Rondônia, - 21:38
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Agronegocios / Pecuária
o agronegócio e a ameaça ao paraíso
São Félix do Araguaia/MT: o agronegócio e a ameaça ao paraíso
Hoje vamos ao Mato Grosso, a São Félix do Araguaia. Localizada a 1.200 km da capital, Cuiabá, são necessárias por terra, 15 horas de viagem desde Goiânia, ou pelo ar, três horas de Brasília, mas o voo é caro.
Publicado Quarta-Feira, 14 de Junho de 2017, às 21:00 | Fonte Rádio Vaticano 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=331039&codDep=50" data-text="São Félix do Araguaia/MT: o agronegócio e a ameaça ao paraíso

  
 
 

Hoje vamos ao Mato Grosso, a São Félix do Araguaia. Localizada a 1.200 km da capital, Cuiabá, são necessárias por terra, 15 horas de viagem desde Goiânia, ou pelo ar, três horas de Brasília, mas o voo é caro. Banhada pelo rio Araguaia, a paisagem abastece de verde os olhos de quem chega. São Félix é lugar de povos indígenas que tomam banho no rio, é lugar de água, de praias de água doce, animais e árvores frondosas, mas infelizmente, de agronegócio também.

Em meio a três ecossistemas nativos, Floresta Amazônica, Cerrado e Pantanal, surgem os alqueires de soja e milho, cada vez mais... Hoje, os plantios chegam até Vila Rica, na divisa com o estado do Pará, impactando a população. O nosso hóspede, Dom Adriano Ciocca, é o bispo da Prelazia de São Félix. Ouça aqui:

 

“De um lado, isto trouxe melhores condições, por exemplo, das estradas, que têm necessidade de escoar milhões de toneladas de soja e de milho.Assim, a infraestrutura das estradas foi mais cuidada. Por outro lado, a pressão em cima dos pequenos proprietários aumentou muito porque o preço da terra subiu muito. Cinco anos atrás, um alqueirão (quase cinco hectares) valia 11, ou 12 mil reais. No final de 2016, um alqueirão agricultável valia entre 60 e 70 mil reais”.

Segundo Dom Adriano, esta situação, aliada ao pouco incentivo que o governo oferece à agricultura familiar, ameaça a sobrevivência dos pequenos produtores no mercado.

“Uma família que tem 8, 10 alqueires quando recebe uma oferta de 500, 600 ou até 700 mil reais tudo de uma vez, é uma tentação que é praticamente impossível resistir. Esta pressão é muito forte e ajuda o despovoamento da área rural e a concentração de terras em mãos de grandes grupos, grandes fazendas”.

A Igreja, com uma equipe da CPT, acompanha as atividades produtivas, aperfeiçoando a produção e propiciando assim um retorno econômico que justifique a permanência destas famílias em suas terras.

“Estamos tentando também acompanhar alguns sindicatos de trabalhadores rurais e associações para ver se conseguimos recompor o tecido de organização da sociedade civil, que está extremamente fragilizado na região. Os pequenos, se não têm uma organização forte, não têm como pensar e enfrentar as problemáticas que estão aparecendo. Este é outro trabalho que está sendo feito. Estamos também tentando acompanhar os casos de violência no campo, de trabalho escravo... infelizmente ainda surgem denúncias neste campo”. 

(SP/CM)





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Agronegocios / Pecuária


Rondônia mais que dobrou produção de café nos últimos cinco anos
Do início de 2013 até meados de 2017 a produtividade dos cafezais de Rondônia mais que dobrou, mesmo com a diminuição da área plantada, graças à adoção de mudas clonais, irrigação, colheita tecnificada´......


CHAPA ABCZ UNIDA: A voz do Brasil ressoante no exterior
“Quem cala consente”, diz o velho ditado popular. E é nos momentos de crise que a inércia da conduta mostra as fragilidades do Brasil ao se comunicar com o restante do mundo, quando o assunto é o agronegócio. É para reverter esta realidade que uma ...


Idaron muda horário de atendimento ao público durante campanhas de vacinação
...


Rondônia busca autossuficiência na produção de calcário com investimentos da ordem de R$ 22 milhões
O conjunto móvel de britagem Bercam CBM 920/900, é montado em um chassi de carreta, tendo capacidade de processamento de até duas mil toneladas de calcário por dia....

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::