimed Ji-Paraná visitaram, no último sábado (9), o Lar do Idoso Aurélio Bernardi, e realizaram ações como entrega de presentes e ofereceram lanches as 85 pessoas que moram no Lar....


Ji-Paraná: Unimed Ji-Paraná é Tricampeã da Copa Sesc
...


Vilhena recebe verba para construção de escolas
Já estão assegurados os recursos para a construção de duas novas escolas no município de Vilhena. A verba, de cerca de R$ 2 milhões, foi viabilizada pelo deputado federal Marcos Rogério (DEM-RO), por meio de convênio com o FNDE....


Ariquemes: Atividades do PROERD são retomadas nas Escolas Municipais
Na manhã desta segunda-feira (11) a Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania por meio do 7º Batalhão da Polícia Militar fez a retomada das atividades do Programa Educacional de Resistência ás Drogas e Violência ...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::