Rondônia, - 21:40
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - POLÍTICA
Política
Aécio se mantém como 'presidente licenciado' do PSDB
Publicado Quarta-Feira, 5 de Julho de 2017, às 12:01 | Fonte Diário de Pernambuco 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=332206&codDep=19" data-text="Aécio se mantém como 'presidente licenciado' do PSDB

  
 
 

 

Em conversas reservadas, deputados dizem que a presença de Aécio como presidente licenciado traz todos os holofotes para o PSDB. Foto: Andressa Anholete/AFP

Em conversas reservadas, deputados dizem que a presença de Aécio como presidente licenciado traz todos os holofotes para o PSDB. Foto: Andressa Anholete/AFP

 

 

 

 

 

 

O retorno ao Senado após 46 dias de afastamento das funções parlamentares, o senador Aécio Neves (MG) avisou aos correligionários do PSDB que não pretende, pelo menos por enquanto, retomar a presidência efetiva da legenda, mas continuará como "presidente licenciado".

 

Pelo estatuto tucano, ele teria a prerrogativa de reassumir o cargo, mas optou por deixar o senador Tasso Jereissati (CE) no comando. Apesar da decisão, Aécio, Tasso e o senador José Serra (SP) se colocaram contra a proposta de aliados do governador Geraldo Alckmin de antecipar a convenção nacional do PSDB de maio de 2018 para o segundo semestre.

 

A antecipação da renovação da direção partidária também é defendida pelos "cabeças pretas", ala do PSDB da Câmara que prega o rompimento com o presidente Michel Temer, e por setores do partido que atuam nos movimentos sociais, como a J-PSDB (Juventude Tucana).

 

Em conversas reservadas, deputados dizem que a presença de Aécio como presidente licenciado traz todos os holofotes para o PSDB. Os "cabeças pretas" avisaram que, se o senador não fizer "um gesto de grandeza" de renunciar, o grupo vai começar a pressioná-lo publicamente.

 

Em reunião na semana passada com senadores e deputados, Serra expôs esse raciocínio. A solução que se constrói nos bastidores da sigla é deixar do jeito que está. Ou seja: adiar ao máximo a próxima reunião da Executiva e deixar Tasso no comando de forma interina, enquanto Aécio fica por prazo indeterminado como presidente licenciado.

 

Os caciques também não querem dar holofote aos "rebeldes". O principal obstáculo à proposta de manter a cúpula tucana, entretanto, é Alckmin. Mas até ele dá sinais de que pode aceitar a ideia. O prefeito João Doria, aliado do governador, se posicionou contra antecipar a eleição. "Tasso pode ser efetivado mas só para cumprir o final deste mandato, até maio de 2018, quando o PSDB deve convocar eleição para o Diretório Nacional", disse à reportagem.

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em POLÍTICA


MPF diz que Vaccari e Duque lavaram dinheiro 24 vezes
...


Revelação de 'plano maquiavélico para impeachment' abala credibilidade de governo, diz 'Guardian'
...


Cunha quer que PMDB decida sobre saída do governo
...


Empresariado não espera pela votação e já se mexe para emplacar propostas
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::