Rondônia, - 19:40
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Agronegocios / Pecuária
o agronegócio e a ameaça ao paraíso
São Félix do Araguaia/MT: o agronegócio e a ameaça ao paraíso
Hoje vamos ao Mato Grosso, a São Félix do Araguaia. Localizada a 1.200 km da capital, Cuiabá, são necessárias por terra, 15 horas de viagem desde Goiânia, ou pelo ar, três horas de Brasília, mas o voo é caro.
Publicado Quarta-Feira, 14 de Junho de 2017, às 21:00 | Fonte Rádio Vaticano 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=331039&codDep=50" data-text="São Félix do Araguaia/MT: o agronegócio e a ameaça ao paraíso

  
 
 

Hoje vamos ao Mato Grosso, a São Félix do Araguaia. Localizada a 1.200 km da capital, Cuiabá, são necessárias por terra, 15 horas de viagem desde Goiânia, ou pelo ar, três horas de Brasília, mas o voo é caro. Banhada pelo rio Araguaia, a paisagem abastece de verde os olhos de quem chega. São Félix é lugar de povos indígenas que tomam banho no rio, é lugar de água, de praias de água doce, animais e árvores frondosas, mas infelizmente, de agronegócio também.

Em meio a três ecossistemas nativos, Floresta Amazônica, Cerrado e Pantanal, surgem os alqueires de soja e milho, cada vez mais... Hoje, os plantios chegam até Vila Rica, na divisa com o estado do Pará, impactando a população. O nosso hóspede, Dom Adriano Ciocca, é o bispo da Prelazia de São Félix. Ouça aqui:

 

“De um lado, isto trouxe melhores condições, por exemplo, das estradas, que têm necessidade de escoar milhões de toneladas de soja e de milho.Assim, a infraestrutura das estradas foi mais cuidada. Por outro lado, a pressão em cima dos pequenos proprietários aumentou muito porque o preço da terra subiu muito. Cinco anos atrás, um alqueirão (quase cinco hectares) valia 11, ou 12 mil reais. No final de 2016, um alqueirão agricultável valia entre 60 e 70 mil reais”.

Segundo Dom Adriano, esta situação, aliada ao pouco incentivo que o governo oferece à agricultura familiar, ameaça a sobrevivência dos pequenos produtores no mercado.

“Uma família que tem 8, 10 alqueires quando recebe uma oferta de 500, 600 ou até 700 mil reais tudo de uma vez, é uma tentação que é praticamente impossível resistir. Esta pressão é muito forte e ajuda o despovoamento da área rural e a concentração de terras em mãos de grandes grupos, grandes fazendas”.

A Igreja, com uma equipe da CPT, acompanha as atividades produtivas, aperfeiçoando a produção e propiciando assim um retorno econômico que justifique a permanência destas famílias em suas terras.

“Estamos tentando também acompanhar alguns sindicatos de trabalhadores rurais e associações para ver se conseguimos recompor o tecido de organização da sociedade civil, que está extremamente fragilizado na região. Os pequenos, se não têm uma organização forte, não têm como pensar e enfrentar as problemáticas que estão aparecendo. Este é outro trabalho que está sendo feito. Estamos também tentando acompanhar os casos de violência no campo, de trabalho escravo... infelizmente ainda surgem denúncias neste campo”. 

(SP/CM)





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Agronegocios / Pecuária


Produção de peixe em Rondônia é expandida com apoio do governo na organização do sistema produtivo e comercialização
Para desenvolver a cadeia produtiva da aquicultura e pesca o governo do estado focou em 2017 nas ações de organização do sistema produtivo......


Viveiro Cidadão firma novas parcerias
A parceria visa atender os agricultores familiares que queiram recuperar as APP's e/ou Reservas Legais nas propriedades rurais que estejam dentro dos oito municípios ...


Convênio assinado em Ouro Preto do Oeste assegura execução do programa Título Já para mais de 2 mil famílias
De acordo com o convênio, no valor de R$ 110 mil, a meta é regularizar 2.200 lotes urbanos no município, atendendo famílias cuja renda não seja superior a cinco salários mínimos....


Se passar, MP do Funrural ajudará grandes frigoríficos; BR tem que fazer ''lição de casa'' para Hong Kong, diz Abrafrigo
O pagamento de dívidas do Funrural com créditos fiscais da exportação distorceria o mercado, já que os médios e pequenos, na maioria não exportadores...

 

::: Publicidade :::

a



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE