Rondônia, - 22:46
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Artigos
Sinais do Espírito na vida do povo!
Sinais do Espírito na vida do povo! Por Dom Moacyr Grechi
Hoje celebramos a Solenidade de Pentecostes, a Festa da Igreja, a Festa da união na diversidade!
Publicado Domingo, 4 de Junho de 2017, às 18:19 | Fonte Dom Frei Moacyr Grechi 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=330426&codDep=33" data-text="Sinais do Espírito na vida do povo! Por Dom Moacyr Grechi

  
 
 

Junho, mês do Sagrado Coração de Jesus, padroeiro da Catedral; dos migrantes, das festas juninas, dos namorados. Neste mês, celebramos os santos populares: Antônio, João e Pedro, que ocupam lugar de destaque e de profunda devoção nas nossas comunidades.

Junto ao Coração de Cristo, o coração humano aprende a conhecer o autêntico e único sentido da vida e de seu próprio destino, a compreender o valor de uma vida autenticamente cristã, a permanecer afastado de certas perversões do coração, a unir o amor filial a Deus ao amor ao próximo. Deste modo, sobre as ruínas acumuladas pelo ódio e a violência poderá edificar-se a civilização do Coração de Cristo (João Paulo II, Insegnamenti/V.IX/2).

Hoje celebramos a Solenidade de Pentecostes, a Festa da Igreja, a Festa da união na diversidade!

Celebramos os sinais do Espírito na vida do povo: das comunidades indígenas e quilombolas que resistem e são sacrificadas na luta pelo reconhecimento e devolução de suas terras “invadidas pelo agronegócio”; sinais na vida das comunidades migrantes, rurais e ribeirinhas que são expulsas de seu pedacinho de chão, que celebram sua fé juntamente com as comunidades das periferias, dos Sem Terra e sem Teto, na busca pelo “trabalho, teto e terra”, para sobreviverem junto as suas famílias.

Celebramos os sinais de Pentecostes na vida das famílias que foram vítimas na tragédia em Pau d’Arco e unimos nossa voz à Igreja local e ao povo das comunidades pedindo “um novo despertar da consciência para que a paz social possa voltar a se alicerçar sobre uma autêntica justiça” (dom Dominique). 

Pentecostes, além de marcar o nascimento da Igreja e a sua manifestação pública, é a festa da libertação pascal, “libertação que alcança a nossa vida cotidiana com as suas fadigas, as suas quedas, o mal que as aprisiona” (E.Bianchi). Vinde, Pai dos Pobres, em nossas dores e aflições!

O Senhor está no meio de nós! Não estamos sozinhos. Aqui onde estamos aqui se encontra Deus. Cremos que o Espírito Santo é a ação de Deus hoje e dentro da nossa história.

Hoje, o mundo é renovado conforme a obra de Cristo, que nós, no seu Espírito, levamos adiante. Nesse sentido, é a festa da Igreja que nasceu do lado aberto do Salvador e manifestou sua missão no dia de Pentecostes. O Espírito do Senhor exaltado é o laço do amor divino que nos une, que transforma o mundo em nova criação sem mancha nem pecado, na qual todos entendem a voz de Deus (Konings).

Na liturgia, através da leitura dos Atos dos Apóstolos, aparecem os mesmos sinais do vento e do fogo e se inaugura um novo tempo: o tempo da Igreja. As pessoas de diversas nacionalidades são um sinal da união entre os povos: é o Espírito Santo Comunicador que concede o poder de unir todos os presentes e toda a humanidade, em uma mesma linguagem, compreendida por todos e que alcança a todos. Hoje somos chamados a sair e anunciar as maravilhas do Senhor e denunciar as realidades de morte, nas quais o amor não está contemplado (At 2,1-11).

Paulo Apóstolo confirma: o Espírito Santo é o dom do Pai e de Jesus para a humanidade. Recebendo o Espírito de Jesus Ressuscitado, recebemos a mesma missão do Filho, e vivenciamos os dons recebidos em vista do bem comum. O Espírito forma uma só família no amor, a família do povo de Deus (1Cor 12,3b-7.12-13).
No Evangelho de João, Jesus aparece aos seus, identifica-se pelas marcas de sua paixão e morte e comunica-lhes a sua paz, que prometera. O medo impede o anúncio e o testemunho. Jesus liberta do medo, mostrando que o amor doado até à morte é sinal de vitória e alegria (BP).

Depois, convoca seus seguidores para a missão no meio do mundo, infunde neles o Espírito da vida nova e mostra-lhes o objetivo da missão: continuar a atividade dele, provocando o julgamento (Jo 20,19-30).

Junto ao Coração de Jesus, acolhamos Deus no nosso interior; não coloquemos Deus sempre longe e fora de nós; aprendamos a escutá-lo no silêncio do coração, pois “esta experiência interior de Deus, real e concreta, pode transformar a nossa fé” (Pagola).

 

FESTA DE PENTECOSTES EM PORTO VELHO

A Festa de Pentecostes reúne hoje as paroquias e comunidades eclesiais de Porto Velho no Campo da 17ª Brigada, a partir das 15h30. Movimentos, Pastorais, Paroquias, Comunidades e Grupos de Reflexão, Catequistas e catequizandos, Jovens crismados e crismandos, crianças e famílias, chegarão em caravanas organizadas, a pé, ônibus ou carro, com as bandeirinhas e velas coloridas, com faixas, cartazes e estandartes para a Festa Missionária da Igreja.

Também são convidados os fiéis e cristãos de diversas denominações que participam conosco da Semana de Oração pela Unidade dos cristãos.

“Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e renovai a face da terra” cantaremos, fortalecendo a comunhão da família cristã de Porto Velho.








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Artigos


75 ANOS DE AMOR E LUTA PELA AMAZÔNIA
Falar em poucas linhas sobre 75 anos de trajetória de uma empresa do porte e importância do Banco da Amazônia não é tarefa fácil, mas o compromisso e a dedicação de todos os seus colaboradores e a sua grande contribuição para a região inspiraram-me...


No Brasil, o assalariado paga IR sobre a inflação
Recentemente, correu a notícia de que o Governo Federal estaria cogitando o aumento no limite de isenção do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), que foi sujeita a sucessivos...


O Suicídio
Com caráter epidêmico, o suicídio alcança índices surpreendentes na estatística dos óbitos terrestres, havendo ultrapassado o número daqueles que desencarnam vitimados pela AIDS....


Um mundo de fumantes
O mundo tem quase 1 bilhão de fumantes. O cigarro é a principal causa de morte precoce em mais de cem países....

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
350x90
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE