Rondônia, - 01:04
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - NACIONAL
nacional
Centenas de servidores públicos do RJ enfrentam fila para receber comida
Publicado Sábado, 15 de Julho de 2017, às 18:53 | Fonte Jornal Hoje 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=332771&codDep=30" data-text="Centenas de servidores públicos do RJ enfrentam fila para receber comida

  
 
 

 

Resultado de imagem para Centenas de servidores públicos do RJ enfrentam fila para receber comida

 

 

 

 

 

Centenas de servidores públicos do Rio de Janeiro entraram em uma enorme fila para receber comida. É isso mesmo! Eles enfrentam dificuldades por causa do atraso no pagamento dos salários pelo estado, que encara uma grave crise financeira.

Os servidores chegam com a esperança de conseguir levar comida para casa.

"Ninguém aqui está querendo um prêmio, está querendo um carro... é comida que queremos", diz uma senhora aposentada.

O contracheque do servidor do estado retrata o drama de quem depende do governo do Rio: salários atrasados e dívidas que só crescem.

Os primeiros da fila sequer dormiram. São servidores que foram direto do trabalho para garantir um lugar. “Vim direto do plantão. Chegamos aqui 3:40 e esse esforço todo é por necessidade, né?”

Cerca de 550 cestas seriam distribuídas. Quem enfrentou horas de fila recebeu arroz, feijão, café, macarrão, produtos que foram doados pela própria população do Rio e por servidores que estão com os salários em dia.

“Eu estou com o meu salário em dia, porém os nossos colegas aposentados, pensionistas, estão todos passando fome. Esta é a grande realidade”, diz Jussara Mero, aposentada do Tribunal de Justiça.

A iniciativa de ajudar os funcionários públicos é do Movimento Unificado dos Servidores Estaduais.

Em pleno mês de julho, mais de 200 mil servidores do estado ainda não receberam todo o salário de maio. Na sexta-feira (14), o governo depositou só a primeira parcela, de R$ 550, mas ninguém sabe quando vai receber o restante.

Na hora de ir embora, os servidores saíram com suas sacolas. Para eles, o peso da cesta básica é uma espécie de alívio para quem não sabe quando vai ter comida em casa novamente.

“Eu me sinto super humilhado pelo governo do estado. Nunca pensei em passar por esta situação”, diz Arlindo da Silva, aposentado da Secretaria de Cultura.

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em NACIONAL


Bel Coelho, vítima de assédio: ‘Medo, culpa e nojo’
...


Homem ferido durante explosão em posto no RJ permanece em estado grave
...


Polícia desarticula esquema de venda ilegal de ingressos para a Rio-2016
...


Brasileiros pagaram R$ 13 bilhões de bandeira tarifária em 2015
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::