Rondônia, - 01:27
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - POLÍTICA
política
Presidente da Frente dos Portos pede celeridade para liberação de novos recursos para o Porto Público de Rondônia
Publicado Quinta-Feira, 11 de Maio de 2017, às 14:42 | Fonte da Redação 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=328574&codDep=19" data-text="Presidente da Frente dos Portos pede celeridade para liberação de novos recursos para o Porto Público de Rondônia

  
 
 

Em audiência nesta terça-feira (09/05) na Secretaria Nacional dos Portos, o deputado federal Marcos Rogério (DEM-RO), presidente da Frente em Defesa dos Portos, Hidrovias e Navegação do Brasil, e o presidente da Sociedade dos Portos e Hidrovias, Leudo Buriti, pediram que o governo dê celeridade para o processo de investimentos federais no porto público em Rondônia.

 

Juntamente com o presidente da SOPH, Marcos Rogério informou ao secretário Luiz Otávio de Oliveira o andamento do projeto de revitalização e modernização da gestão no porto e o andamento do processo de licitação para a compra de equipamentos, além da construção de dois novos prédios: um armazém para carga geral e a construção da nova sede administrativa.

 

Ja foram repassamos cerca de R$ 20 milhões  e há outros R$ 4 milhões empenhados, confirmados pelo secretário nacional dos Portos, o convênio prevê o montante de R$ 27 milhões que devem ser investidos até o final de 2018. Também está confirmada a prorrogação do contrato de arrendamento da Hermaza, que já opera granéis sólidos no porto há 20 anos.

 

"Era preciso realinhar as tratativas, pois houve mudanças na estrutura administrativa do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. A equipe técnica que coordenava os investimentos da SOPH na Secretaria dos Portos foi substituída no início de maio”, relatou o presidente Marcos Rogério.

 

Outro ponto discutido na reunião foi o decreto presidencial que será editado pelo governo, concedendo maior autonomia aos Portos Públicos Delegados, uma reivindicação da Associação Brasileira de Portos e da Frente Parlamentar em Defesa dos Portos, Hidrovias e Navegação.

 

O projeto contempla, também, a restauração de vias e pátios asfaltados do Porto e a restauração do Cais Flutuante, instalado há 25 anos. A SOPH terá dois anos para executar todo o plano de trabalho em parceria e com apoio da SEP. O projeto de revitalização e modernização da gestão do porto foi elaborado pelo Governo de Rondônia.

 

Texto e foto: Ludmila Lucas





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em POLÍTICA


'El País': Dilma fica a um passo de perder o poder
...


Lúcio Mosquini defende regulamentaçāo da profissāo de Tecnólogo em Segurança do Trabalho
...


Suposta delação do senador Delcídio dá força para o impeachment de Dilma
...


Ex-presidente Lula divulga carta aberta em resposta ao Judiciário
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::