Rondônia, - 00:39
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Notícias da Amazônia
Arte indígena Kusiwa do Amapá
Arte indígena Kusiwa do Amapá tem reavaliação inédita pelo Iphan
Registrada como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil e da Humanidade, a pintura corporal e arte gráfica Kusiwa, produzida por índios Wajãpi,
Publicado Terça-Feira, 25 de Abril de 2017, às 10:46 | Fonte Por Fabiana Figueiredo, G1 AP, Macapá 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=327396&codDep=38" data-text="Arte indígena Kusiwa do Amapá tem reavaliação inédita pelo Iphan

  
 
 

Arte Kusiwa representada nos corpos dos índios Wajãpi, no Amapá (Foto: Iphan/Divulgação)

Registrada como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil e da Humanidade, a pintura corporal e arte gráfica Kusiwa, produzida por índios Wajãpi, que habitam no município de Pedra Branca do Amapari, a 183 quilômetros de Macapá, vão passar por uma reavaliação após 10 anos do recebimento do título.

A reavaliação é inédita no país com relação aos bens considerados imateriais, segundo o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

De acordo com a superintendente do Iphan no Amapá, Weleda de Fátima Freitas, o processo iniciou em 2013 e, desde então, durante visitas à aldeia, a manifestação cultural passou a ser reanalisada para saber se continua sendo uma referência cultural para o povo indígena Wajãpi.

“Vai avaliar se as atividades desenvolvidas durante esses 10 anos, se houve transformações, permanências, se houve modificações dos elementos que compõem esse bem cultural. A partir daí faz-se um estudo elencando essas mudanças ou não”, comentou Weleda.

Wajãpi produzem arte Kusiwa, patrimônio imaterial do Brasil (Foto: Iphan/Divulgação)

Wajãpi produzem arte Kusiwa, patrimônio imaterial do Brasil (Foto: Iphan/Divulgação)

A arte Kusiwa é um sistema de representação gráfica próprio dos povos indígenas Wajãpi, que sintetiza o modo particular de conhecer, conceber e agir sobre o universo. Para Weleda, o bem vai muito além do material.

“A gente tem a expectativa de que será revalidado. Porque os Wajãpi têm desenvolvido trabalhos muito importantes para divulgação dessa referência cultural. Costumo falar que essa arte gráfica é a materialidade desse bem, que tem todo um sistema de conhecimento, práticas culturais e de formas de ver e entender o universo, que é ligado a arte Kusiwa”, disse a superintendente.

A apreciação dos estudos acontecerá na quinta-feira (27), durante reunião do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, em Brasília (DF), que vai determinar se o título de Patrimônio Cultural do Brasil para a arte do povo indígena Wajãpi será revalidado ou se permanecerá com inscrição do bem cultural no livro de registros do Iphan.

A arte Kusiwa foi registrada pelo Iphan em 2002, e, junto com o Ofício das Paneleiras de Goiabeiras (ES), foi o primeiro bem considerado Patrimônio Cultural do Brasil, como parte do Programa Nacional do Patrimônio Imaterial (PNPI), criado em 2000.

As obras indígenas dos Wajãpi também foram tituladas pela Unesco como Obra-Prima do Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade, em 2003, e depois como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, em 2008, segundo o Iphan.

Arte dos Wajãpi deve ser revalidada como Patrimônio Imaterial do Brasil (Foto: Iphan/Divulgação)

Arte dos Wajãpi deve ser revalidada como Patrimônio Imaterial do Brasil (Foto: Iphan/Divulgação)





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Notícias da Amazônia


Cura Milagrosa: Adolescente amazonense de 14 anos sobrevive a raiva humana; caso é o segundo no Brasil
Primeiro comunicado do ministério dava a entender que menino estava curado. Mais tarde, uma nova nota retificou e esclareceu a primeira informação....


Exército assume buscas por agricultores desaparecidos em área de conflito agrário no AM
Doze soldados estão buscando pelos trabalhadores rurais em Canutama. Polícia Civil do AM diz que enviou equipes ao local para ajudar nas buscas....


Brasileiro Sebastião Salgado entra em Academia de Belas Artes francesa
O fotógrafo Sebastião Salgado tomou posse quarta-feira (6) na Academia de Belas Artes de Paris, na França, onde mora. Ele é o primeiro brasileiro a ocupar uma cadeira na entidade. ...


Madeireiros abrem mais de 200 km de estradas na Amazônia
O custo estimado é de R$ 1,4 milhão –cada quilômetro de terra construído na região sai em torno de R$ 7 mil....

 

::: Publicidade :::

a



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE