Rondônia, - 21:09
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Economia
75 anos do banco da amazônia
Inaugurado durante a 2ª Guerra Mundial; Banco da Amazônia comemora 75 anos de história
O seu inicio se dá durante a 2ª Guerra Mundial, após o Decreto-Lei nº 4451, de 9 de julho de 1942, assinado pelo então presidente do Brasil, Getúlio Vargas.
Publicado Segunda-Feira, 10 de Julho de 2017, às 18:39 | Fonte da Redação 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=332453&codDep=20" data-text="Inaugurado durante a 2ª Guerra Mundial; Banco da Amazônia comemora 75 anos de história

  
 
 

Basa em 2008

Assessoria Basa

Principal agente de fomento do Governo Federal na região, o Banco da Amazônia, comemorou 75 anos no dia 9 de julho. Os resultados alcançados ao longo da história reafirmam a importância da Instituição para o desenvolvimento da economia dos nove Estados onde atua na Amazônia Legal. Em comemoração o Banco passará​ por profundas mudanças para sua modernização e adoção de um novo modelo de concessão de crédito.

O BANCO​

​ ​O seu inicio se dá durante a 2ª Guerra Mundial, após o Decreto-Lei nº 4451, de 9 de julho de 1942, assinado pelo então presidente do Brasil, Getúlio Vargas. Surgi então o Banco de Crédito da Borracha, que inicialmente tinha como objetivo reativar a atividade seringueira, garantindo assim o suprimento de borracha aos países aliados durante a Guerra, pondo então em prática o convênio celebrado em Washington (EUA), entre o Brasil e os Estados Unidos.

​ ​Porém, após a Segunda Guerra Mundial, a borracha oriental superou as vendas da borracha nativa da Amazônia no mercado mundial, pelo fato de ser mais barata e atrativa, o que fez então o governo brasileiro mudar os rumos da instituição, criando o Banco de Crédito da Amazônia (BCA), por meio da Lei nº 1184 de 30 de agosto de 1950. Naquele momento, desafio era ocupar a Amazônia e gerar desenvolvimento, atuando em várias frentes.

A partir de 1966, o Banco passa a assumir o papel de agente financeiro da política do Governo Federal para o desenvolvimento da Amazônia Legal, já com o nome de Banco da Amazônia. Hoje ocupa a posição de principal agente financeiro de desenvolvimento da região, respondendo por mais de 63% do crédito de fomento regional, atendendo aos vários segmentos: ribeirinhos, agricultores familiares, micros, pequenos, médios e grandes negócios.

EM RONDÔ​NIA

A primeira instalação do Banco aqui no Estado ocorreu na década de 1940 na cidade de Guajará-Mirim (em tupi-guarani "Cachoeira Pequena"), na época a região se dedicava ao extrativismo da goma elástica, data que ficou conhecida como “Ciclo da Borracha”. Nessa mesma década, é inaugurada a segunda agência, desta vez na atual capital, Porto Velho, situada nas margens direita do rio Madeira.

Hoje a instituição possui 14 agências distribuídas pelas principais cidades de Rondônia, participando assim no desenvolvimento econômico e valorizando a cultural do Estado.

INVESTIMENTO

Nos últimos cinco anos, foram investidos cerca de R$ 23 bilhões, em toda a região amazônica. Somente em Rondônia, as contratações de crédito de fomento nos últimos cinco anos, fecharam em R$ 5 bilhões. No último ano (2016), o Banco contratou R$ 692 milhões, sendo que deste total, R$ 550 milhões foram para operações rurais e R$ 143 milhões, para não-rurais .Esses investimentos incentivam projetos de créditos de vários setores e tamanhos, desde a agricultura familiar a grandes iniciativas de infraestrutura regional. O Banco também investiu mais de R$ 7 milhões em patrocínios culturais, esportivos, educacionais e projetos que valorizam a cultura da Amazônia e contribuem para divulgar e lançar artistas no cenário regional e nacional.

Estima-se que os impactos sociais realizados com financiamentos do FNO, concedidos nos últimos cinco anos, já incrementaram em R$ 168,4 bilhões o valor bruto da produção regional (VBP), aumentaram em cerca de R$ 87,4 bilhões o PIB regional, criaram mais de 2 milhões de novos postos de trabalho no campo e nas cidades, gerando um volume de salários de aproximadamente R$ 17,8 bilhões e crescendo a arrecadação de tributos na ordem de R$ 25,4 bilhões.

MODERNIZAÇÃO

 

O Banco da Amazônia está adotando um novo modelo de concessão de crédito por meio das Centrais de Crédito que darão mais uniformidade e celeridade às demandas dos nossos clientes. A intenção é ganhar eficiência e qualidade. Esse processo de mudança exige grande modernização tecnológica para atender ao mercado com respostas ágeis, sem fragilizar a segurança, os controles e os níveis de Governança Corporativa da Instituição. Com o novo modelo as agências terão 70% do seu pessoal voltados ao atendimento mais especializado aos clientes, pois acreditamos que, para se firmar no mercado, devemos ter respostas tempestivas aos pleitos e mais eficiência operacional, em 2018 teremos uma central de cadastro e em médio prazo centrais segmentadas.

Como se vê, o Banco movimenta todos os setores da economia e fortalece o desenvolvimento regional em bases sustentáveis, confirmando sua postura de agente transformador da sociedade amazônica, promovendo melhoria de qualidade de vida do povo desta região e valorizando sua biodiversidade.​​​

 

Fotos:

 

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Economia


Banco da Amazônia recebe nota máxima em Indicador de Governança do Ministério do Planejamento
o desempenho da qualidade de governança das empresas estatais federais. O Banco atingiu a nota máxima – o Nível 1 – nesta certificação, ficou classificado em 6º lugar entre as 48 empresas avaliadas e foi o 3º no segmento bancário....


Procon de Rondônia recomenda máximo cuidado com fraude eletrônica, venda enganosa e Black Friday
A poucos dias do Black Friday, ele alertou para o período natalino, quando são altas a demanda de consumidores e a expectativa de vendas dos lojistas....


Agentes de desenvolvimento de Rondônia visitam projetos de sucesso no noroeste mineiro
Entre os dias 6 e 10 de novembro, uma equipe de Agentes de Desenvolvimento (ADs), de municípios do Vale do Jamari, visitaram quatro cidades do noroeste de Minas Gerais. A caravana foi coordenada pelo Projeto de Desenvolvimento Econômico e Territori...


Empresárias recebem premiação de Mulheres de Negócios
Durante o primeiro dia da Feira do Empreendedor, realizada no Porto Velho Shopping, de 8 a 12 de novembro, foram premiadas três empresas cujas proprietárias são mulheres empreendedoras. Em terceiro lugar destacou-se a empresa Inksoft, representada ...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::