Rondônia, - 06:19

 

Você está no caderno - CIÊNCIA E SAÚDE
Ciência e Saúde
Maconha em pequenas doses inverteu envelhecimento cerebral em ratos
Publicado Quinta-Feira, 11 de Maio de 2017, às 09:18 | Fonte GIZMODO 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=328517&codDep=42" data-text="Maconha em pequenas doses inverteu envelhecimento cerebral em ratos

  
 
 

 

microdosagem-ratos-maconha

Imagem do topo: Getty

 

 

 

 

A microdosagem de maconha virou uma pequena moda entre humanos recentemente, mas a ciência por trás dos reais benefícios da prática ainda é bem frágil. Agora, em um estudo recentemente publicado por um grupo de cientistas na Alemanha, algumas provas mostram que ratos mais velhos podem experimentar uma inversão do envelhecimento cerebral e uma recuperação da habilidade de aprendizado.

Publicado essa semana no periódico Nature Medicine, o estudo mostra que a cannabis não teve efeito benéfico nas habilidades cognitivas em ratos jovens (2 meses de idade). Mas em ratos de meia-idade (12 meses) e idosos (18 meses), os pesquisadores observaram o que o líder do time Andreas Zimmerman chama de “um efeito bem robusto e profundo”.

Para testar suas hipóteses, os pesquisadores regularmente deram aos três grupos etários de ratos uma dose de cannabis que seria pequena demais para deixá-los “de barato”. Eles fizeram isso durante um mês antes de fazer alguns testes. Observaram as habilidades dos ratos de percorrer labirintos e o quão bem eles se reconheciam. Os resultados foram surpreendentes. O grupo de controle de ratos que não recebeu a dose de cannabis executou as tarefas como esperado, os jovens ratos foram melhores do que os de meia-idade e idosos em todas as tarefas. Mas no grupo de ratos que receberam a microdosagem, os de meia-idade e idosos conseguiram ir tão bem nos testes quanto os ratos jovens no grupo de controle.

O que nos leva à pegadinha. Os ratos jovens que receberam pequenas quantidades de THC demonstraram uma diminuição das suas capacidades. Isso está de acordo com estudos que descobriram que adolescentes humanos experimentam uma queda em suas capacidades de atenção, aprendizado e memória depois do consumo de cannabis. Ainda não se sabe se esses efeitos são a longo prazo. A maioria dos estudos focou em dosagens que também fornecem efeito psicoativo.

Conforme o grupo continuou sua pesquisa, descobriram que o THC causou um aumento nas conexões das células cerebrais no hipocampo. Essa região do cérebro é associada com a formação de memórias. Adicionalmente, eles notaram que o sistema endocanabinóide é mais ativo em ratos jovens e que o THC pode estar superestimulando ele. Isso poderia explicar a queda de atenção nos ratos jovens. Mas ratos de meia-idade e idosos têm um sistema endocanabinóide menos ativo, então a maconha pode estar apenas nivelando eles todos.

O time planeja fazer um teste com humanos a seguir, e nós podemos em breve ter dados bem mais concretos sobre os benefícios da microdosagem de cannabis assim como as variações do benefício de acordo com a idade. Zimmer disse à New Scientist que as pessoas devem levar em conta que isso é diferente de fumar maconha. Os defensores da microdosagem recomendam uma dose de 3 mg de THC por dia, enquanto o padrão para ficar chapado é considerado por volta de 10 mg

 

[Nature Medicine via New Scientist]

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em CIÊNCIA E SAÚDE


Dia do Farmacêutico: Conselhos destacam papel do farmacêutico neste dia 20 de janeiro
Com ampla atuação no setor de saúde, o farmacêutico geralmente é visto nas farmácias e drogarias particulares e púbicas em atividades de gestão ou clínicas (dispensando medicamentos, orientando pacientes para o uso correto......


Comunicado do Conselho Regional de Enfermagem de RO
os  profissionais de enfermagem com mais de uma inscrição no Coren, precisão  pagar somente a anuidade abrangente de maior catego...


Estoque de sangue tipo A+, A- e O é de apenas três dias, Fhemeron busca parceiros para intensificar doação
O ano iniciou e a preocupação do Estado continua em relação às doações de sangue. ...


Centro de Reabilitação referência na rede pública em Porto Velho
Com 56 profissionais, dos quais aproximadamente 50% com nível superior em áreas, como fisioterapia ortopédica, fisioterapia neurológica, terapia ocupacional, fonoaudiologia (fonoterapia/disfagia/traqueostomia), psicologia adulto/pediátrico......

 


ADS NEWS 3




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News