Rondônia, - 20:30
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - NACIONAL
nacional
Após prisão de 'musa do crime', Maria do Pó passa a ser a mais procurada de SP
Publicado Sábado, 8 de Julho de 2017, às 10:12 | Fonte Do G1, em São Paulo 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=332404&codDep=30" data-text="Após prisão de 'musa do crime', Maria do Pó passa a ser a mais procurada de SP

  
 
 

 

Com a prisão de Luana Don, à esquerda, Maria do Pó, a direita passou a ser a mais procurada no site da Polícia Civil; ela também se tornou a única mulher na lista dos 28 mais procurados em SP (Foto: Reprodução/Polícia Civil de SP)

Com a prisão de Luana Don, à esquerda, Maria do Pó, a direita passou a ser a mais procurada no site da Polícia Civil; ela também se tornou a única mulher na lista dos 28 mais procurados em SP (Foto: Reprodução/Polícia Civil de SP)

 

 

 

 

 

 

Após a prisão da jornalista e advogada Luana de Almeida Domingos, a Luana Don, nesta semana, a traficante de drogas Sonia Aparecia Rossi, a Maria do Pó, passou a ser a mulher mais procurada pela polícia de São Paulo.

Até terça-feira (4) as duas apareciam no site de procurados da Justiça no site da Polícia Civil estadual. Mas com a prisão da repórter Luana Don, sob a acusação de envolvimento com uma facção criminosa, Maria do Pó se tornou a única mulher na lista dos 28 criminosos mais procurados no estado.

Luana Don, que também está sendo chama de "musa do crime" por policiais porque teria envolvimento com o Primeiro Comando da Capital (PCC), é acusada de participar da organização criminosa.

Segundo o Ministério Público (MP), a mulher de 32 anos repassaria informações sobre tráfico de drogas e até planos de ataques a agentes de segurança para presos e membros da facção que estão nas ruas.

 

 

 

 

Luana Don foi presa em Ilha Bela, SP (Foto: Reprodução)

Luana Don foi presa em Ilha Bela, SP (Foto: Reprodução)

 

 

 

 

Luana Don

Foragida desde novembro de 2016, quando a Justiça decretou a prisão preventiva dela na Operação Ethos, Luana foi presa na última terça numa ação conjunta da polícia de São Paulo com a do Rio em Ilhabela, litoral paulista. Na quinta-feira (6), ela foi transferida para a Penitenciária Feminina de Tupi Paulista, interior do estado.

Como a captura de Luana feita pela polícia, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou que não houve pagamento de recompensa para quem desse informações que levassem até a repórter. O valor seria de R$ 1 mil.

 

 

 

 

 

Repórter, segundo investigações, passava informações para facção criminosa de São Paulo (Foto: Reprodução/Facebook)

Repórter, segundo investigações, passava informações para facção criminosa de São Paulo (Foto: Reprodução/Facebook)

 

 

 

 

 

Foi de uma penitenciária que Maria do Pó fugiu em março de 2006, quando deixou a unidade feminina de Sant´Ana, no Carandiru, Zona Norte de São Paulo. Já são 11 anos que a criminosa mais influente e perigosa do estado está foragida. Segundo o site da polícia, é oferecida a quantia de R$ 5 mil de recompensa por informações que levem a sua prisão.

Segundo policiais, Maria do Pó, atualmente com 56 anos, continuaria traficando, mantendo contato, inclusive, com a facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios paulistas.

 

 

 

 

 

Maria do Pó é a única mulher na lista de mais procurados da polícia (Foto: Reprodução/Polícia Civil de SP)

Maria do Pó é a única mulher na lista de mais procurados da polícia (Foto: Reprodução/Polícia Civil de SP)

 

 

 

 

 

Maria do Pó

Condenada a 54 anos e oito meses de prisão, em regime fechado, por tráfico de drogas, Maria do Pó ficou famosa na crônica policial em 1999, quando acabou envolvida no desaparecimento de 340 quilos de cocaína do Instituto Médico-Legal (IML) de Campinas, no interior do estado. O furto da droga, avaliada em R$ 400 mil, ocorreu no dia 26 de janeiro daquele ano, seis dias após a apreensão da cocaína em uma chácara em Indaiatuba, município da região.

A droga estava sob a responsabilidade de policiais. A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Narcotráfico chegou a apurar se Maria do Pó pagou propina a policiais para eles liberarem a cocaína.

Apesar de seu paradeiro continuar desconhecido, policiais civis ouvidos pela reportagem disseram que ela teria ligação com a facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios paulistas. Ela ainda estaria comandando o tráfico de entorpecentes em algumas favelas.

Os agentes disseram que Maria do Pó é o "Marcola de saias", uma alusão a Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola, preso apontado como uma das lideranças da facção.

O G1 não conseguiu localizar os advogados de Luana e de Maria do Pó para comentarem o assunto.

Denúncias sobre paradeiros de criminosos podem ser feitas anonimamente pelo Disque-Denúncia, pelo número 181.

 

 

 

 

Maria do Pó é a única mulher na lista de criminosos mais procurados de SP (Foto: Reprodução/Polícia Civil SP)

Maria do Pó é a única mulher na lista de criminosos mais procurados de SP (Foto: Reprodução/Polícia Civil SP)

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em NACIONAL


Centro cultural em Manaus vai abrigar nova base da Polícia Militar
...


Cantor amapaense Alan Gomes homenageia Djavan em show especial
...


Mutirão retira lixo e entulho acumulados nas margens do rio Amazonas, na orla de Macapá
...


‘Liberdade Religiosa’, diz sabatista no Acre que vai fazer prova do Enem domingo (12)
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::