Rondônia, - 03:24
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - NACIONAL
nacional
Guardas atingidos em tiroteio após assalto passam por cirurgias e estão internados
Publicado Domingo, 16 de Julho de 2017, às 11:31 | Fonte Do G1 Rio Preto e Araçatuba 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=332803&codDep=30" data-text="Guardas atingidos em tiroteio após assalto passam por cirurgias e estão internados

  
 
 

 

Tássia é guarda municipal e foi atingida por tiros (Foto: Reprodução/TV TEM)

Tássia é guarda municipal e foi atingida por tiros (Foto: Reprodução/TV TEM)

 

 

 

 

 

Resultado de imagem para Guardas atingidos em tiroteio após assalto passam por cirurgias e estão internados

Guardas atingidos em tiroteio após assalto passam por cirurgias e estão internados

 

 

 

 

 

Os dois guardas municipais desarmados que foram baleados durante um tiroteio após um assalto a uma joalheria em São José do Rio Preto (SP) neste sábado (15) permanecem internados em hospitais da cidade.

De acordo com os hospitais, o estado de saúde dos dois é estável. Além das vítimas, um adolescente que passeava com o tio na hora dos tiroteios foi morto por uma bala perdida. Ele tinha 17 anos e morreu dentro de uma loja.

A guarda Tássia Tomada Dourado, que foi alvejada na barriga e teve os intestinos perfurados, está internada no Hospital de Base. Ela passou por cirurgia e foi levada para a UTI. A jovem está sedada e estável, mas inspira cuidados.

Já o outro guarda atingido é Cleiton José da Silva Gomes, que está internado na Santa Casa de Rio Preto.

Segundo a assessoria de imprensa do hospital, ele levou dois tiros: um de raspão no braço esquerdo e outro na perna esquerda. O guarda passou por cirurgia para remoção da bala e está no quarto, sedado e estável.

 

 

 

 

 

Cleiton é outro guarda atingido pelos tiros (Foto: Reprodução/TV TEM)

Cleiton é outro guarda atingido pelos tiros (Foto: Reprodução/TV TEM)

 

 

 

 

 

Câmeras de segurança flagraram a ação. Nas imagens dá para ver o momento em que um carro estaciona em frente à loja que foi assaltada. Três ladrões descem e o carro faz a volta e estaciona do outro lado da rua esperando.

Dentro da loja os assaltantes rendem as funcionárias e começa a pegar as joias, semijoias e relógios. Quando ficam sabendo do assalto, os dois guardas municipais se aproximam.

Eles descem da bicicleta e, neste momento, um dos criminosos que estava dentro do carro desce, atravessa a rua e atira contra os dois. O ladrão está com uma metralhadora.

A jovem é a primeira a ser atingida e logo depois o guarda, que também foi atingido, tenta pegar alguma coisa na bicicleta, mas acaba caindo. Os assaltantes de dentro da loja então saem. Um leva a sacola para o carro e outros dois saem atirando no sentido do Calçadão.

 

 

 

 

 

Tiroteio Rio preto (Foto: Reprodução)

Tiroteio Rio preto (Foto: Reprodução)

 

 

 

 

 

Um dos tiros desses ladrões acertou o adolescente de 17 anos, que acabou caindo dentro de uma loja e morrendo.

Os pais do adolescente foram para o Calçadão quando ficaram sabendo. A mãe ficou sentada inconsolável e o pai do menino e outros parentes também foram para o local.

Os guardas foram socorridos por outros companheiros de serviço até o Samu chegar. “Eles foram acionados porque vieram bandidos no carro preto, mas não perceberam que tinham mais gente armada dentro do carro, que vieram por trás deles e atirou”, afirma Sílvio Pedro, diretor da Guarda Municipal.

 

 

 

 

Resultado de imagem para Guardas atingidos em tiroteio após assalto passam por cirurgias e estão internados

Menor que morreu em tiroteio durante assalto a joalheria passeava com tio, diz polícia

 

 

 

 

 

Jovem era estudante

Pedro Henrique Bueno de Oliveira tinha 17 anos e era aluno da Escola Agrícola de Mirassol (SP). Segundo a família, o jovem estava no último ano e pretendia prestar vestibular para agronomia ou veterinária.

O estudante estava no Calçadão de Rio Preto com o tio e a tia quando foi atingido por uma bala perdida. Ele estava a um quarteirão da loja assaltada.

Durante a tarde, a sensação era de indignação no Calçadão. A babá Ana Jussara disse que escapou por pouco do tiroteio.

 

 

 

“Eu ia na loja era umas 9 horas, mas aconteceu um imprevisto que eu cheguei mais tarde. Foi quando Deus me livrou. Por pouco eu não presenciei”, afirma.

 

 

 

A rua foi liberada pela perícia por volta das 13h e os funcionários da prefeitura limparam todo o rastro de violência.

 

 

 

 

 

Pedro estava passeando no centro e acabou morrendo  (Foto: Reprodução/TV TEM)

Pedro estava passeando no centro e acabou morrendo (Foto: Reprodução/TV TEM)

 

 

 

 

 

Investigação

A polícia faz buscas para tentar encontrar a quadrilha que provocou o tiroteio. De acordo com a polícia, são pelo menos cinco suspeitos, sendo que três estavam dentro da joalheria e outros dois do lado de fora, para ajudar a fuga.

Um dos ladrões que estava do lado de fora foi quem começou os disparos. Durante a tarde deste sábado, dois homens foram detidos suspeitos de cometerem o crime. Eles foram ouvidos pelo delegado, negaram a participação no crime e foram liberados.

Segundo as primeiras informações da Guarda Municipal, nenhum dos guardas estava armado. Mas no começo da noite deste sábado, a Guarda Municipal entregou um revólver no plantão policial que seria do guarda Cleiton José da Silva Gomes. A arma vai passar por perícia.

 

 

 

 

 

Tiroteio Rio preto (Foto: Reprodução)

Tiroteio Rio preto (Foto: Reprodução)

 

 

 

 

Ladrão que atirou contra os guardas em Rio Preto  (Foto: Reprodução)

Ladrão que atirou contra os guardas em Rio Preto (Foto: Reprodução)

 

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em NACIONAL


Centro cultural em Manaus vai abrigar nova base da Polícia Militar
...


Cantor amapaense Alan Gomes homenageia Djavan em show especial
...


Um ano após STF impedir veto a tatuagem, Marinha, bombeiros e polícias militares barram tatuados
...


Mutirão retira lixo e entulho acumulados nas margens do rio Amazonas, na orla de Macapá
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::