Rondônia, - 12:37
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - NACIONAL
nacional
Grupo faz protesto em frente à loja Marisa após campanha com ex-mulher de Lula
Publicado Segunda-Feira, 15 de Maio de 2017, às 09:51 | Fonte Último Segundo 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=328790&codDep=30" data-text="Grupo faz protesto em frente à loja Marisa após campanha com ex-mulher de Lula

  
 
 

 

Com cartazes e mensagens de boicote, grupo fez protesto em frente à unidade da loja Marisa em São Bernardo do Campo

Reprodução/Twitter - @analuciabebiano - Com cartazes e mensagens de boicote, grupo fez protesto em frente à unidade da loja Marisa em São Bernardo do Campo

 

 

 

 

 

Um grupo formado majoritariamente por mulheres realizou protesto neste sábado (13) em frente a uma unidade da loja Marisa em São Bernardo do Campo, cidade do ABC Paulista. 

O ato que reuniu algumas dezenas de manifestantes na rua Marechal Deodoro, na região central do município, foi motivado pela campanha para o Dia das Mães promovida pela rede varejista , na qual a empresa fazia menção à Dona Marisa Letícia, ex-mulher de Luiz Inácio Lula da Silva que morreu no início de fevereiro.

Os manifestantes, simpáticos ao ex-presidente, ergueram cartazes sugerindo um boicote à loja, acusada de desrespeitar a memória da ex-primeira-dama. A proposta de boicotar a empresa surgiu nas redes sociais nessa sexta-feira (12), logo após a loja divulgar a publicidade que fazia alusão ao depoimento de Lula ao juiz federal Sérgio Moro. 

Na campanha divulgada nas redes sociais, a empresa fez referência às declarações nas quais Lula atribuiu fatos ligados ao tríplex no Guarujá à sua ex-mulher com o texto "Se sua mãe ficar sem presente, a culpa não é da Marisa".

Embora parte do público da loja tenha elogiado a ideia da empresa, outra boa parcela dos internautas achou a campanha desrespeitosa.

Procurada pela reportagem, a Polícia Militar informou que não foi acionada para acompanhar o protesto em São Bernardo do Campo, cidade onde a ex-primeira-dama morava.

Veja

Também foi motivo de revolta na internet a  capa da edição desta semana da revista Veja , que traz um retrato da ex-mulher de Lula acompanhada da chamada "A morte dupla".

A ex-presidente Dilma Rousseff foi uma das que manifestaram indignação frente à publicação. Por meio de nota, Dilma acusou a revista de promover um "ataque covarde" à memória de Marisa Letícia.

"Não foi suficiente a devassa sofrida em seu lar, vasculhado por policiais, na vida privada invadida, na pressão sobre filhos e netos. Não bastaram os grampos injustificados e as acusações sem provas que corroeram sua saúde. A revista Veja desta semana julga ser necessário ferir sua memória, atingindo tudo o que ela mais amou", escreveu Dilma.

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em NACIONAL


Temer elogia 'eficiência' do governo antes do anúncio de aumento de tributos
...


Guarda é preso por espancar ex-mulher e atirar 6 vezes contra a casa dela
...


Raquel Dodge deve ser aprovada com tranquilidade para o lugar de Janot
...


Inscrições para o Fies começam nesta terça-feira
No total, 75 mil novas vagas serão oferecidas aos estudantes que procuram financiamento para cursar o ensino superior em instituições de ensino privadas. A relação dos candidatos pré-selecionados será divulgada no dia 31, quando também será aberta ...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
350x90
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE