Rondônia, - 04:46
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Notícias da Amazônia
desmatamento nos assentamentos da Amazônia
Como reduzir em 80% o desmatamento nos assentamentos da Amazônia
Projeto voltado para o agricultor familiar mostrou que, com assistência técnica, os pequenos produtores conseguem ganhar dinheiro sem desmatar
Publicado Quinta-Feira, 27 de Abril de 2017, às 10:36 | Fonte Época - BRUNO CALIXTO 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=327732&codDep=38" data-text="Como reduzir em 80% o desmatamento nos assentamentos da Amazônia

  
 
 

Uma lavoura de milho no Projeto de Assentamento Moju, no Pará. No fundo, uma área de floresta preservada (Foto: Marcelo Min/ÉPOCA)

Em 2015, ÉPOCA publicou uma reportagem especial sobre a difícil situação dos assentamentos de reforma agrária na Amazônia. O texto mostrou que, assentados no meio da floresta, muitas vezes os produtores eram obrigados a desmatar para sobreviver – sem falar nas inúmeras dificuldades que eles enfrentam, como falta de escolas, postos de saúde e infraestrutura básica. Mas a reportagem também mostrou que há esperança e visitou um projeto de assentamento sustentável.

Nesta quarta-feira (26), o Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam) apresentou os resultados do Projeto Assentamentos Sustentáveis. Os números mostram que, com assistência técnica e ajuda para que os produtores possam acessar o mercado, é possível reduzir drasticamente o desmatamento provocado por assentamentos, além de melhorar a economia local.

Em cinco anos, o projeto beneficiou 2.700 famílias e regularizou 100.000 hectares de áreas produtivas. Nas áreas de influência do projeto, o desmatamento caiu, ao contrário do que aconteceu no entorno. Segundo esse cálculo, o projeto reduziu o desmatamento em 79% na comparação com a média histórica da região.

Esses resultados foram conquistados graças a uma ideia simples: de que melhorar a eficiência na produção do pequeno agricultor fará com que ele não precise desmatar a floresta. O projeto atuou em duas frentes. Primeiro, ajudou na produção, trazendo assistência técnica e tecnologia para que o agricultor familiar pudesse produzir com eficiência. Depois, atuou na distribuição, ensinando os caminhos para que ele consiga vender a produção e lucrar com isso.

“Organizando a produção, dando tecnologia, assistência e financiamento para aquelas famílias, elas conseguiram aumentar em muito a produtividade. Investindo também na outra ponta do processo, no acesso desses produtos ao mercado, conseguimos medir uma redução do desmatamento e o aumento da renda das famílias”, diz Osvaldo Stella, coordenador do projeto e diretor do Ipam.

O desafio, agora, é dar escala a essa fórmula. O Ipam atuou numa escala pequena, mas há centenas de milhares de famílias sem assistência. Desenvolver políticas para essas famílias trará resultados consistentes em nossa economia e na produção de alimento e, de quebra, ajudará a manter a floresta em pé.








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Notícias da Amazônia


Desmatamento na Amazônia cai 21%, mas aumenta 22% em unidades de conservação
De acordo com Antônio Victor, pesquisador do Imazon, um dos motivos que podem explicar essa redução é o fato de a base de comparação do ano anterio......


STF reconhece direito dos povos indígenas
O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, rebateu organizações não governamentais que o criticaram por entrar......


Justiça do Pará absolve mandante da morte do casal de extrativistas José Cláudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo da Silva
O júri popular absolveu José Rodrigues Moreira, apontado pelo Ministério Público como mandante da morte do casal de extrativistas José Cláudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo da Silva...


Filhote de peixe-boi é resgatado em Coari e chega a Manaus
O Ipaam solicitou parceria da Petrobras em Coari para a realização do transporte aéreo do filhote para Manaus em avião fretado. O animal debilitado deve ser trazido no colo, enrolado em uma toalha molhada para evitar rachaduras na pele....

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
350x90
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE