Rondônia, - 01:18
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - NACIONAL
cheia do rio negro
Manaus: Prefeitura identifica mais de mil famílias a serem afetadas pela enchente na capital
Segundo a prefeitura, 1.300 mil famílias de quatro bairros da capital já foram registradas para recebimento de Aluguel Social e benefícios como cesta básica, colchão, rede e lençol
Publicado Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, às 13:34 | Fonte A Crítica/AM 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=326991&codDep=30" data-text="Manaus: Prefeitura identifica mais de mil famílias a serem afetadas pela enchente na capital

  
 
 

acrítica.com
Manaus (AM)
A Operação SOS Enchente iniciou nesta quinta-feira (20) com o trabalho em bairros a serem afetados pela enchente. Segundo a prefeitura de Manaus, 1,3 mil famílias que deverão ser afetadas pela cheia do Rio Negro já foram identificadas.

Os trabalhos começaram nos bairros Betânia, na Zona Sul, Santo Antônio, Compensa e Tarumã, na Zona Oeste. Técnicos da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), Defesa Civil e Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) estiveram nos locais trabalhando de forma integrada.

No período da enchente, essas famílias poderão ser inseridas no Auxílio Aluguel e receber benefícios eventuais como cesta básica, colchão, rede e lençol, dependendo da necessidade de cada uma.

“Estamos atuando nessas áreas para fazer o levantamento das famílias que serão afetadas pela cheia do Rio Negro. Nossa equipe é composta por assistentes sociais e psicólogos que fazem a triagem social identificando quem já é cadastrado e quem precisa fazer atualização de dados”, ressaltou Clícia Franco, chefe de divisão de Alta Complexidade, da Semmasdh.

Na próxima semana, a Operação SOS Enchente estará nos bairros São Jorge, Presidente Vargas, Cachoeirinha, Aparecida e Centro.

Saúde

A Semsa realizou ações de orientação sobre os cuidado com a água para consumo humano, coleta de água em 31 pontos (domicílios e poços da área), desratização visando o controle populacional de roedores utilizando 92 kg de blocos parafinados, verificação do quadro vacinal dos moradores, orientação técnica e entrega de folderes em 31 estabelecimentos comerciais, identificação de condições e sinais de alerta de condições de saúde, orientações sobre os principais agravos e riscos que a enchente acarreta e como se prevenir, atendendo cerca de 1.000 famílias afetadas nessas localidades.

As UBS Megumo Kado e Theomário Pinto e as Estratégias de Saúde da Família da área estiveram atuando, servindo como referência para essa população em situações envolvendo a atenção primária de saúde. Na ação estiveram envolvidos direta e indiretamente cerca de 70 servidores municipais da Semsa. No dia 24 de abril iniciam as ações na localidades afetas dos bairros da Zona Oeste da cidade.

Técnicos de enfermagem e agentes de saúde orientaram sobre o cartão de vacinação e distribuíram hipoclorito de sódio para as famílias, no intuito de garantir água potável a população.

Segundo Cláudio Martins, da Semsa, a equipe orienta as famílias quanto às doenças causadas pela cheia e identificam quem precisa de cuidados médicos.

rio negro  Prefeitura  cheia  Famílias  SOS Enchente





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em NACIONAL


Por que São Paulo ainda não conseguiu despoluir o rio Tietê?
...


Centro cultural em Manaus vai abrigar nova base da Polícia Militar
...


‘Liberdade Religiosa’, diz sabatista no Acre que vai fazer prova do Enem domingo (12)
...


Casa de Cultura Joaquim Marinho abre as portas em Manaus
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE